Versatilidade de Trauco pode ser arma para o Fla

Miguel Trauco, jovem revelação do campeonato peruano, chegou ao Flamengo após indicação de seu companheiro de seleção (e também ídolo) Paolo Guerrero, com o objetivo de ser reserva imediato de Jorge, porém, com a saída do ‘garoto do ninho’ para o Mônaco, Trauco logo assumiu a titularidade do rubro-negro.

Apesar da desconfiança inicial, por conta do baixo nível técnico do campeonato que o lateral disputava, ele não sentiu o peso da camisa, marcando gol e dando assistência para Paolo Guerrero já em sua estreia (na ocasião, batemos o Boavista por 4×1). Com a sequência de boas atuações, Trauco vem conquistando a torcida com seu forte apoio ofensivo, além de técnica considerável, o que permite ao jogador ser escalado mais a frente, como meia.

A versatilidade do peruano foi um dos trunfos do Fla na vitória contra o Furacão, válida pela 3º rodada da liberdadores, onde foi escolhido para jogar improvisado, substituindo Mancuello, que passou mal a poucos instantes do jogo. Jogando mais avançado, Trauco deu o lançamento que originou o primeiro gol da partida, marcado pelo compatriota, Paolo Guerrero. Contra o Botafogo, o camisa 13 foi novamente deslocado para o setor ofensivo no decorrer da partida, opção do técnico Zé Ricardo para aproveitar posse de bola e qualidade de passe do Miguel.

Sem o principal jogador do elenco, o Fla precisará se superar para voltar do Paraná com os três pontos, e Trauco pode ser uma peça-chave para o sucesso do rubro-negro carioca.

Veja também

  • trauco é um bom acerto do centro de inteligência…. queria ver um jogador muito bom q seja novo br sendo axado

Comentários não são permitidos.