Emerson Gonçalves: ”Resultados financeiros do Flamengo: ótimos e perigosos”

O Clube de Regatas do Flamengo liberou hoje as Informações Trimestrais Financeiras de 30 de Setembro de 2016. O arquivo tem 27 páginas e é quase um balanço, completo e bem detalhado, mesmo sendo apenas o que chamamos de balancete.

Os atentos leitores deste OCE lembram que há menos de dois meses, em 12 de setembro, o post sobre os resultados de meio de ano de nossos 12 maiores clubes… Apresentou os resultados de apenas 5 clubes, mesmo assim com restrições em relação a dois deles. Os outros 7 clubes “deram” WO. Nada apresentaram.

Essa situação é muito didática no que diz respeito às gestões e transparência de nossos maiores clubes.

O “balancete” do Flamengo do terceiro trimestre apresenta números excelentes, confirmando o que já era previsto.

Vamos, rapidamente, a alguns resultados referentes ao fechamento de setembro:

 – Receita Operacional Bruta de R$ 306,2 milhões contra R$ 265,7 milhões em 2015;

– Receita Bruta do Futebol de R$ 266,2 milhões contra R$ 233,1 milhões em 2015;

– Superávit (pode ser considerado como “lucro”) de R$ 57,3 milhões contra R$ 142,1 milhões em 2015.

Opa! Sinal de alerta!

O “lucro” caiu!

Não, prezado leitor, o superávit, ou “lucro”, não caiu. Essa diferença é devida ao acordo PROFUT assinado em 2015. Como parte do acordo, o Flamengo, a exemplo dos demais signatários, teve um belo desconto nas suas dívidas tributárias: cerca de R$ 91,0 milhões, referentes a desconto de 70% na multa, 40% nos juros e 100% nos encargos legais.

É bom explicar novamente que o PROFUT não perdoou ou zerou nenhum valor de imposto devido. O desconto, como explicado acima, deu-se sobre as multas (principalmente), juros e encargos legais.

Portanto, descontando os mais de noventa milhões do acordo, o superávit em 30 de setembro de 2015 era de aproximadamente R$ 51,0 milhões.

Tão importante quanto isso é que desde o exercício 2013 o Flamengo vem apresentando superávits próximos a sessenta milhões de reais, de forma bastante consistente.

Inédito! A receita será maior que a dívida!

É possível que em tempos pretéritos – e bota pretérito nisso – a receita do Flamengo já tenha sido maior que sua dívida. Se isso ocorreu, e deve ter ocorrido, foi há muito, muito tempo, certamente antes da década final do século passado.

Portanto, o ano de 2016 será histórico para o Flamengo, a se confirmarem os números previstos para esse trimestre final: o clube terá uma receita bruta superior à soma de suas dívidas.

A receita bruta deverá fechar entre R$ 410 e R$ 420 milhões, ao passo que a dívida fechará com valor entre R$ 380 a R$ 400 milhões.

Uma grande notícia. Uma grande conquista.

Receita maior que a dívida: uma notícia perigosa

Pois é, como pensar que notícia tão alvissareira possa ser perigosa?

O simples fato de entrar mais dinheiro do que o total da dívida do clube ou de qualquer outra instituição ou empresa ou pessoa física é muito bom em termos teóricos, mas nem tanto, geralmente, em termos práticos.

Porque para gerar uma determinada receita há uma correspondente e necessária despesa, não existindo na vida real a máxima popular “se eu pegar tudo que ganho, conseguirei pagar tudo que devo”… Ou seja, isso significa que as dívidas continuarão presentes por um tempo determinado, novas dívidas poderão ser feitas (a dívida em si não é boa ou ruim e pode ser, o que é desejável, a alavanca para maiores receitas) e parte das receitas continuará sendo destinada ao pagamento delas.

Portanto, deve-se sempre administrar com olhos no futuro e pés firmemente cravados no chão. E os olhos não podem comandar os pés, pois, nesse caso, o tombo é inevitável.

