MP-RJ entra com ação para que clássicos cariocas tenham torcida única

O Ministério Público do Rio de Janeiro entrou nesta quarta-feira com um pedido na Justiça para que os clássicos cariocas tenham torcida única.

A informação foi veiculada em primeira mão pela rádio CBN e confirmada pela ESPN.

O pedido surge após um torcedor morrer antes do jogo entre Botafogo e Flamengo, disputado no último domingo, no estádio Nilton Santos, em partida válida pelo Campeonato Carioca.

Diego Silva dos Santos, de 28 anos, morreu baleado durante uma das brigas entre organizadas dos dois clubes. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, outras sete pessoas foram encaminhadas ao Hospital Municipal Salgado Filho

Se o pedido for aprovado no Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, apenas equipes mandantes terão torcedores no estádios – a medida será válida apenas para as partidas disputadas entre Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco.

Via assessoria de imprensa, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, afirmou ser totalmente contra a medida.

“Sou totalmente contra. Acho que isso seria uma pá de cal no futebol carioca e que não resolve o problema. As mortes vão continuar longe do estádio como quase sempre acontecem. Além disso, às vezes acontecem conflitos entre ‘torcidas’ do mesmo clube. A única solução é a punição rigorosa das pessoas físicas.”

Fonte: ESPN

Veja também

  • O futebol é consequência de uma sociedade violenta para dizer o mínimo. Aonde vamos parar? Ao invés de combater as causas do problema preferem agir de forma autoritária e meramente remediativa.

  • sou a favor de torcida única!!!!!

  • Isso é fim do futebol brasileiro.
    Sao Paulo já tinha sido o tumulo graças a imbecis como Alexandre de Moraes vulgo advogado do PCC e agora praticamente juiz do STF, que inventaram essa merda para tirar a responsabilidade da segurança, mesmo tendo ocorridos brigas e violencia com torcida unica.
    Até domingo tudo ocorria bem no Rio, mas aí o Estado querer que haja segurança sem pagar a polícia, é querer demais.
    Governo quer lavar as mãos e com isso sepultar o futebol.
    Vergonha, só isso.

    • Boa síntese.

    • Exatamente. Essa é uma medida pra mascarar o problema, dar uma falsa sensação de segurança e de que estão se mexendo. Basta ver que a maioria das brigas hoje acontece fora dos estádios, muitas até distantes do local do jogo. Quem quer brigar, vandalizar, vai continuar fazendo isso, especialmente se nunca é punido.

      • São um bando de ridículos. A maioria das brigas ocorrem foram dos estádios. Com essa medida ou não, essas coisas sempre acontecerão.

    • Bastaria uma condenação ao(s) torcedor(es) infrator(es) com uma pena entre dois a cinco anos, comparecendo em delegacias duas horas antes dos jogos do seu respectivo time e saída duas horas depois, e estaria resolvido o problema.

      Mas, não, as autoridades preferem mascarar sua incompetência na segurança e destruir o espetáculo do futebol.

  • O MP parece o marido que pegou a mulher transando com o vizinho no sofá da sala e resolveu jogar o sofá fora pra resolver o problema.

    O país não aguenta mais medidas oportunistas e populistas.

    Eu gostaria de ver o MP discutindo com os órgãos de segurança e clubes uma forma efetiva de afastar esses marginais que se dizem torcedores.
    Eu gostaria de ver o MP entrando com uma ação contra a Odebrecht obrigando-a a cuidar do Maracanã como deve.

    Vou esperar sentado..

  • Vai adiantar de merda nenhuma, os caras vão continuar marcando briga pelo FB, e vai continuar acontecendo. E só ver que tem muitas vezes que as brigas são à quilômetros de distância do estádio.

  • Torcida unica seria a humilhacao total pros tres menores do rio, sem a torcida do mengao nao iam conseguir encher nem moca bonita. kkk

    • A Ferj vai tratar de vetar isso.

  • Essa tradição no RJ de torcida meio-à-meio eu acho bobagem.

  • Tinha que entrar com ação era para acabar com esse campeonato ridiculo da Ferj

  • Aqui no Brasil invés de combater a causa, combate os efeitos, é igual os caixas eletrônicos pararem de funcionar as 22 horas. Num era mais fácil acabar com a violência? Mais não, vai tirando os direitos do cidadão.

    Jogo de uma torcida só, o engenhão nunca vai encher, a não ser que o Mengão seja o mandante.

  • Até que enfim uma decisão correta… a próxima é colocar os jogos com portões fechados…
    Quem sabe assim todos juntos façam a coisa acontecer…

    • claro, resolveu tudo em São Paulo…
      Não há mais violência em São Paulo
      Viva os unicornios rosa

      • Então… próximo passo é jogar com os portões fechados…
        Os únicos marginais que estão presos foram os que bateram na PMRJ… o resto passa no máximo a noite…
        A policia até faz o trabalho dela, claro que sempre pode melhorar, mas a justiça não ajuda.

        • como as mortes estão acontecendo fora do estádio, vão continuar acontecendo
          Daí pela lógica, banimos o futebol do Brasil. Pronto.

          • a lógica é essa… mas acredito que antes de chegar nesse ponto, algo será feito.

  • Perfeito….Presidente!!!!

Comentários não são permitidos.