fbpx

Flamengo quer punir autor do projeto de estádio próprio

O sócio e conselheiro do Flamengo, Maurício Rodrigues pode sofrer uma punição por parte do Conselho Diretor do clube e ficar suspenso por até trezentos e sessenta dias do quadro social. Maurício foi candidato a presidente do Flamengo, na eleição de 2012 e também é autor do projeto de estádio próprio em Guaratiba.

No último dia 13, quinta-feira, Maurício recebeu um e-mail de Brunno Lorenzoni se apresentando como presidente da comissão de inquérito, nomeado pela presidência do Conselho Diretor, que vai apurar o suposto ato que incorre contra o Estatuto do Clube por opiniões emitidas em seu blog chamado ‘O Zarabatana‘, nos textos “Exercendo o Meu Direito de Eleitor” e “Mau Negócio para o Flamengo”, publicados nos dias 29 e 26 de janeiro respectivamente. “Recebi hoje por e-mail esta intimação. Ficaram incomodados com minhas críticas em meu blog O Zarabatana e aqui no Facebook às mais de 70 contratações inócuas, à venda da casa de São Conrado e à deterioração do Morro da Viúva“, disse Maurício em seu Facebook.

No texto “Exercendo o Meu Direito de Eleitor”, publicado em 29 de janeiro, Mauricio faz criticas sobre a negociação do Morro da Viúva. Num dos trechos ele diz “Estão reservando esse imóvel como “moeda de troca” para “algum” projeto mirabolante, no qual, certamente, o Flamengo sairá perdendo“. Em outro trecho do mesmo texto, Mauricio faz críticas ao vice-presidente de Patrimônio Alexandre Wrobel pela venda da Casa de São Conrado: “Diante do quadro imobiliário acima, temos um vice-presidente de patrimônio ou um dilapidador de patrimônio“. No mesmo texto, ele critica a falta de punição a Kleber Leite pelo caso “Consórcio Plaza”.

O texto publicado no dia 26 de janeiro, “Mau Negócio para o Flamengo”, Mauricio faz duras críticas pela venda do lateral Jorge ao Mônaco (FRA). No último parágrafo, Maurício diz: “E os empresários vão ganhando comissões em tudo, na compra e na venda. Isso quando não existe também o PF, o popular “por fora” que engorda os bolsos de determinados empresários. O jogador é vendido por R$ 20 milhões, por exemplo, mas é anunciado que foi R$ 13. R$ 7 fica pro rachucho. E as torcida prosseguem levando duas bolas nas costas“. Os textos foram apagados do blog ‘O Zarabatana’.

Maurício tem dez dias para apresentar sua defesa por escrito à comissão de inquérito, mas ele disse que não irá fazê-lo: “Já respondi a eles que não vou me pronunciar, vou aguardar o resultado deste absurdo. Depois, se for suspenso, tomarei as providências cabíveis”, disse em seu Facebook.

O inquérito, encarado por Maurício como censura e uma maneira de tolher a sua liberdade de expressão, virou polêmica ao ser divulgado em seu Facebook. Diversos sócios e notáveis da política do clube se solidarizaram com Mauricio como Michel Helal, filho do ex-presidente George Helal, Arnaldo Cardoso Pires, William Santos e Paulo Ribeiro. Maurício ainda recebeu apoio de jornalistas como Rodrigo Mandarini e Iata Anderson.

Opinião:

Como autor de um blog essencialmente de opinião, vejo um certo exagero nesse inquérito aberto contra o Maurício, pois em diversas Redes Sociais é possível encontrar “expressões desonrosas contra membro dos poderes do clube” e a sócios, bem como assuntos de caráter interno sendo publicados muitas vezes em tempo real por sócios e grupos políticos em diversas mídias. Voltando a períodos eleitorais, tais acontecimentos são recorrentes entre candidatos e seus apoiadores. Nunca foi aberto inquéritos desse tipo contra nenhum sócio por isso. Sem contar que se o inquérito for pra frente, abre um precedente que não sabemos onde pode parar.

