Sassá fala de clássico e descarta tensão contra o Fla

No próximo sábado, às 17h (horário de Brasília), Flamengo e Botafogo se enfrentam no Maracanã e, após alguns anos, voltam a disputar os três pontos de olho na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. Artilheiro alvinegro e um dos principais goleadores da competição, Sassá mostrou ter a língua tão afiada quanto seu faro para fazer gols. Ao contrário das entrevistas “padronizadas” dos dias atuais, o atacante falou sobre o clássico e arriscou um placar ousado, mas que deixaria todo torcedor da Estrela Solitária muito feliz.

– Para mim, não é um jogo tenso. É um dos melhores jogos: jogar no Maracanã, contra o Flamengo, estádio cheio, então não tem melhor coisa para o jogador participar de uma partida dessas. Acho que vai ser 3 a 0 para o Botafogo – disse Sassá, lembrando grandes provocadores do clássico, como o goleiro Manga, na década de 1960, e o artilheiro Túlio Maravilha, “falastrão” dos anos 90.

Apesar da tranquilidade antes do clássico que pode deixar o Botafogo ainda mais próximo da Libertadores 2017, o jovem atacante garante que não é uma provocação ao rival rubro-negro. Uma experiência ruim ano passado, quando provocou o Fluminense com uma postagem em seu perfil em uma rede social, deixou alguns ensinamentos para Sassá.

– Aquilo (provocação aos torcedores do Fluminense) foi algo me arrependo até hoje. Futebol é paixão e, por inocência, acabei mexendo com a paixão de muita gente. Então, eu me arrependo e espero nunca mais cometer esses erros – comentou o atacante de 22 anos.

Contra o Flamengo, no próximo sábado, Sassá espera ajudar o Botafogo a se aproximar do Atlético-MG e se distanciar do Atlético-PR, confirmando a permanência no G-6 e a espetacular recuperação do time no Campeonato Brasileiro. O artilheiro do Glorioso enalteceu o trabalho realizado pelo técnico Jair Ventura e o elenco alvinegro.

– Todo mundo abraçou a ideia dele. É um treinador muito jovem e ele pediu apoio, união e que a gente comprasse a ideia dele. Fizemos isso e deu no que deu. Nosso clima é bom, a gente é muito amigo e sabia que era questão de tempo para as coisas se acertarem para a gente ter conseguido dar essa arrancada – concluiu.

Fonte: Sportv

Veja também

  • Isso mesmo Sassá! Vem de salto alto pra cima do mengão!

Comentários não são permitidos.