Presidente do Emelec fala sobre Libertadores de 2018 e planejamento para enfrentar o grupo 4 do Flamengo

O presidente do Emelec, Nassib Neme deu uma entrevista ao jornal equatoriano Expresso e falou sobre a dificuldade do grupo 4 da Libertadores 2018. Ele admitiu que é um grupo muito difícil e que Flamengo, River Plate e um dos classificados na fase preliminar vão dar trabalho. Porém, ressaltou que muitos querem vencer o torneio todo ano, portanto, é importante estar preparado para as dificuldades desde o início.

O grupo 4 é muito difícil, mas, se quisermos chegar longe, precisamos enfrentar dificuldades desde o começo. Há muito a fazer. Vários clubes pelo mundo tentam vencer ano após ano e serem o melhor. Nenhum se cansa, sempre querem ser campeões e continuar construindo uma grande história -, declarou o dirigente.

O presidente do clube de Guayaquil também comentou sobre os setores em que a equipe, atual campeã do Equador, será reforçada e ainda falou sobre possíveis saídas do clube. Neme disse que as propostas não vêm agradando e que o elenco está muito focado em defender o Emelec no maior torneio do continente.

Queremos um goleiro equatoriano com experiência, e, se não conseguirmos, vamos buscar em clubes do exterior. Inclusive poderá acontecer de não ocuparmos as quatro vagas para estrangeiros. Sobre possíveis saídas, as propostas não agradam. Os jogadores estão com este desafio importante que é nos levar a uma final da Taça Libertadores da América e sabemos o que é Emelec jogando finais.

Veja também

  • Flamengo pode doar por emprestimo de graça flamengo mesmo paga o salário pro Emelec Mureta, Vaz e MA… de brinde vai o Gabriel Chaveirinho! Ótimo presente de natal! 😀

  • Como tá sobrando vaga para estrangeiros lá, pode vir aqui, temos Araújo, Vaz e Pará. Grande reforço para o Emelec.

  • Podemos ajudar, é Natal mesmo, vamos vender o muretinha para os gringos!

  • Enquanto isso nossa dupla dinâmica banana de Melo e Rodrigo patetão dão entrevista dizendo que se depender deles não haverá caça às bruxas e que Márcio Caramujo e Alex Mureta são injustamente perseguidos pela torcida e que aguardaram até março por Guerreiro pra tomarem uma decisão.

  • Já devem estar contando com 6 pontos em cima da gente

    • Pior kkk

  • Juiz que fala espanhol,que adota cartilha de esquema anti-brasileiros,eles já tem!!!!

  • Eles precisam de um goleiro e jogadores que façam bastante cêra quando estão ganhando para se adequar a cartilha da Commenbol. Na final da Sulamericana o acréscimo de apenas 3 minutos foi algo muito comum quando temos partidas entre brasileiros e estrangeiros jogando no Brasil.

    • Fora o modo como o árbitro conduziu o jogo, parando tudo, emperrando as jogadas, deixando claro que o Flamengo estava jogando também contra ele. É a nova tática dos árbitros desses países: Como não podem mais roubar descaradamente, eles agora empregam várias táticas para deixar claro para os times de que lado ele está.

      • A torcida deveria quebrar esse trio de arbitragem e os caras do VAR no meio ao invés de quebrar o New Maracanan e bater em gente que não tinha nada haver com o resultado da partida. Os caras vêm e roubam descaradamente e saem ilesos.

Comentários não são permitidos.