Entrevista de Maurício falando do projeto de estádio próprio em Guaratiba

Reprodução: Ser Flamengo

52 Comentários

  • o cara elaborou um projeto de estadio por conta própria como não foi aceito o projeto dele começa a falar um monte de coisa da diretoria, certamente se a diretoria do Flamengo aceita o projeto ele estaria falando maravilhas.

  • Tem algumas meias verdades nessa história, principalmente a parte de empresários. Só sei que não há santo nem na Gávea nem em lugar algum e tudo precisa ser apurado.

    Que o Flamengo fique cada vez mais forte independente de quem estiver lá.

  • É bom que se abra o inquérito e o autor das críticas deve olhar também como uma forma de poder exerce-las de forma oficial. Se está certo do que diz e pode provar tais acusações, deveria agradecer a oportunidade de ajudar ao clube. SRN

  • Interessante é que ele faz esses acusações em um lugar que só serve para denegrir a imagem do Flamengo, se ele realmente estivesse interessado no bem do Flamengo teria feito uma denúncia no conselho deliberativo, que aí sim o assunto seria discutido internamente e poderia até mesmo ser aberto um inquérito para apurar os fatos denunciados. Mas jogar um monte de acusações num “blog de opinião” é só para ganhar visibilidade as custas de uma crise que tenta criar no Flamengo.

  • Uma coisa é a liberdade de expor as suas opiniões; outra totalmente distinta é denegrir uma instituição ou as pessoas que trabalham lá… &;-D

    • Opa, mas perai, ele não fez nenhuma acusação direta. A única coisa que falou diretamente sobre o clube foi chamar o Wrobel de “dilapidador de patrimônio”, o que não passa de opinião pessoal. Sobre as comissões por fora ele disse que “quando não acontece”, ou seja, nem falou que no Flamengo seria isso. Fosse uma ação na justiça comum contra ele por essas acusações duvido muito que alguém ganharia.

      • Na justiça comum ele seria compelido a dar explicações sobre o que ele falou sobre a venda de Jorge. Teria duas alternativas: ou se desculparia, confessando a leviandade do que aventou ou indicaria as pessoas que participaram da negociata. Aí teria que provar ou responder por calúnia ou difamação.

      • “A única coisa que falou diretamente sobre o clube foi chamar o Wrobel de “dilapidador de patrimônio”, o que não passa de opinião pessoal.” — Se eu fosse gestor de uma empresa e alguém publicasse uma “opinião pessoal” dessa sobre mim, não pensaria duas vezes… &;-D

  • Quando se fala em política pelo menos pra mim já se perde toda credibilidade. Até no futebol tem os bezerros de 50 anos que nao querem desmamar.

  • Não há direito que não traga em si um limite. No mínimo, o meu direito finda onde começa o de outrem. Concordo que não possa haver censura à liberdade de expressão, mas, uma vez utilizada para atacar alguém, o seu usuário tem que ser responsável pelo que afirmou. Acusou, tem que provar. O simples ato de ter preferido atacar a reputação alheia em blogs ao invés de encaminhar a acusação (a história da venda de Jorge) que fazia aos órgãos competentes já o fez merecedor de punição, ainda mais que da forma como agiu terminou por atingir também o Clube, conforme Ednei afirmou abaixo.

  • Dá pra ver que esse é um dos que querem fazer mal ao Flamengo, um Kléber Leite e blogueiro câncer do Flamengo

  • Imputar falsamente fato criminoso a outro não é exercício lícito da liberdade de expressão é calúnia. Então tem que se provar o que se comunicou como crime.

  • Título tendencioso pacas… o Flamengo não, a diretoria, o autor do projeto de estádio próprio não, o corneta que fez acusações desprovidas de provas.

    • Opinião é achar que a venda do Jorge não foi um bom negócio, ponto, falar que estão desviando verba do clube é acusação, não opinião, e quem acusa sem provas tem que estar ciente de que pode ser processado por calúnia e difamação.

      É a mesma coisa de alguém divulgar nas redes sociais que você, Almir Albuquerque, é ladrão e estuprador, vc acharia isso correto?

