Com mais que o dobro de faturamento, Rubro-Negro tem Botafogo como algoz

Um dos clubes que mais fatura no futebol brasileiro e com contratações milionárias nos últimos anos, o Flamengo sobra no futebol carioca fora das quatro linhas. No entanto, dentro de campo, a equipe sofre com uma pedra no sapato: os clássicos contra os rivais da cidade. E sobre o Botafogo, adversário deste domingo (12 de fevereiro), o jejum chega a incomodar os torcedores: são quase três anos sem vencer o Glorioso, que tem um arrecadamento anual três vezes menor.

Atualmente, com as finanças em dia, o Flamengo tem uma projeção de arrecadar R$ 420 milhões na atual temporada. O valor corresponde mais do que o dobro do rival: a diretoria do Botafogo espera que entrem R$ 190 milhões nos cofres do clube. Para o investimento direto no futebol, as realidades continuam distintas: enquanto o Rubro-Negro tem gastos programados de até R$ 215 milhões durante a temporada, os números do Glorioso são mais modestos, de aproximadamente R$ 95 milhões.

O último resultado positivo da equipe da Gávea contra o time da Estrela Solitária aconteceu no dia 27 de julho de 2014, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o Flamengo, na época brigando contra o rebaixamento, venceu o Botafogo por 1 a 0. O gol do jogo foi marcado por Alecsandro, que não está mais no clube. De lá pra cá, são cinco jogos sem saber o que é vitória, com três empates e duas derrotas.

Se pegarmos apenas os jogos que aconteceram no Engenhão, o jejum é maior ainda, desde 2013. Na ocasião, vitória também por 1 a 0, em partida válida pela Taça Guanabara. Hernane Brocador foi o autor da última vitória dos rubro-negros diante do rival no estádio Nilton Santos.

E para encerrar com esse jejum, o Flamengo promete força máxima contra o Botafogo, que tem grandes chances de atuar com um time reserva por conta da Conmebol Libertadores Bridgestone, competição que volta a campo na quarta-feira (15) contra o Olimpia. Zé Ricardo deve escalar a equipe da Gávea desta forma para o clássico: Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo, Willian Arão e Diego; Mancuello, Guerrero e Éverton.

Fonte: Fox Sports

Veja também

  • Esse é o jogo que vou poder dizer se a defesa está afiada mesmo, porque nessas rodadas anteriores senti uns vacilos na defesa que contra times grandes não teria perdão.

  • Sem dúvidas nossa equipe vive um momento bem melhor que eles, apesar de ser um clássico, no qual se predomina o equilíbrio das equipes em um todo, acredito na vitória do Flamengo.

  • Se é contra o time titular ou reserva, não importa: “ATROPELA-O-O”! &;-D

  • Atenção responsáveis pelo designer da COLUNA DO FLAMENGO, esse layout da página é horrível! Querem inovar, mas para quem gosta de ler todo texto acaba prejudicado. É um visual cansativo, que afasta os assíduos leitores. Revejam isso para o bem da própria página.

    • Eu coloco em 1 notícia tá o layaout antigo, coloco em outra tá esse novo horrível, não tô entendendo nada

  • Caso o Flamengo jogue com seriedade é goleada. Se jogarmos com salto alto, aí será uma derrota certa.

    • Não acho que tenha salto alto neste elenco!

      • Tudo bem, a temporada está apenas começando. Ano passado também não tinha “salto alto” e deu no que deu.

  • O último resultado positivo da equipe da Gávea contra o time da Estrela Solitária aconteceu no dia 27 de julho de 2014, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o Flamengo, na época brigando contra o rebaixamento…
    Brigando conta o rebaixamento na 12°rodada num campeonato de 38 rodadas é forçar a barra.

Comentários não são permitidos.