O risco desse período de transição

Os bons resultados na gestão financeira e na geração de receitas têm despertado os sonhos de torcedores e dirigentes, e as pressões por contratações ganharam corpo na Gávea, onde muita gente já sonha com um “dream team” para 2017.

Diego teria sido apenas um aperitivo.

Olhando os números desse balancete, inclusive os referentes às dívidas financeiras (as dívidas bancárias) de curto e médio prazo, tem-se a impressão de uma situação confortável, pois os superávits são consistentes e “sobra” dinheiro.

Esse é o período de transição entre a situação caótica do passado e um futuro já entrevisto, mas ainda não alcançado, de real disponibilidade financeira para investimentos e maiores gastos com o futebol.

Embora seja óbvio que ao maior investimento vá corresponder maior despesa, há a sempre presente e eterna crença em todos os clubes, em todas as torcidas, em todas as diretorias, do “vamos ganhar tudo e ganhando no campo teremos ainda mais dinheiro em caixa”.

Desnecessário dizer que foi e é essa crença cega que levou os clubes brasileiros, em sua quase totalidade, à situação de devedores gigantescos, principalmente do Fisco.

Nesse momento, enquanto o Orçamento de 2017 está em fase de elaboração, os ouvidos do presidente Bandeira de Mello e seus diretores e profissionais ligados à gestão financeira devem estar doendo e “pegando fogo” de tanto ouvir pedidos e sugestões.

Para o bem do Flamengo e, sem o menor exagero, para o bem do futebol brasileiro, resistir é preciso.

Trocando em miúdos: os pés não devem sair do chão.

Fonte: Blogue Olhar Crônico Esportivo

Veja também

  • O Presidente bandeira deveria ir a imprensa, e falar:
    O superavit nos próximos 4 anos, subirá de 60 para 100 milhões por ano. Assim ao longo dos próximos 4 anos ele conseguiria sair da presidência com a Dívida 0.
    Entraria para a eternidade. Como o presidente que conseguiu pagar R$800milhoes de reais em 6 anos.

    Dá pra fazer a verba de tv, subiu R$60milhoes.
    Se antes o lucro por ano era de R$60milhoes, daria pra subir para R$100milhoes ano. Ainda sobraria dinheiro pra aumentar o investimento.

  • Natural a subida na folha, com maior qualidade das contratações. Perigoso nas mãos de incompetentes. No caso do Fla chance Zero de dar problema (sair gastando como doido).

  • “Embora seja óbvio que ao maior investimento vá corresponder maior despesa, há a sempre presente e eterna crença em todos os clubes, em todas as torcidas, em todas as diretorias, do “vamos ganhar tudo e ganhando no campo teremos ainda mais dinheiro em caixa”.

    Desnecessário dizer que foi e é essa crença cega que levou os clubes brasileiros, em sua quase totalidade, à situação de devedores gigantescos, principalmente do Fisco.”

    É isso.

  • O Fla, caso queira dar um salto em receitas, é preciso estudar como funciona a liga de futebol americano (NFL). Por que estou falando isso? Simples, os times (mesmo os pequenos, que não possuem nem 100 mil torcedores) quase não dependem de cotas de TV e direitos de transmissão. Suas receitas vêm dos investimentos em marketing, entretenimento, direitos de imagem sob publicidades e venda de produtos. Se conseguíssemos tudo isso para nós, além de deixar o ST mais atrativo para torcedores off-rio, o time tenderá a crescer muito! E sem depender de empresas, emissoras ou torcedor endinheirado.

  • O Flamengo hoje projeta um futuro promissor e em um prazo muito menor que o esperado, em vista de administrações desastrosas, mas…

    1) Eduardo Bandeira de Melo não é eterno, tampouco sua gestão… Quem garante que uma Patrícia Amorim ou um Edmundo Santos Silva não voltem?

    2) Tendo dinheiro, sabemos que aparecerão abutres de todos os cantos para mamar no clube… No Brasil, onde tem dinheiro jorrando, tem bandido para aproveitar! Vejam o que fizeram com a Petrobras, que era uma potência…

    3) Se o Flamengo começar a ganhar demais, nossa torcida será ainda maior. Isso fere os interesses de todos os outros clubes, federações do Brasil e da televisão! Será o Flamengo contra o resto do mundo!

