Dani Hypolito troca o Flamengo por São Bernardo: “Será espelho para as meninas”

Daniele Hypolito não é mais ginasta do Flamengo. Nesta segunda-feira, a ginasta de 32 anos foi apresentada como reforço da cidade de São Bernardo para as competições nacionais. Dani irá treinar no Centro de Ginástica Artística, complexo que oferece aulas para mais de 500 crianças e jovens do município paulista.

Em São Bernardo, ela estará ao lado do irmão Diego, medalhista olímpico na Rio 2016. A manutenção de Diego e a chegada de Dani só foram possíveis graças a renovação de contrato com a Caixa Econômica Federal.

De acordo com o site “ABCD Maior”, a prefeitura de São Bernardo receberá R$ 1,8 milhão para a ginástica artística e o atletismo. O valor será usado para o pagamento do salário dos atletas e manutenção dos centros de treinamento.

– A Daniele chega para ser um espelho para as nossas meninas, ela vai ser importante para isso. Era uma vontade antiga nossa contratá-la, agora se concretizou e conseguimos juntar os dois irmãos – disse Ivonete Fagundes, responsável pela ginástica em São Bernardo, em conversa com o ACBD Maior.

Nascida em Santo André, também em São Paulo, Dani fez carreira no clube da Gávea, onde conquistou seus principais títulos.

Veja também

  • Já vão tarde.

  • vai com Deus,tirando o basquete os demais esportes tinham que ser apenas amadores pois não trazem retorno algum de midia ou patrocínio,a única coisa que talvez compense seja a lei de incentivo ao esporte da qual o clube se beneficia nas questões de impostos e tal.

    • Hj os esportes olímpicos são auto sustentáveis, diferente da época da patrícia em que pagava um salário de jogador pro Cielo, com dinheiro do futebol… Por isso que o bandeira quando entrou cortou todos e só deixou o basquete e só voltou quando conseguiu patrocínios.

Comentários não são permitidos.