FoxSports: “Não dá esse jeito argentino desleal de se jogar”, diz Sormani

Na noite desta quarta-feira, três times brasileiros ficarão frente a frente contra equipes argentinas, pelas primeiras partidas da fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone. O Flamengo recebe no Maracanã o San Lorenzo, o Palmeiras viajou para pegar o Atlético Tucumán, enquanto o Atlético-MG também está na Argentina para ficar frente a frente com o Godoy Cruz.

Durante debate no FOX Sports Rádio, o comentarista Fábio Sormani falou sobre a atual rivalidade entre Brasil e Argentina, desde tempos antigos aos atuais, citando o excesso de violência nos confrontos. “A Libertadores é muito física, a intensidade do jogo na Argentina é muito mais pegada, física, viril do que aqui”, disse Sormani.

“E o futebol brasileiro não é assim, não é desleal e pegado. Eles são desleais, muitas vezes desleais. E esse jeito argentino de jogar se propagou, a arbitragem aceitou e virou assim. Se fosse o jeito brasileiro de jogar, seria diferente”, concluiu.

Fonte: FoxSport

Veja também

  • Sim, sempre foi assim, da forma como Sormani falou, principalmente quando se joga na casa dos argentinos.

    Espero que isso mude, pq é absurdo e isso acontece há muito tempo, e é ridículo.

    Muitos times brasileiros já foram prejudicados por isso, por faltas claras e não marcadas, tudo pelo simples motivo de ser estilo sul-americano (leia-se argentino, paraguaio, chileno) de se jogar.

    Total falta de técnica e tudo no empurrão e força física.

  • Isso era no passado hoje não tem essa pancadaria toda

  • O problema nao esta nos times argentinos e sim nos juizes, se ele expulsa na primeira jogada desleal eles nao fazem mais.

  • Não acho.

  • Se luta na guerra, com as armas que têm

Comentários não são permitidos.