      • Mas ele não fez nenhuma acusação direta, nem citou nomes nem nada. Disse que rolam comissões que de fato sempre rolam, e depois deixou a entender que nesse tipo de negócio pode rolar um por fora, mas nem disse se era no clube. E outra, porque não se abre inquérito pelos posts do Kleber Leite, que muitas vezes não são tão diferentes disso aí?

        • “… O jogador é vendido por R$ 20 milhões, por exemplo, mas é anunciado que foi R$ 13. R$ 7 fica pro rachucho. …”

          Nesse trecho ele está claramente acusando a diretoria de desviar verba do clube, se ele provar ele está correto, se não tiver provas, cabe um processo de danos morais ao clube, mas a diretoria quer apenas punir administrativamente, suspendendo ele. Quanto ao Cleber Leite, se ele fez acusações sem provas, tb deveria ser punido. Está no regimento do Flamengo que qualquer sócio que denegrir a imagem do clube pode ser punido, todos eles sabem disso, se não concordam, então discutam sobre o assunto com o Conselho Deliberativo.

          • Ele não citou que seria no clube muito menos que seria da venda do jogador. Não foi uma acusação direta nem de longe. Isso aí não vai dar nada, pode me cobrar depois.

          • Cara, a postagem dele era sobre o Flamengo, ele estava dando a opinião dele a respeito das atitudes da diretoria e a respeito da venda de Jorge e depois falou isso daí, leia tudo novamente e verá do que estou falando.

      • A comparação não é muito procedente.

        Se eu fosse presidente de alguma coisa e um membro me fizesse acusações, a primeira coisa era processá-lo para que indicasse as provas. A expulsão é o último recurso, essa é a questão.

        No dia que não se puder criticar algum órgão de poder, aí acabou.

        • Não estão querendo expulsá-lo, pelo o que eu entendi, o regimento do clube prevê a suspensão por até 360 dias se for considerado culpado.

          De acordo com a notícia, o conselho diretor abriu um inquérito para apurar o caso e deu um prazo para ele se defender, então cabe a ele nesse momento apresentar as provas da acusação que fez, caso não apresente, o que ele já disse que não faria, ele deve ser punido.

          Criticar todos podem, mas acusar de desvio de verba publicamente, denegrindo a imagem do clube e sem provas é outro caso.

          Se ele tivesse suspeitas do desvio de verba, ele deveria levantar a questão no conselho deliberativo e pedir a abertura de inquérito para investigar as negociações suspeitas e não sair falando qualquer coisa num blog público

    • Opinião é uma coisa, afirmação é outra. No blog dele ele afirmou que jorge foi vendido por 20 mas que disseram que foi por 13. Isso é sério. E outra, afirmar que o CRF vai sair perdendo usando o Edificio Morro da Viuva como moeda de troca por algum projeto mirabolante também é muito sério. Ele está querendo colocar todo o trabalho dessa diretoria no lixo.Ele tamém tem que provar que o Alexandre é um dilapador de patrimonio. Então, se ele tem provas de tudo que ele afirmou, muito bem, apresente e nós lhe agradecemos. Leia o a matéria novamente.

  • Vamos deixar o caso dele para o Depto. Jurídico do Fla, que é muito competente. Ele quer é espaço na mídia. Olha a pose é a maquiagem (rsss). Sem comentários ele fica sem o espaço que deseja. Tem gente que não sabe perder eleição…
    Vamos colocar na geladeira Siberiana, congelado para sempre….

  • Cara, fazer crítica ao Wrobel por conseguir a façanha de transformar um barraco abandonado em São Conrado em R$7MI é uma imbecilidade sem tamanho.
    O Fla tem que ter patrimônio útil e não ter algo abandonado só pra dizer que é seu.

    Outra coisa: se não vendesse Jorge pro Mônaco, venderia pra outro. O Trauco já veio pra isso.

