Lembra dele? Ex-Fla, Sambueza é capitão e referência do América-MEX

O América-MEX se prepara de olho na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa contra o Real Madrid, nesta quinta-feira, às 08h30 (de Brasília). A partida na cidade de Yokohama terá transmissão ao vivo pelo SporTV, e o GloboEsporte.com acompanha em tempo real. O clube mexicano trata esse duelo como um dos jogos mais importantes da sua história, afinal comemora seu centenário e terá pela frente Cristiano Ronaldo & Cia. Para surpreender os galácticos, as Águias contam com um antigo conhecido da torcida do Flamengo, que teve uma curta passagem em 2008 pelo clube: Rubens Sambueza, que é destaque e capitão.

Sambu, como é chamado pelos companheiros, chegou ao Flamengo durante o Campeonato Brasileiro de 2008 após se destacar pelo River Plate. Sua contratação foi cercada de expectativa, mas que jamais se concretizou. Foram apenas sete jogos e nenhum gol marcado. Questionado pelo GloboEsporte.com sobre sua curta passagem pela Gávea, Sambueza não revela detalhes, e afirma que está bem e feliz com a camisa do América, clube que defende desde 2013.

– Sim, tive uma passagem pelo Flamengo, pelo futebol brasileiro. Estou muito bem, é verdade que estive um tempinho parado por uma lesão que me deixou fora algumas partidas. Mas me preparei muito bem, tenho muita confiança da equipe e me sinto pleno. É um momento muito importante, com muita confiança. Para todos os jogadores, creio que a confiança é muito importante. E hoje me sinto com muita confiança, com conquistas pessoais importantes. Estou muito feliz por jogar o Mundial de Clubes, tenho essa oportunidade e quero aproveitá-la – afirmou Sambueza ao GloboEsporte.com.

A expectativa para o duelo contra o Real Madrid é imensa entre torcedores e jornalistas mexicanos. Com 32 anos e experiente, Sambueza não trata a partida como mais importante da sua vida. Mas deixa claro que o América está muito empolgado com a chance de enfrentar alguns dos melhores jogadores do mundo:

– Pode não ser a mais importante da minha vida, há sempre coisas para melhorar e lutar. Sinto que é uma partida importante, vamos jogar uma semifinal contra uma grande equipe. Nosso grupo está muito bem, muito entusiasmado para fazer um grande jogo e poder demonstrar nosso potencial. Vamos enfrentar uma excelente equipe, mas nós também temos nossas armas. Estamos muito empolgados de poder fazer história.

Fonte: GE

Veja também

  • Mais um na infinidade de “gringos” mal utilizados no Fla. Me lembro também do Fierro, que no Chile se destacava pelo Colo-Colo, praticamente como um ponta direita, e aqui jogaram ele na fogueira de volante e lateral-direito. Hoje, Donatti, Cuéllar e Mancuello passam pela mesma coisa. Se permanecer essa palhaçada de só o Guerrero jogar de estrangeiro, perderemos dinheiro (e muito!) e a oportunidade de ver se firmar jogadores que elevariam o nível técnico do Mengão. Aí, daqui cinco ou seis anos leremos uma matéria como essas outra vez..Lamentável!!

  • Lembro do jogo contra o Atlético Mineiro em 2008 no Maracanã pelo brasileiro. Acredito que haviam mais de 80 mil no velho maraca. O técnico da época do Flamengo, Caio Junior, optou por colocar o Sambueza na lateral esquerda. Aquele time horroroso do Atlético acabou com o jogo, em virtude principalmente da lambança tática daquele jogo, o que acabou enterrando de vez o sonho do título. A partir de então, o jogador ficou completamente queimado com a torcida.

Comentários não são permitidos.