Sem caô: Guerrero enriquece trajetória com primeiro título como rubro-negro

Maior artilheiro de sua seleção nacional. Um gol que valeu título mundial. O carinho de um país e das duas maiores torcidas da terra do futebol. Paolo Guerrero é um jogador destinado a fazer história.

Contratado em 2015, não precisou nem de 24 horas para marcar seu nome com o Manto Sagrado. No dia seguinte à sua apresentação, marcou um gol e deu uma assistência na primeira vitória do Flamengo contra o Internacional no Beira-Rio em 13 anos.

Resistiu a críticas sempre da mesma forma: balançando as redes. Mesmo quando não marca gol, é reconhecido pela infinita raça. Jamais desiste de um lance. Guerrero é a torcida do Flamengo em campo.

Em 2016, novamente marcou seu nome na história rubro-negra ao terminar o ano como artilheiro da equipe, com 18 gols – igualando a marca de 2013, que foi a melhor de sua carreira. Foi o primeiro estrangeiro a alcançar o feito desde Petkovic, que o fez em 2000.

No atual ano, vive fase que é apontada por muitos como a melhor de sua vida. Em apenas cinco meses, já anotou 13 gols em nove jogos. Em nenhuma delas o Flamengo saiu derrotado – são oito vitórias e um empate. É o jogador do atual elenco com maior número de gols vestindo o Manto Sagrado – são 34 em 80 jogos, números que o colocam como sexto maior artilheiro estrangeiro da história rubro-negra.

Neste início de ano, mostrou sua cara. Sempre bem colocado, dono de domínio de bola inigualável e chute sempre perigoso. Com a lesão do armador Diego, mostrou inteligência e comprometimento e se desdobrou em duas, três funções em campo. Seu primeiro título com a camisa do Flamengo vem também com uma importante marca pessoal. Guerrero é o artilheiro rubro-negro no ano e lidera a tabela do Campeonato Carioca, com dez gols na competição.

Não à toa, é hoje um dos maiores ídolos da Maior Torcida do Mundo, que sempre o apoia com alegria e torce para que o Campeonato Carioca de 2017 seja apenas a primeira de muitas outras glórias que viverá com o Flamengo.

Fonte: Site Oficial

Veja também

  • Das duas maiores? Com a diferença de uma torcida para a outra, vcs só podem dizer da primeira e da segunda maior torcida. Parem de colocar os paulistas nas costas do Flamengo.

  • Que triplique essa marca

  • Parabéns Guerreiro, mais gols assistências e títulos em 2017.
    SRN

Comentários não são permitidos.