Juan relembra o título da Mercosul e projeta Libertadores pelo Flamengo

O Flamengo vai começar 2017 com um grande objetivo: o título da Libertadores. Com participações ruins nos últimos anos, sendo eliminado na primeira fase em 2012 e 2014, a torcida aguarda a conquista da América, que ocorreu apenas em 1981, comandados pela geração de Zico. A última vez em que o Rubro-Negro levantou uma competição continental foi no ano de 1999, quando derrotou o Palmeiras na final da Copa Mercosul.

O título completou 17 anos nesta terça-feira (20), e um dos titulares daquela final, o zagueiro Juan, estará no elenco que vai disputar a Libertadores em 2017. Em conversa exclusiva com o portal dos canais Esporte Interativo, o defensor relembrou a conquista, e projetou a disputa da maior competição da América do Sul, falando sobre o novo formato da competição e os adversários.

Mercosul 1999

Foi importante para o clube, porque voltou a ganhar um título sul-americano, para mim particularmente foi um título muito importante, pois foi meu primeiro como profissional jogando, em cima de um time que era muito forte na época, campeão da Libertadores, uma seleção de craques. Nós fizemos duas partidas eletrizantes e por termos sido campeões no campo deles, teve um gostinho especial.

Temporada 2017

Nós tivemos uma base boa neste ano, disputamos o Campeonato Brasileiro em um nível alto, temos um elenco competitivo, de qualidade. Temos tudo para começar o ano muito bem, claro que temos que trabalhar para isso, a gente sabe que a Libertadores é o campeonato mais importante que a gente tem no ano, pela grandeza que tem, mas também a gente tem a obrigação de jogar bem, de conquistar os outros campeonatos menores que a gente tem, como o Carioca e a Primeira Liga.

Novo formato e adversários na Libertadores

A gente sabe que com esse novo formato da Libertadores, sendo disputada o ano todo, a gente precisa ter uma constância muito grande, para você poder chegar ao título, e a gente tá muito bem preparado para isso. Mesmo nesta primeira tabela a gente não tem muito noção, pois ainda tem duas fases de eliminações, e alguns times que podem ser até fortes, podem até não entrar na competição. A Libertadores tem uma coisa diferente das outras competições, porque a logística conta muito, você às vezes pega um adversário teoricamente mais fácil, é pior do que um mais forte que está do seu lado. Vamos esperar a definição, esperar o que vai acontecer, mas principalmente focar no que a gente tem que fazer e no nível que a gente tem que jogar.

Fonte: Esporte Interativo

Veja também

  • Lembro da lenha comendo no jogo contra o penharol…..kkkkkkk. ..esse título marcou muito… literalmente. ..kkkkk. .

  • Eu vi esse cara sair da base e arrebentar no profissional, nunca tinha visto um zagueiro fazer tantos gols..Gamarra e Juan a melhor zaga que vi jogar no Mengão

  • O que muitos esqueceram é que no começo desse ano o Juan estava voando, todos pediam a contratação de um zagueiro pra jogar COM ele é mais alguém pra revezar com ele por causa da idade. Mas aí ele se machucou por causa de uma falha de planejamento da diretoria, que não tinha zagueiros de qualidade no elenco e forçou com isso um zagueiro com idade avançada a jogar todos os jogos.
    Depois que ele voltou de lesão o Vaz estava jogando muito bem e o Zé ainda optou pela volta do Juan no momento errado, num clássico e ele acabou indo mal e perdendo espaço.
    Mas acredito que fazendo a pré-temporada e tendo um revezamento no Carioca e Primeira Liga, ele tem condição de jogar em alto nível ainda. Não o Juan da época da seleção, mas pelo menos no nível que jogou nesse primeiro semestre.

    • Concordo. Eu sempre pensei isso td q vc disse. Eu ao contrario da maioria nunca fui a favor da saida dele, Juan joga muito e tem condições de nois ajudar mt. Mas o Fla poderia tentar o empréstimo do Dória q quer voltar para o Brasil ou até mesmo o empréstimo do Samir q iria jogar mt com o Réver.

    • Por mim, Juan jogaria até os 40 anos… &;-D

  • Juam! Mesmo sendo banco é importante para o elenco

Comentários não são permitidos.