Oposição divulga carta aberta à torcida rubro-negra

A frente ampla de oposição do Flamengo divulgou manifesto sobre a reunião da semana passada. A atual gestão é duramente criticada. Segue o manifestado da oposição. A eleição do Mais Querido acontece em 2018.

Veja a carta aberta na íntegra

“Flamengo, Flamengo sua glória é lutar. Flamengo, Flamengo campeão de Terra e Mar.

A Nação sabe que glória, luta e vitórias formam o verdadeiro espírito do nosso Flamengo. Foi isto que nos trouxe até aqui e nos fez o maior do mundo.

Infelizmente não vemos este pensando na administração do Sr Eduardo Bandeira de Mello – atual presidente do Flamengo.

A postura dos nossos jogadores em campo, as entrevistas dadas pelos dirigentes, o conformismo com as derrotas, o distanciamento do clube com sua torcida, a falta do verdadeiro espírito rubro-negro na comissão técnica, entre tantos outros exemplos, estão fazendo com que o Flamengo se apequene e se torne apenas um clube grande como outros.

O que a atual diretoria não entende é que o Flamengo é mais que um Clube de Futebol, é uma Nação de milhões de apaixonados.

Estamos desperdiçando um momento especial do futebol mundial, onde a disputa da mídia dos patrocinadores pelo conteúdo esportivo tem feito com que uma enorme quantidade de dinheiro seja investido nos clubes. O Flamengo, pesar de ter se aproveitado bem disto, infelizmente tem gasto muito mal esta quantia.

Além disto a atual diretoria acha normal jogar com uma camisa Amarela no lugar do nosso Manto.

Acha normal ter protegidos no nosso time, abandonando a meritocracia.

Acha normal ser desclassificado na primeira fase da Copa Libertadores, sem marcar pontos em nenhum jogo fora de casa.

Acha normal jogar sempre em um estádio pequeno e ter sua pior média de público em um Campeonato Brasileiro.

Acha normal ter um elenco de futebol milionário -talvez o mais caro do País- e ainda sim não conseguir conquistar nenhum campeonato relevante. O único campeonato significativo que a administração Bandeira ganhou no futebol foi a Copa do Brasil de 2013, há 4 anos, mesmo vivendo na época uma situação financeira muito mais difícil que a atual.

Se no futebol estamos com o DNA perdedor também no Remo, nosso esporte fundador, temos tido uma atuação muito longe da tradição rubro-negra. Desde que assumiu o clube em 2013, a administração Bandeira de Mello levou o Flamengo a perder todos os 5 campeonatos cariocas que participou, algo que nunca havia acontecido na história do Clube. O Flamengo, de equipe líder do Remo brasileiro e formador de vários atletas olímpios, passou a ser um coadjuvante nas raias da Lagoa Rodrigo de Freitas, perdendo posição para rivais que, no passado, eram facilmente batidos.

Por tudo isto e mais pelo abandono da Sede do Clube e pelo autoritarismo da diretoria em relação com a imprensa e os sócios nós, ex-presidentes, grandes beneméritos e sócios do Flamengo estamos unindo, numa frente ampla, com objetivo de ajudar no resgate do espírito rubro-negro e seu DNA de vitórias.

Este grupo irá preparar um plano de trabalho para apresentar à Nação e aos sócios do Flamengo. Um plano com alma do rubro-negra.

O que queremos, e vamos trabalhar muito por isso, é ver o nosso Flamengo novamente um grande vitorioso – como sempre foi e será.

Por fim, gostaríamos de deixar claro que a participação neste frente ampla não significa um imediato alinhamento político eleitoral e nem um compromisso de qualquer nome para a eleição de 2018.

Tudo pelo Flamengo. Nada do Flamengo
Saudações Rubro Negras
UNIÃO PELO FLAMENGO”

Veja também

  • Nunca serão presidentes do meu Mengão.

  • Nessa parte eles tem razão:

    “Acha normal ter protegidos no nosso time, abandonando a meritocracia.

    Acha normal ser desclassificado na primeira fase da Copa Libertadores, sem marcar pontos em nenhum jogo fora de casa.

    Acha normal jogar sempre em um estádio pequeno e ter sua pior média de público em um Campeonato Brasileiro.

    Acha normal ter um elenco de futebol milionário -talvez o mais caro do País- e ainda sim não conseguir conquistar nenhum campeonato relevante.”

    Não dá mais pra aguentar essa mentalidade passiva achando que ficar parado sem fazer nada as coisas vão se ajeitar sozinha.

  • Como é conturbada essa relação da política não Flamengo …. parece que o Flamengo está na zona da degola , foi eliminado na primeira fase da copa do Brasil , foi eliminado na primeira fase da sulamericana perdeu o estadual .. muito prejudicial , eles vendem como não há nenhuma virtude no comando do Flamengo . Esse tipo de oposição, e marcada de oportunistas , ficou em 2 na copa do Brasil , com atuação pífia do Tiago no 1 jogo , e muralha não passando nenhuma confiança . Diego mesmo não em grande fase e o jogador que mais troca passes , chama a responsabilidade ! Sangue sugas , irresponsáveis . O bandeira precisa ajustar alguma coisa sim , mais não é esse desatre todo anunciado . Vê os exemplos no futebol brasileiro Atlético mineiro , Palmeiras , santos , sp , até mesmo o Corinthians em declive no campeonato brasileiro . Quem está tão bem assim ? Precisamos melhorar, sim, ajustar um ou outro detalhe , mais não é todo esse desatre anunciado. A quanto tempo não era protagonista dos campeonatos ? Cassa a reflexão ..

  • Qualquer coisa que envolva ex presidentes do Flamengo, EU SIMPLESMENTE ABOMINO!!! SRN

  • Parei de ler à partir do “Infelizmente não vemos este pensando na administração”… &;-D

  • Faz sentido em alguns pontos, achei pesadas as criticas, talvez algumas injustas… Mas o importante é ser produtivo, critica construtiva e soluções, quero ver esse plano antes de formar opinião. Quanto ao inicio da carta, com os principios da visão vencedora rubro-negra, acertou na mosca.

  • Oposição é pra isso! Pressionar, disputar o poder.
    Agora se o torcedor entrar na pilha, é culpa dele mesmo.

    • Já disse: a maioria dos torcedores são cabeças fracas… &;-D

      • Cada um precisa assumir as suas responsabilidades, a oposição está certa em pressionar, torcedor tá errado em não saber que isso faz parte do jogo.

  • Bando de sangue sugas

  • Apócrifo?

Comentários não são permitidos.