“Como derrotas e ganância fazem ‘magos das contas’ do Flamengo errarem em previsão”

Resultados decepcionantes em campo e ganância vão fazer com que a diretoria do Flamengo, comandada por Eduardo Bandeira de Mello, não acerte uma previsão justamente em área onde tem a eficiência que falta para conseguir títulos.

Já em debandada nas últimas rodadas do Brasileiro, onde tem chances remotas de título, a torcida flamenguista terá ainda menos motivos para ir aos estádios nos seis jogos como mandante que o clube vai fazer depois da derrota na final da Copa do Brasil para o Cruzeiro.  Podem ser também mais três jogos pela Sul-Americana, onde o Flamengo tem média de público pífia.

Assim, o Flamengo deve ficar longe da meta de bilheteria que a diretoria traçou para 2017. Em seu orçamento, os cartolas estimaram que o clube iria arrecadar R$ 61,233 milhões com a venda de ingressos. A temporada está terminando, e até agora só entraram R$ 41,1 milhões nos cofres.

Mantida a média dos jogos do Flamengo no Brasileiro, de R$ 791 mil, o clube poderia ter outros R$ 4,76 milhões. Mas esta já é uma fotografia antiga. Nas últimas rodadas, o clube está tendo prejuízo na Ilha do Urubu: contra o Sport, arrecadou apenas R$ 243 mil.

Mesmo que vá até a final da Sul-Americana, é difícil imaginar que o Flamengo chegue perto dos R$ 50 milhões em renda bruta, ou um erro de 20% na previsão de Bandeira de Mello e seus subordinados (imagine se você tiver um rombo desse tamanho nas suas contas pessoais).

Culpa de um time que não consegue ganhar competições importantes e de uma diretoria que não é capaz de ter um equilíbrio entre o que oferece e preço. O Flamengo não consegue encher metade de um estádio onde cabem só 20 mil pessoas. E mesmo assim cobra um ingresso médio que ultrapassa os R$ 60, enquanto o São Paulo enche o Morumbi cobrando, em média, R$ 25.

Não vão dizer, pelo menos neste ponto, que são os craques das contas do futebol brasileiro.

Reprodução: Paulo Cobos/ ESPN

  • Só vergonha….temporadas 2016/17 quero esquecê-las…

    • 2013 fuga do rebaixabento com caso Portuguesa, 2014 perda da vaga na Libertadores dentro do Maracanã para o poderoso León, 2015 3 anos de jejum de títulos… acho que quero esquecer mais tempo ainda.

  • O problema foi não ter mandado Ze Ricardo embora no final do ano passado e contratato um técnico cascudo. Resultado, foi fazer isso no meio das competições. E ainda existe o perigo de nem se classificar pra Libertadores no que vem.

    • Agradecia a grande colaboração prestada e partia pra outro.

  • estimativa era tanto mas vai cair nos cofres tanto, não esta ruim. o problema do flamengo foi abdicar do brasileirão.

  • A gente não ganha títulos de expressão só não…A gente não ganha de nenhum time grande só dos pequenos é médios.

  • Enquanto isso no G1…palmeiras de olho em Lucas Lima e procura Ricardo Goulart…o flamengo e muito devagar,não chegará ninguém em 2018, só meio de ano ou de graça…

  • Contas em dia e títulos de expressão em falta, este é o Flamengo atual!

    • Ah sim, então antes com as contas em atraso ganhávamos diversos títulos de expressão ???

      • Sou torcedor, viso títulos. Quem preocupa com contas é Diretor Financeiro.

  • É a mais pura verdade..

Comentários não são permitidos.