    Por isso, concordo com os amigos aqui que defendem um crescimento lento e sustentável. Sem atropelos…

    • O Bandeira mudou o estatuto do clube, quem cometer irresponsabilidade financeira ira pagar com o patrimônio pessoal.

  • Parabens mais uma vez para o nosso bandeira. Nao entende porra nenhuma de futebol mas pelo menos ta dando um jeito no clube.

  • IMPORTANTE! COPIEM E COLEM O TEXTO ABAIXO E ENVIEM PARA O E-MAIL DO FLAMENGO: ouvidoria@flamengo.com.br

    BASTA COPIAR, COLAR E ENVIAR.

    SUGESTÕES PARA O SÓCIO-TORCEDOR:

    Nossos dois maiores problemas do ST são:
    1- Atingir a população que não acessa este site, que não acessa o site do clube, que mora longe do RJ, que tem renda menor.
    2- Dar alguma contrapartida bacana (lembrando que não é o meu caso, eu ajudo pq acredito no projeto do Bandeira e quero ajudar mesmo o clube a crescer).

    Como resolver? Eu passei duas sugestões:

    1- Fazer um acordo com a CAIXA (que já é patrocinadora) e colocar um plano ST em todas as loterias, ser oferecido através deles e pagar comissão. Tipo se o cara fechar lá na lotérica, eles ficam com 2 das 12 parcelas, algo assim.

    2- Destinar 10% de tudo que entrar no programa a sorteios. Hoje, com 75 mil sócios, deve entrar 3.000.000 (3 milhões) de reais por mês. Destina 300 mil reais para sorteios de carros, motos, TVs, etc.

    Acredito que rapidamente teríamos um numero flutuante ai entre 150-300 mil ST com este pessoal das lotericas (ao meu ver o único jeito de atingir esta população flamenguista pelo Brasilzão).

    Com 300 mil sócios x Média 40 reais = 12.000.000 (12 milhões de reais) AO MÊS!!!!

    Sorteia 1.200.000 (1 milhão e 200 mil reais)
    – 2 cartas de crédito imobiliário de 200 mil cada (400 mil total)
    – 20 carros no valor de 35 mil cada (700 mil total)
    – o restante em Tvs, playstations ou 20 prêmios de 5.000 reais cada (100 mil total)

    Claro que aí no cálculo tem que abater os 2 meses de comissão da caixa, a comissão da empresa que gerencia o programa, impostos, etc. A matemática aí tá bem rascunho, mas é por aí.

    Que ver outra possibilidade? TODO mundo tem celular e paga conta mensal ou tem pré-pago, mas celular TODO mundo tem. Faz um programa aí com Vivo, TIM, Claro, Oi para oferecer na hora de fechar um plano, virar sócio e pagar 10 a 15 reais a mais no plano, diminua alguns benefícios destes sócios, mas deixem que participem de sorteios mensais do programa. Bicho, isso vira 1 milhão de pessoas rapidin.

    Outra ideia interessante seria arrecadar dinheiro com envio de SMS com a palavra FLAMENGO, ao custo de R$ 5,00 ou mais. Seria totalmente acessível e com total flexibilidade, pois a qualquer momento o torcedor poderia enviar.

    • O maior plano para fazer o ST crescer é ter um time forte que tenha condições de disputar os maiores títulos a nível Sulamericano, tudo isso jogando no Maraca.

  • Olá Nação!!! É o seguinte: No meu modo de ver, nós torcedores não podemos mais deixar o Flamengo somente nas mãos da diretoria, nós temos que chegar junto e participar das decisões que são tomadas no clube. Para começar, NÓS TORCEDORES TEMOS QUE ELABORAR UMA LISTA DE DISPENSAS, e entregar nas mãos da diretoria, e exigir que os jogadores que estiverem nela, obviamente, não permaneçam mais no clube. Pois se assim não fizermos, creio eu que, todo ano, teremos que contar com a sorte para que o Flamengo monte uma equipe forte, pois infelizmente a incompetência das diretorias dos clubes é muito grande, no que se refere ao futebol. Vamos lá Nação!!! Somos a maior torcida do país, se nós quisermos, podemos fazer do Flamengo um dos times mais fortes do futebol mundial, só precisamos nos mobilizar para isso, vamos fazer valer a nossa força!!! SRN!!!

