De olho no rival: técnico do Independiente era treinador de hóquei há dois anos atrás

É inegável o peso da camisa do Independiente em competições continentais. O time que decide o título da Copa Sul-Americana contra o Flamengo acumula grande histórico de conquistas, porém, o seu treinador, Ariel Holan, não tem um passado tão significante assim no mundo do futebol.

Com 57 anos de idade, o técnico está a apenas dois no esporte. Antes, Holan era técnico de hóquei, chegando a conquistar títulos importantes, como Bronze no Pan-Americano de 2003, comandando a seleção uruguaia.

Sua migração para o futebol ocorreu em 2015, quando assumiu o comando do Defensa y Justicia, modesto time argentino. Sua chegada ao Independiente se deu no fim de 2016, após período conturbado da equipe.

Resultado de imagem para ariel holan defensa y justicia

Ariel falou sobre como foi sua mudança de esporte, ressaltando que, apesar de trabalhar em outra modalidade, estava pronto para a oportunidade.

“Eu não me levantei bêbado numa manhã e disse que queria ser técnico de futebol. Levo dez anos trabalhando para chegar a esta oportunidade”, disse ele.

Nesta quarta (13), Holan tem a missão de segurar o resultado (vitória por 2 a 1) conquistado em Avellaneda para levar o título à Argentina, mas para isso, enfrenta o Flamengo no Maracanã, que vem motivado para o duelo e terá mais de 60 mil vozes o apoiando nas arquibandas.

Veja também

  • E o Rueda tomou um nó tático aos 33 do primeiro tempo com a entrada do Albertenco. Parabéns aos envolvidos. Obrigado Bandeira.

Comentários não são permitidos.