    SRN

  • Mais um que tá no clube só pra criar discórdia. Vamos lá…Caso Jorge: Foi vendido pelo que merecia, se tem provas do que tá falando as coloque na mesa, ao invés de ficar com suposições….Caso Morro da Viúva: O flamengo ainda não se desfez do imóvel como muitos queriam e querem, pois acredita ser este uma bela moeda de troca para futros investimentos, se vai ser viável ou não só saberemos no futuro, afirmar que o clube sairá perdendo é no mínimo leviano….Caso “Casa de São conrado”: já deveriam ter vendido aquela bosta a anos, pois só estava lá se deteriorando e perdendo valor. Em contrapartida o clube pagando há anos impostos, sem nada em troca. Só concordo com uma coisa, a punição ao Sr.Kleber Leite, mas aí essa é uma opinião de 99% da toricda do mengão.

  • No meio do ano o Jorge já poderia assinar com o Mônaco e sairia de graça…
    Olhando por esse prisma, foi bem vendido.
    Houve uma vacilada por não terem prorrogado o contrato, mas talvez não tivessem fé de que o Jorge se valorizaria tanto.

    • O Jorge saiu por pressão do empresário e do proprio Jorge, mas a diretoria também cedeu com facilidade…e por um preço abaixo do que ele vale de verdade…mas esse assunto já foi pra lá de debatido nesse blog. Só acho que entre dizer que houve pressão do empresário (normal porque ele vive de comissão de vendas) e dizer que alguem ganhou dinheiro vai uma distância grande, e precisa ser provado porque senão vira leviandade. Ninguém está acima da lei, e dos principios de honestidade, e o Flamengo não é de um presidente mas de uma nação de 40 milhões de torcedores. Se puder provar encrenca o EBM e seus diretores, se não conseguir provar vai ser suspenso….democracia…

  • Esse Canalha tem que ser questionado e punido por tudo que falou, está
    falando pelos cotovelos por não ver a atual gestão do Clube aprovar uma
    obra que lhe daria um percentual do que fosse investido no Estádio.
    Caramba! o Imóvel de São Conrado foi vendido com aprovação de todo
    Conselho Deliberativo e não uma aprovação de uma Diretoria, e outra o Prédio do Morro da Viúva está largado as traças o Clube tenta vender o mesmo com o Aval do Conselho que também aprovou a sua venda, mas esse Canalha diz que tem Diretor e outros recebendo por fora por participar na compra e venda de atletas, então que prove ou então receba as punições regidas em Estatuto.

  • Não sou puxa saco de diretoria alguma, mas, quem acusa, precisa provar. Dá pra perceber que esse Maurício Rodrigues é um mau intencionado. Qualquer cidadão tem o direito de questionar quem quiser, desde que isso seja feito respeitosamente. Ele que se vire com o conselho diretor do clube.

  • Esse cara só tá querendo tumultuar , essa tal casa q foi vendida ,foi por uma boa causa investiu o dinheiro no CT , ela n tava servindo pra nada mesmo .E o edifício também tem q ter mesmo como moeda de troca para um futuro estádio próprio.o q o Flamengo tá ganhando com esse edifício ?Nada.acho q se conseguir vender e investir no estádio é o melhor negócio possível pq só vai lucrar ,ao invés de ficar gastando cm esse edifício sem ter retorno.

  • O cara me diz: “Estão reservando esse imóvel como “moeda de troca” para “algum” projeto mirabolante, no qual, certamente, o Flamengo sairá perdendo“. e não que ser responsabilizado?

    Ou o cara tem bola de cristal ou sabe de alguma coisa sinistra, pois se você como conselheiro do clube tem provas de que estão lesando o clube deve apresentá-las e não ficar criando tumulto para conseguir chamar a atenção, uma coisa é o torcedor escrever merda num blog outra coisa é alguém de dentro do clube escrever; sinceramente acho que ele tem que se explicar sim, é como eu disse antes, se deixar a corja volta, ainda mais agora que o clube está numa boa todos vão querer surfar nessa onda.