    • Bla bla bla bla bla bla

      • Não entendi!

    • Amigo. Sócios eméritos e conselheiros participam das reuniões. E sócios participam das votações da direção. Se torne um. É caro. Mas há possibilidade.

  • Bela matéria

  • Uma pergunta: Valeu à pena ter contratado o Juan?

    • Roberto Vieira…
      Quando o contrataram estávamos no mais puro desespero… elenco deficitário de zagueiros… lembra ???
      Grande abraço !!!

  • Esse aí é disparado o melhor blog do GE, sempre leio as matérias do Emerson Gonçalves.

    • Sempre lúcido.

  • Se para pagar 1 dívida de quase 1 bilhão, resistiram, acredito que com maior poder de fogo, o Mito vai continuar fazendo o quê sempre fez nos bancos, administrou com muita responsabilidade e efetividade, tanto em momentos de recuperação, quanto nos de crescimento. Basta pesquisar a biografia do Mito.

  • Bela explicação, as outras nunca citavam o PROFUT para explicar a queda no superávit.

  • Concordo plenamente com as conclusões do artigo.

  • Torço muito pelo Mengão e leio noticias o tempo todo, mas a família está acima e sempre estará. Um dia quando eu puder ajudar, ajudarei com prazer mas existem tantas pessoas passando fome que não tenho isso como prioridades. Antes que me xinguem, lembrem-se de que o fato de eu pensar assim não me faz menos torcedor e amante do Mengão.

    • R$ 30 por mês vai realmente te fazer falta? Não sei da sua condição. Mas vale a reflexão.

    • Curioso…sua família ou você estão em dificuldades financeiras???
      Você esta desempregado ???
      Ou você está esperando a “fome no mundo acabar” para não ter mais desculpas para si mesmo e não deixar de colaborar com o que diz que ama ??
      Malandramente…
      Mengão Sempre.
      SRNegras.

    • Não é bem assim, Carlos e João. Lógico que enquanto ser mantenedor de uma família, não se pode deixar que a paixão se sobreponha à razão. Até porque a barriga cheia do filho é muito mais importante do que o futebol. Nem todos possuem a condição de manter 30 reais ao mês. Frederico, o sócio torcedor é somente um dos (lógico que, talvez, do mais importante) meios que você tem de contribuir com o Flamengo. Só de ligar a TV e assistir o jogo do Mengão já se contribui. Seja sócio quando puder. SRN

  • Um crescimento lento e gradativo é mais seguro do que um rápido e abrupto. Vamos aos poucos montando um elenco rico e mesmo que inicialmente isso não gere títulos rapidamente esse processo é mais saudável ao clube e consequentemente ao futebol do que um dream team.

    O objetivo do Flamengo tem que ser transformar a receita de TV em uma parte mínima de seu orçamento. Hoje me dia é pouco superior a 30%, mas tem que crescer e se firmar as receitas com ST, marketing e bilheteria. Nós temos que nos tornar auto-suficientes. Só assim não correremos o risco de virarmos um curintia, um patético, um coqueiros… times que apostam em um all-in financeiro para conquistar mais respeito e espaço midiático e portanto gerar mais receita. Enquanto o Flamengo sanea primeiro, se estrutura primeiro para aos poucos ir dando passos curtos porém sempre crescendo.

    Não contratar mais de 40 jogadores

    • Não vejo problema em ter como principal fonte a TV. A emissora ganha milhões com os patrocínios em jogos do mengão. A fatia tem é que aumentar. Quanto a globo cobra do ITAÚ para 15 segundos em jogos do fla? E mais, quanto as empresas estariam dispostas a pagar para terem sua marca estampada com a audiência espetacular do fla. E quanto pagam para um jogo chapecoense e botafogo, por exemplo. O fla tem quen explorar mais esse fator e exigir mais. Em paralelo ST e patrocínios da camisa e material esportivo.

