Fla decreta luto e prepara homenagens a Capita, campeão brasileiro em 1983

O Flamengo decretou luto pela morte de Carlos Alberto Torres, o “Capita do Tri”, nesta terça-feira (25). O presidente Eduardo Bandeira de Mello ordenou que as bandeiras do clube na sede da Gávea e no CT Ninho do Urubu fiquem a meio mastro. Homenagens estão sendo preparadas para o técnico campeão brasileiro pelo Rubro-negro em 1983.

Ele dirigiu o time estrelado pelo Galinho Zico e também esteve no banco de reservas em 2001 e 2002. Em 1977, disputou 20 jogos como atleta do Flamengo.

“Ele marcou época na história do futebol brasileiro. Foi excepcional jogador, capitão da seleção do tri e também faz parte da história do Flamengo como jogador e técnico. Sentiremos muito a sua falta”, disse o presidente Bandeira de Mello.

Como treinador do clube mais popular do país, Carlos Alberto Torres disputou 40 jogos. Foram 16 vitórias, 15 derrotas e nove empates.

O Capita morreu aos 72 anos. Ele trabalhava como comentarista da Sportv e sofreu um infarto fulminante em sua residência.

Fonte: Uol

  • Homenagem justa, foi um dos maiores laterais da história do futebol e vestiu e honrou o MANTO SAGRADO. Que Deus conforte sua família nesse momento difícil. SRN

Comentários não são permitidos.