Flamengo lança manifesto #MaisMulherNoEstádio

Lugar de mulher é no estádio. Lugar de mulher é na arquibancada, dentro da torcida. Lugar de mulher é no campo. Lugar de mulher é onde ela quiser. O Flamengo lança nesta quarta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, um novo posicionamento do clube em relação às suas torcedoras. Mais do que um projeto comemorativo, o manifesto #MaisMulherNoEstadio foi criado para não acabar em apenas um dia. Ele representa um conjunto de ações que o clube pretende adotar, algumas já definidas e outras ainda sendo desenvolvidas ouvindo as mais interessadas no assunto: as torcedoras. Para isso, o clube vai criar um canal específico para ouvir sugestões, tirar dúvidas e aprender com as reclamações.
“As mulheres merecem o mesmo espaço que os homens em todos os setores da sociedade. Inclusive no Futebol, que é um meio muito masculino e, portanto, ainda precisa de datas assim para que chamemos a atenção para a causa feminista. As homenagens do Flamengo demonstram o posicionamento do clube em relação a este assunto. Queremos mais torcedoras em nossas arquibancadas, mais funcionárias em nossos quadros, mais atletas para modalidades femininas e também levar cada vez mais mulheres para o dia a dia do clube. Queremos fazer com que elas se sintam bem-vindas onde o Flamengo estiver. Esse é um projeto que começa no Flamengo, mas temos a esperança de que ele cresça e alcance outros clubes.” – explica Antonio Tabet, vice-presidente de Comunicação do Flamengo.
Muitos são os motivos que afastam as mulheres dos estádios: a violência e o assédio masculino estão entre as principais reclamações. Segundo dados levantados pelo Flamengo, apenas 10% dos participantes do Programa Nação Rubro-Negra são mulheres. O desinteresse e o afastamento das mulheres dos estádios levaram o clube a estudar o tema. O projeto #MaisMulherNoEstadio foi construído por mulheres para as mulheres. As primeiras reuniões foram feitas com torcedoras do Flamengo; o planejamento da campanha foi feito por mulheres; o texto final é de uma redatora; a produtora escolhida para filmar o roteiro levou em conta a presença de uma mulher em posição de decisão.
“Queremos romper com essa dinâmica do futebol de sempre priorizar o público masculino e só lembrar das mulheres em datas específicas. Precisamos de mais representatividade feminina e ações pensadas por mulheres para mulheres” – disse Milena Zindeluk, redatora na agência de publicidade NBS e uma das responsáveis pelo projeto.
Entre as ações especiais, o clube pretende fazer mais produtos e parcerias pensados para mulheres, e por mulheres; gerar mudanças nos serviços e ofertas do sócio-torcedor; e trazer novas soluções para melhorar o acesso e a presença das mulheres nos estádios.
Lançamento de camisa especial
Produto para as mulheres. Uma das primeiras ações dentro desse novo conceito acontece já nesta quarta-feira. além das camisas femininas com corte feminino já existentes, que se encontram nas lojas, a Adidas abraçou a ação com o clube e em homenagem às mulheres da Naçao buscou criar algo inédito: lançar uma camisa feminina rosa e preta. Este é apenas um de uma série de produtos que o Flamengo pretende lançar para este público.
Mulheres em campo. Na próxima sexta-feira, às 9h, no campo principal da Gávea, o Flamengo promove uma outra ação comemorativa pelo Dia Internacional das Mulheres: uma partida de futebol vai reunir torcedoras rubro-negras e ninguém mais ninguém menos do que o maior ídolo do clube, o craque eterno Zico.

Fonte: Site Oficial Flamengo

Veja também

  • Valeu Adidas, lança um modelo especial que 99,99999% das torcedoras não pode comprar.

    • Eu queria acreditar, mas o Zé Ricardo não deixa.

Comentários não são permitidos.