      • Os clubes que tem como principal fonte a TV se tornam escravos pois a TV não serve ao melhor interesse do clube, serve ao melhor interesse da própria TV. O Flamengo conseguiu esse ano uma liminar histórica no RJ e Brasil, lhe permite explorar os espaços das placas de publicidade com as empresas que quer e que lhe seja mais conveniente. É um direito do clube que a Globo tira por monopolizar a transmissao e os negócios ligados a futebol no pais, um verdadeiro monopólio.

        É só vc reparar nas receitas dos clubes mais bem sucedidos do mundo, 90% é marketing, ST/bilheteria e exploração da imagem/patrocínio. O Flamengo tem o potencial para ser o maior clube do maior país da América da sul, se chegarmos a um patamar em que o clube seja pelo menos metade do seu potencial de uma forma segura e garantida não tem como não ganhar muitos títulos. O que tem que ser feito incessantemente daqui pra frente é transformar todo esse potencial em realidade e crescimento.

        Melhorar o campeonato também é melhorar a marca Flamengo, buscar estar inserido em uma competição mais bem organizada e lucrativa só tende a beneficiar o Flamengo. Então brigar contra esse monopólio de receita de TV é o caminho não só para a independência do clube como também para melhora do produto como um todo.

        • Para fortalecer o mengão, nós torcedores precisamos nos mobilizar para isso, por ex: Nós precisamos criar uma lista de dispensas e entregar para a diretoria e exigir a saída dos jogadores que nela estiverem.

          • Sua proposta então é que um grupo de amadores e leigos movidos por sua paixão irracional pelo clube exijam que a melhor diretoria da história do maior clube do país siga uma lista de exigências pautadas em sua revolta e insatisfação contra alguns jogadores do clube? Insatisfaçõe

            E isso ajuda em que?

          • Minha proposta é que temos que tentar fazer com que a diretoria do Flamengo não faça com que jogadores que não tenham condições de jogar pelo clube permaneçam em 2017, jogadores como por ex: Alan Patrick, Emerson Sheik, Marcelo Cirino, Gabriel, entre outros.

          • No lugar deles então devemos montar um dream team gastar muito dinheiro com jogadores que “mereçam”.

            Olha, contratação é sempre um investimento, pode dar certo ou errado. Eu não me julgo apto a determinar quem presta ou não presta pra jogar no Flamengo porque eu não sei o que acontece lá dentro. Não sou gestor do financeiro, nem da fisiologia, nem da logística e muito menos da comissão técnica. Não acho que eu possa determinar quem deve ou não ficar, acredito em um planejamento e investimento do clube que pode dar certo ou errado e eu sempre vou torcer para dar certo.

            Pra min vestiu rubro negro não têm pra ninguém! Não importa se é João ou José, vestiu mengão eu torço até o final. Sempre acredito no trabalho feito lá e hoje em dia mais ainda, quando faz trabalho ruim eu cobro mas continuo acreditando.

            De Ailton, passando por Airton, até Márcio Araújo a lista de todos os tempos da torcida do Flamengo é infindável e sempre vão existir os desagregadores como vc que demandam suas cabeças em nome de um time melhor. A verdade é que em todos os times em todos os esportes esses jogadores existe e eu não vejo o mundo inteiro fazendo listinha pra sair fulano ou ciclano, então… MENOS, né amigo.

          • Se a sua opinião é essa, eu respeito. Agora na minha, é lamentável o Flamengo continuar com jogadores que já tiveram muitas oportunidades de mostrar resultado e que até agora não corresponderam, como por exemplo, Gabriel que já está no Fla desde 2013.

          • Qual a idade mínima para comentar aqui? Você deve ter no máximo 10 anos…

          • Tenho um amigo catalão. Me lembro quando ele pixotava o busquets. Sempre falando mal do cara. Estava em uma fase ruim pra ele. O cara foi considerado um dos melhores volantes. É assim mesmo. Já pensou atender a esse bando de maluco? Fica ninguém. Tão esperando só o diego errar 1 penalty pra pixotarem ele.

