Conmebol estende prazo para trocas na Libertadores e na Copa Sul-Americana

A Conmebol resolveu mais uma vez modificar os regulamentos da Copa Libertadores da América e também da Copa Sul-Americana.

Na quinta-feira da semana passada, a entidade já havia anunciado a liberação para que os clubes pudessem trocar não mais apenas três, e sim até seis jogadores da lista inicial de inscritos para as oitavas de final da Libertadores e para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

Agora, além disso, a Conmebol resolveu dar mais tempo para que os clubes possam buscar reforços no mercado e estendeu o prazo final para a entrega das listas para até 48h antes do duelo de volta das respectivas fases de cada torneio.

Com isso, o Palmeiras, por exemplo, terá até o dia 7 de agosto para fechar seu grupo. Antes, o alviverde, um dos mais fortes do continente financeiramente, tinha até a próxima segunda-feira para definir suas trocas, já que a partida contra o Barcelona-EQU está marcada para a quarta-feira da próxima semana e o confronto de volta acontecerá dia 9 de agosto.

O Santos, outro paulista que segue vivo na briga pelo título, terá uma situação ainda melhor que a de seu rival no Estado, pois enfrentará o Atlético-PR apenas dia 10 de agosto pelo jogo de volta das oitavas de final, o que dá tanto ao Peixe quanto ao Furacão um dia a mais no mercado.

O Corinthians, que enfrenta o Patriotas nessa quarta pela segunda fase da Copa Sul-Americana, já havia fechado suas inscrições, mas agora volta a ter a oportunidade de mexer no seu elenco até o dia 24 de julho.

Vale destacar que as seis trocas não precisam ser feitas de uma só vez. Os clubes podem, por exemplo, formalizar três trocas antes do duelo de ida e três trocas após esse confronto, desde que aconteçam com até 48 horas de antecedência ao jogo da volta.

Até o momento a Conmebol não se manifestou sobre a segunda janela usada pelos clubes para substituir atletas inscritos. Dessa forma, segue valendo o direito a três trocas antes das semifinais das competições.

Fonte: Espn

Veja também

  • Concordo com essa questão de prazo e número de jogadores, mas não concordo com mudanças no regulamento no meio da competição, a não ser que todos os times participantes fossem consultados e aprovassem a mudança de forma unânime. Mudanças dessa forma prejudicam o planejamento dos times e beneficia os times em melhor situação financeira.

  • Decisão correta, todo os jogos deveriam ser passíveis de trocas de atletas relacionados, desnecessário criar um prazo pra prejudicar a parte técnica da competição.

  • Pessoal,

    Não sei como é o regulamento da Champions em relação a esse item mas, desde que não possa contratar um jogador que já tenha feito um jogo pela competição, só vejo valorização do produto futebol nessa decisão.

    Enquanto na Copa do Brasil temos o regulamento que temos.

    Entendo que o Departamento de Futebol do Flamengo deveria se reunir e traçar um planejamento para as 3 competições que restam ao longo do ano.

    Nesse Planejamento algumas coisas têm de ser definidas tais como (mas não limitadas a):

    – O Conca vai ser efetivamente utilizado? Em caso positivo, ele tem de ganhar algum ritmo de jogo entrando aos 20 a 25 minutos do segundo tempo para que possa ser o efetivo substituto do Diego nas outras competições. Alguém acha que vai ser produtivo colocar o Diego para jogar todos os jogos quarta e domingo?

    – o Macuello está no elenco ou não? Está contundido? Em caso positivo, qual é a contusão? Qual é o prazo de retorno? Em caso negativo, está sendo negociado?

    – Ronaldo e Rômulo vão ser efetivamente utilizados? Então vamos dar ritmo de jogo e fazer mais um mimo ao MA que depois daquela infeliz declaração de comemoração da eliminação no ano passado disse que iria poder descansar. Deixe-o descansar para os outros jogarem e ganharem ritmo.

    – Mesma coisa para Ederson, Vizeu e Leo Duarte. No caso do Vizeu, o Guerrero já disse em entrevista que precisa fazer durante a semana um trabalho específico de força para que seu futebol possa render. Ele também disse que não consegue fazer esse trabalho jogando quarta e domingo.

    SRN

    • Fala André, concordo com tudo!
      E, para essas perguntas, só há uma pessoa que pode nos responder:
      a) Dilma
      b) Lula
      c) Moro
      d) Papai Noel
      e) Zé Ricardo

      • Ruy,

        Já que eu venho colocando tem um tempo que deve ter ingerência de empresários em algumas decisões do Departamento de Futebol – Damião para mim é um caso clássico na parceria Doyen/ Carabao – então entendo que o Rodrigo Caetano também tenha uma boa parcela de responsabilidade na resposta.

        Agora posso estar errado também e ser tudo cisma do Zé Ricardo.

        SRN

        • Pensando numa teoria da conspiração, porque o Zé Ricardo não participa de nenhum programa esportivo?
          Estão escondendo o cara por quê?

          • Boa lembrança a sua, Ruy.

            Bem que poderia ter uma cadeira no curso de treinadores da CBF. Márcio Araújo – mito ou não? 😀

            SRN

  • Comebol dando mais prazo para o river plate e com isso está ajudando os clubes brasileiros.
    Não se iludão achando que ela está a favor dos brasileiros, essa libertadores já está encomendada ao river!

    • São nove vagas possíveis aos brasileiros na Libertadores, nenhum outro campeonato tem um G-6.

    • Conmebol tá ajudando o nível do torneio com isso, coisa que a CBF deveria fazer
      Vai favorecer os times que tem mais poder econômico, o que eu não acho nada de mais

  • Federação Paulista agindo na Conmebol kkkk

Comentários não são permitidos.