Ederson se aproxima do terceiro ciclo da quimioterapia

O meia Ederson segue tratando o câncer no testículo e, semana que vem, encerra o segundo dos prováveis três ciclos da quimioterapia. O jogador, que foi diagnosticado com a doença há dois meses, visitou o Ninho do Urubu nas últimas semanas e realizou alguns trabalhos no CT.

Cada ciclo de quimioterapia dura três semanas. O jogador tem reagido bem as sessões e ganhado algumas regalias com isso, como ir ao Maracanã na final da Copa do Brasil, ato que seria difícil por conta da imunidade baixa do atleta.

Ederson também tem conseguido fazer mais trabalhos no CT do clube. Ele é liberado para ir nas semanas em que não faz quimioterapia.

Quando acabar os ciclos da quimio, que deve demorar mais um mês e meio, o câncer será examinado para saber se ele regrediu ou não e se será necessário outra cirurgia. Ederson foi operado no fim de julho.

Veja também

  • Bom jogador, apesar de ter passado quase todo seu contrato com FLA no estaleiro, e por derradeiro esse câncer, só espero que o EBM e sua brilhante ADM não a manche, veja se ele poderá continuar jogando, caso contrário, ao termino do contrato enquanto ele estiver se tratando der todo apoio ao jogador. Se ele sair, cumpra a Lei, não deixe espaço para uma futura ação.

Comentários não são permitidos.