          • Meu caro, em que serie o sr está? Vá tomar um todinho quente com Rivotril e caia na real. A partir de hoje, seu apelido aqui será Zezinho da Basófia…abs

          • E por que?

          • Não viaja cara. Na boa. O Fla não é cortiço. Seja sócio com direito a voto e vote no candidato que mais te agrada. Que viagem.

          • Perfeito Arthur.

          • Me faltou eloquência pra te elogiar. Que bom que temos pessoas sensatas assim.

          • Vítor… se liga…
            Se acaso isso fosse feito, não sobraria meio time !!!!
            Afinal todos teriam que participar e a opinião de todos teria que ser respeitada não é mesmo ???
            Mengão Sempre;
            SRNegras.

          • Poderiamos pedir pelo menos a saída daqueles que realmente demonstram que dificilmente vão melhorar no ano que vem, como o Gabriel, que já está no Fla desde 2013, e até agora não jogou quase nada.

          • Tudo bem…
            Mas nunca haverá um consenso…
            Cada um tem sua preferência e afirmo a você… Até o Massaraújo tem defensores e pessoas HOJE que não são poucas que defenderiam a permanência dele.
            ODEIO o AlanCachaçaBique… mas outro dia aqui mesmo baixei o sarrafo nele e não faltaram pessoas para defende-lo entende…???
            De quem seria a última palavra na lista…???
            Por isso meu comentário.
            Utopia mas valeu o desejo de ajudar.
            Só o Técnico que poderá fazer isso com a anuência de um grupo da diretoria.
            É assim que funciona no Flamengo.
            E pelo que leio nem eles se entendem como unanimidade, vence a maioria dessas cabeças pensantes da Diretoria, veja pelas matérias sobre jogadores, sempre comentam sobre esse colegiado que aprova ou não as medidas no Futebol.
            O jeito é confiar no aprendizado e bom senso deles.
            Grande abraço !!!

        • É sua opinião amigo. É um ponto de vista. O meu é diferente. Prefiro aliar do que brigar. Prefiro ganhar mais da TV e buscar ST e patrocínios. Maior exposição, mais grana pro flamengo. Mas valeu a discussão. Boa, muito boa. Que outros internautas com argumentos e pontos de vista apareçam aqui. Sem escreverem asneiras e com erros de português. Saudações ST.

    • Perfeito.
      Como o mito dizia há 3 anos atrás “melhor que gastar tudo o quê não tem e ganhar uma libertadores e afundar o clube em dívidas, é melhor ir crescendo e manter elencos competitivos e ganhar 3 a 5 libertadores nos próximos 10 anos.”

  • Independente de qualquer coisa, está aí o nosso maior título do ano.
    Tem que chame a diretoria de “lixo” por não saciar as vontades de seus torcedores. Mas fico tranquilo de saber que elas cuidam da necessidades do clube.

    “Ah, mas o Flamengo não é só uma empresa que gira entorno de um escritório.”
    Realmente, não é. Mas desde que o Bandeira e sua turma assumiu, colocam bem em prática o famoso “trabalho de formiguinha”. Nitidamente é a evolução do time através dos anos.

    Hoje ainda sonhamos com título, coisa que indiscutivelmente nem pensaríamos no início do ano. Fruto do que foi iniciado lá no início da gestão. E creio que frutos melhores estão por vir.

    SRN.

    • Perfeito!!

  • Por isso existe a Lei de responsabilidade fiscal!, se trocar os pés pelas mãos o presidente ou paga do próprio bolso ou vai pra cadeia!. Agora que coisa chata esses jornalistas acharem que o Flamengo deve viver para sempre nessa coisa de gastar pouco. Quando começar os gastos de verdade ae essa imprensa vai chiar se ” preocupando” com o Flamengo. Vide na época da contratação do Guerrero.

    • O nome disso se chama medo.

    • Nem pouco nem muito…
      Temos que gastar melhor com menos erros.
      Grande abraço !

Comentários não são permitidos.