Parabéns Nação! Feliz dia do Flamenguista

Hoje não é apenas o dia do Padroeiro do Clube de Regatas do Flamengo, São Judas Tadeu, que joga junto com o Mengão na fé, hoje também é celebrado o dia do Flamenguista.

Talvez os 6 jovens remadores que fundaram o Flamengo não teriam noção do que se transformaria essa instituição. 120 anos se passaram, e as coisas tomaram proporções absurdas, fazemos parte de uma paixão que move multidões por onde passa.

Somos 40 milhões de rubro-negros espalhados pelo globo terrestre, que teríamos um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no mundo, não sei o que seria do futebol brasileiro sem o Flamengo, e essa sua nação de apaixonados bem vestidos.

Na terra, no mar, no Maracanã, em Cariacica, em Brasília, em Tokyo, não importa onde seja, você sempre irá encontrar um flamenguista se nivelando por cima em qualquer debate futebolístico, mas ele pode, ele faz parte de uma magia inconfundível.

O torcedor do Barcelona nunca vai saber o que é isso, pode ganhar 30 vezes o Mundial de Clubes, o Flamenguista vai além, sempre. Ele rompe a barreira dos títulos, exalta uma Flamenguidade que levanta uma inveja impressionante dos torcedores rivais.

Só o Flamenguista é capaz de acabar criando inconscientemente outra torcida que engloba torcedores de todos os outros clubes, ou você é flamenguista ou você é anti-flamenguista, não existe meio termo, o torcedor rubro-negro é enjoado, nem tente provar o contrário, Zico é maior do que Pelé!

Ah! Essa camisa… A mais pesada do mundo, um verdadeiro manto sagrado de tantas glórias, que aos domingos vira uma farda que impõe respeito, e apequena qualquer adversário. Eles tremem ao ver esse exército de uma nação em festa.

O Maracanã não teria 10% do seu charme se não fosse a torcida do Flamengo, mas não se engane, é o estádio que precisa da Nação Rubro-Negra, e não o contrário, aonde chegarmos estaremos em casa, inclusive no campo do adversário.

Os anos passam, se passam jogadores, mas o Flamengo fica e não paramos de lhe-amar. Os craques que nós ajudamos a formar no gramado do templo sagrado são inúmeros, mas nenhum deles será maior que o Mengão, e a nossa identidade.

Continuamos na nosso caminho, quebrando recordes de público nos estádios da vida, de vendas de pay-per-views na TV, de vendas camisas da nossa fabricante, e seguimos em busca dos títulos que agigantam ainda mais quem já nasceu gigante.

Flamenguista, comemore! Você teve a sorte de nascer rubro-negro, e fazer parte de uma legião implacável, você é parte da história do futebol mundial.

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!

Vinny Dunga
vinny.dunga@colunadoflamengo.com

Veja também

  • Mas é sério…poucos rubro-negros se dão conta do fator sorte…já pensou ter nascido em família inteira de vascaindos? Você estaria tomando porrada na série B agora e jogando às terças (ou sextas? Nem sei para ser bem sincero. Que sorte!)

  • #Parabéns nação!!!

    Nem vou trabalhar hoje, considero feriado! Ae eu pego uns dvds e vou relembrar as conquistas do maior do mundo. Por onde eu começo? Ah! acho que vou rever o título que o consagrado Carlos Aberto Torres nos deu como técnico. RIP Capita.

  • Bela mensagem…SRN!

  • Eu estava destinado a ser rubro negro, vim ao mundo na manhã do dia 28 de outubro, , no mesmo ano q nasci, fomos penta campeões brasileiros, vivo no estado de SP, reduto de corintianos, palmeirenses, são paulinos e afins, mas não tinha jeito, como diz o poeta: “Vestiu rubro negro não tem pra ngm”. Sou flamengo com mto orgulho com mto amor, e no msm dia do meu aniversário é comemorado o dia do Flamenguista, aquele sofredor, corneta e acima de tudo feliz! Feliz por torcer pro clube mais querido, verdadeiro time do povo, meu mengão! Parabéns a todos irmãos rubro negros!! SRN7!!

    • Parabéns Ryan!
      Abs!
      SRN!

Comentários não são permitidos.