Fla reencontra Luxa e visita o Sport para voltar a vencer no Brasileirão

Em um duelo de rubro-negros, o Flamengo visita o Sport nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Ilha do Retiro, em Recife (PE), em confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo vai marcar o reencontro do time carioca com Vanderlei Luxemburgo, técnico do clube rubro-negro e que nunca escondeu ser flamenguista.

O treinador, porém, não vem atravessando um momento de facilidade, pois estreou sendo eliminado pelo Botafogo na Copa do Brasil e no fim de semana, já pelo Brasileirão, caiu para o Avaí por 1 a 0 e, com quatro pontos, flerta com a zona de rebaixamento.

Já o campeão carioca é o 12º colocado com seis pontos e está invicto, mas não vence desde a segunda rodada. O clube rubro-negro vem de empate sem gols com o Botafogo e antes empatou com o Atlético Paranaense em 1 a 1.

A partida desta quarta-feira é tratada como perigosa pelos flamenguistas, porém, eles prometem uma postura ofensiva.

“Nós estamos em um momento da competição que precisamos engrenar para chegarmos nas primeira colocações o mais rapidamente possível. Não podemos ficar adiando isso, pois o grau de competitividade é muito grande e os três pontos ganhos agora valem a mesma coisa que os disputados nos três últimos meses do ano. Sendo assim, não podemos nos intimidar com o fato de atuarmos como visitantes”, disse o lateral-direito Pará.

A ofensividade, porém, não tem nenhuma ligação com um possível desrespeito ao Sport, já que a má campanha do time pernambucano é minimizada pelos lados do Ninho do Urubu. Determinação do próprio técnico Zé Ricardo.

“Não existe isso de facilidade por conta da posição do adversário na tabela de classificação. O que temos percebido neste Campeonato Brasileiro é um equilíbrio muito grande e qualquer coisa pode acontecer. O Flamengo está sempre preparado para enfrentar o pior jogo possível, pois esse ano tem mostrado que o grau de exigência tem ficado cada vez mais alto. O Sport é muito forte dentro de casa e com certeza é um time que está crescendo com as dificuldades”, disse o treinador.

Em termos de escalação, o Flamengo está indefinido, inclusive porque o meia Diego, recuperado de cirurgia no joelho direito, pode virar titular. Nesse caso, ele assumiria o lugar de Ederson.

O lateral esquerdo Miguel Trauco e o atacante Paolo Guerrero desfalcam a equipe pelos próximos três jogos, porque estarão servindo à seleção peruana em amistosos internacionais. Assim, Renê assume a lateral esquerda e Leandro Damião será o comandante de ataque. O meia argentino Darío Conca, que faltou ao treino de sábado insatisfeito por não estar sendo relacionado, não será mais uma vez incluído.

Pelo lado do Sport, o técnico Vanderlei Luxemburgo pediu ao seu time uma postura vencedora.

“O Flamengo tem um grande time, mas vamos jogar em casa e temos que ter a atitude de quem deseja vencer e mudar de vez a história do Sport no Campeonato Brasileiro, pois dependemos apenas de nós. Vamos a campo com o pensamento de que a vitória é o único resultado que pode ser considerado interessante dentro dos nossos domínios. Confio no grupo”, disse Vanderlei.

O lateral-direito Samuel Xavier, recuperado de um estiramento muscular na coxa direita, reaparece na vaga de Fabrício. Na lateral esquerda, o volante Patrick será improvisado na vaga de Eugenio Mena, que está com a seleção do Chile que se prepara para a disputa da Copa das Confederações. O meia Diego Souza, com a seleção brasileira para a disputa de amistosos internacionais, vai ser substituído por Everton Felipe.

Fonte: ESPN

Veja também

  • ” Flamengo está sempre preparado para enfrentar o pior jogo possível,
    pois esse ano tem mostrado que o grau de exigência tem ficado cada vez
    mais alto.”
    “O Flamengo tem um grande time”

    Nada como um dia após o outro não é Pofexô?
    A mesma diretoria que não entendia de futebol tem o time por ela montado elogiado pelo senhor.

  • sem mimimi vai ser
    Mureta
    Para, Rever, Juan, Rene
    Arao, Marcio Araujo
    Ederson Diego, Everton
    Damiao

  • O Natural é Ederson de cara e Diego no segundo tempo. Os dois em campo de preferência. O negócio é que deve ser a mesma coisa: Muralha, Rever, **Vaz (Juan foi bem, mas o Zé é capaz de escalar o Vaz), Pará (Rodinei deveria ir)***MA (não sai nem fodendo, podendo entrar com (Cuellar e Ronaldo), Arão, Renê, Everton, Damião…nada de novo creio. A mesmice de sempre.

    Eu imaginava: Muralha, Rever, Juan, Rodinei e Pará (Rodinei como um ponta), Ronaldo e Cuellar (melhor saída de bola)Renê e Everton, Damião e Ederson.

  • Luxa já sabe como o Flamengo vai jogar, esse Zé Ruela é muito previsível.

  • “Vamos jogar ofensivamente, acho que vou só colocar 3 laterais e 3 volantes”, Ricardo, Zé.

Comentários não são permitidos.