Copinha: regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste buscam primeiro título

Principal competição das categorias de base do país, a Copa São Paulo de Futebol Júnior está na sua 48ª edição, que por sinal é a maior já realizada, com a participação de 120 clubes, superando 2016 quando 112 times estiveram presentes. Um dos trunfos que dá ao torneio a chance de revelar a cada ano novos talentos para o futebol brasileiro é justamente o seu tom democrático, com representantes dos quatro cantos do país. Em 2017, equipes de 25 estados mais o Distrito Federal marcam presença. Apenas o Amapá não tem representante. Em compensação, a Copinha conta com um clube estrangeiro: o Pérolas Negras, do Haiti.

Copa São Paulo 2017 por regiões (Foto: Eduardo de Sousa / GloboEsporte.com)Se na hora de participar, o torneio permite que clubes e jogadores mostrem o seu valor, independente da expressão ou potencial financeiro, o mesmo não se pode dizer quando o assunto é a disputa do título. Nas 47 edições anteriores, apenas times das regiões Sudeste e Sul foram campeões. Nenhuma equipe do Norte, Nordeste e Centro-Oeste conseguiu levantar a taça. No total, foram 42 títulos do Sudeste, sendo 28 de São Paulo, nove do Rio de Janeiro e cinco de Minas Gerais. O Sul, por sua vez, deu a volta olímpica cinco vezes – quatro com Rio Grande do Sul e uma com Santa Catarina.

Na tentativa de acabar com este tabu, as regiões Norte (7), Nordeste (25) e Centro-Oeste (10) iniciaram a Copinha com 42 times. Destes apenas 12 se classificaram para a segunda fase, sendo um da Região Norte – Rio Branco-AC -, três do Centro-Oeste – Atlético-GO, Goiás e Trindade – e oito do Nordeste – Bahia, Ceará, Estanciano, Náutico, Santa Cruz, Sergipe, Sport e Vitória. Para os demais, o sonho de ser campeão acabou. Com 50 clubes inscritos, o estado de São Paulo, anfitrião do torneio, tem 41,6% dos participantes. Além deles, a região Sudeste é representada por outros oito equipes do Rio de Janeiro, quatro de Minas Gerais e dois do Espírito Santo totalizando 64 times. Destes, 39 avançaram para a próxima fase, um aproveitamento de quase 61%. São 32 paulistas, cinco cariocas e dois mineiros. No Sul, dos 13 participantes – cinco de Santa Catarina e quatro do Paraná e Rio Grande do Sul, respectivamente – nove seguem na luta pelo título, sendo três de cada estado da região, um desempenho de 69%.

Com nove conquistas, o Corinthians é o maior vencedor da Copa São Paulo. Na sequência aparece o Fluminense, com cinco, e o Internacional, com quatro. Atlético-MG, Flamengo, Santos e São Paulo têm três títulos, enquanto Nacional-SP, Ponte Preta e Portuguesa levantaram a taça duas vezes cada. Outros onze clubes deram a volta olímpica uma vez – América-MG, América-SP, Cruzeiro, Figueirense, Guarani, Juventus, Marília, Paulista, Roma, Santo André e Vasco.

Confira os times classificados por região para a segunda fase da Copinha.

Centro-Oeste – 3 – Atlético-GO, Goias e Trindade.

Nordeste – 8 – Náutico, Sergipe, Sport, Vitória, Santa Cruz, Ceará, Bahia e Estanciano.

Norte – 1 – Rio Branco-AC.

Sudeste – 39 – Água Santa, Atlético-MG, Batatais, Botafogo, Botafogo-SP, Bragantino, Capivariano, Corinthians, Cruzeiro, Ferroviária, Flamengo, Flamengo-SP, Fluminense, Grêmio Osasco, Independente, Ituano, Juventus-SP, Manthiqueira, Marília, Mirassol, Mogi Mirim, Nacional-SP, Nova Iguaçu, Novorizontino, Palmeiras, Primavera, São Carlos, Paulista, Penapolense, Ponte Preta, RB Brasil, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Taboão da Serra, Taubaté, Vasco e Votuporanguense.

Sul – 9 – Atlético-PR, Avaí, Chapecoense, Coritiba, Figueirense, Grêmio, Internacional, Juventude e Paraná.

Campeões da Copinha (Foto: Eduardo de Sousa / GloboEsporte.com)

Fonte: Globo Esporte

Veja também