    SRN #AbreoOlhoMengão

    • Apenas para deixar clara a minha posição, acho que a atual administração rubro-negra é a melhor que o clube já teve, pelo menos no seu último meio século de existência.
      Mas, já que você argumentou com a semântica do texto, tenho um reparo a fazer.
      Se o blogueiro tivesse escrito que “estão reservando esse imóvel como moeda de troca para UM projeto mirabolante, no qual, certamente, o Flamengo sairá perdendo” eu até poderia concordar com a sua interpretação de que esta seria uma séria acusação, que demandaria o indispensável respaldo probatório, sujeitando-a á abertura do inquérito em questão.
      Da forma como escreveu, todavia, destacando que a reserva do imóvel seria para a sua utilização como moeda de troca em ALGUM projeto mirabolante, parece-me inequívoca a intenção do blogueiro que, distante de afirmar a sua certeza de estar em curso uma ação depreciativa do atual patrimônio pelos atuais gestores do Flamengo, evidencia, na verdade, uma aposta na incompetência gerencial dessas pessoas, a qual, na opinião dele, certamente acabará resultando em futuro prejuízo ao patrimônio do clube.
      Neste caso, parece-me exagerada a abertura do inquérito e a consequente possibilidade de punição, pois, salvo melhor juízo, trata-se de mera opinião crítica individual que, por sua natureza especulativa e impessoal, escapa à qualificação de injuriosa, caluniosa ou difamatória, sendo pacificamente admissível em qualquer organização que se proponha democrática.
      SRN!

  • Correto. Roupa suja se lava dentro de casa. Não lembro de ninguém escrevendo em blogue, face ou qualquer outro meio de comunicação quando o clube era apunhalado e sangrava onde todos levavam dinheiro. Agora a política e outra falou mão do clube responde pelos seus atos.

  • cara, complicado isso.
    Acusar sem provas ou mesmo sem indício algum é crime. se ele fez isso para colocar fogo em eleição, deu um tiro no pé. Se não, apresente ao menos indícios concretos, não apenas achismos.

  • Eduardo Bandeira de Mello não me parece uma pessoa q faria isso, mais se falou tem provas e se não as tem vai se dar mau pois com o caráter de uma pessoa séria não se brinca e nem se DX em cheque…
    Imagino a zarabatana entrar nesse caso “nele”

    • Nós todos temos que ser responsáveis pelo que fazemos ou falamos. Acusou, tem que provar. Quanto a Bandeira, concordo com você. Não parece ser um canalha. Ao contrário. Se alguém tem prova da malandragem dos integrantes dessa Diretoria que as apresente. Ninguém está acima da lei e da verdade.

      • À, atual Diretoria/Eduardo Bandeira de Mello vai p/ 5 anos e ninguém, ninguém mesmo, provou algum malefício feito por Ela! #Fato!

  • O Maurício é autor do projeto do estádio, isso é uma coisa. Ele pode ser punido por denunciar em seu blog , segundo ele vendas irregulares dos imóveis do morro da viúva e são conrado, por não punirem Kleber Leite e também pelas mais de 20 contratacoes feitas por esse DP de futebol, onde duas ou três deram certo. Ele diz que empresários é dirigentes do clube estão levando na contratação e venda de jogadores. Não justifica contratar encostados e doentes realmente, concordo. Ele quer que investiguem as contratações e vendas de jogadores. Por essas denúncias ele pode ficar 1 ano suspenso .

  • Briga política!!
    Como quase tudo nesse país, me surge como um ataque a grupos políticos rivais. O carai que tá preocupado com torcedor. Sem essa de querer ser meu amigo! Espero que o brasileiro em geral acorde em breve em relação a isso com esses escândalos de Brasília.

    O problema de agentes de atletas, por exemplo, é um câncer no esporte. Somos reféns disso. É tendência geral. A culpa disso tudo não é dessa ou daquela diretoria. Ou alguém consegue me convencer de que não acontecia entes ou não acontecerá após o fim do mandato?

    Enfim, rival político apelando em busca de votos. Tem posicionamento chave dentro do clube, sendo formador de opinião e “representante” do mesmo. Isso traz responsabilidades. Tem que medir o que fala, pois pode prejudicar a instituição. Assim, eu, simples torcedor anônimo, reclamando em público correspondo a um peso de relevância. Esse cara o fazendo tem peso infinitamente maior. O clube vai se defender. Isso é óbvio.

    No mais, menos tempestade, menos climão, menos auto promoção. Vamos simplesmente apoiar nosso clube do coração, colocando-o como centro de nossas preocupações nesse contexto.

  • Criação de sites e aplicativos para celular