Rueda valoriza final, mas exige que Fla se afirme no cenário internacional

Na véspera do primeiro jogo da final da Sul-Americana, Reinaldo Rueda concedeu entrevista antes do treinamento de seu grupo em Buenos Aires. Campeão da Libertadores no ano passado com o Atlético Nacional da Colômbia, o treinador destacou a importância de o Rubro-Negro voltar a disputar uma final continental após 16 anos. Para ele, esse projeto com ”veia internacional” precisa ser mantido. Com ou sem sua presença.

– Flamengo está muito bem orientado. Todo o trabalho que a diretoria faz, esperamos que se fortaleça com resultados. Para que o Flamengo possa continuar disputando mais continuamente internacionalmente (…) O time não jogava duas Libertadores seguidas há 10 anos, não jogava final internacional há 16 anos. Não podemos ser conformistas. É um prêmio – disse Rueda.

Flamengo e Independiente fazem o primeiro jogo da decisão, nesta quarta-feira, em Buenos Aires. O confronto será às 21h45 (de Brasília). Na próxima semana, a partida de volta será no Maracanã. Rueda valorizou também a cobrança dos próprios jogadores neste momento chave do ano.

– Por tudo que significa a cobrança da torcida do Flamengo, é uma oportunidade de poder aspirar uma Copa que se torna mais importante na América do Sul, ainda mais contra o Independiente, que é um time histórico da Argentina. Pode ser um motivo para fortalecer um projeto que está em caminho, um projeto que Fla deve seguir. Independentemente de seguirmos ou não no comando do Flamengo – completou o treinador.

Volta de Everton não é confirmada

O técnico do Flamengo ainda não confirmou a volta de Everton, que desfalcou o time nas últimas partidas. Ele irá avaliar o treinamento desta noite na Argentina e tomar a decisão somente no dia do jogo, como de costume.

– Vamos fazer o treino hoje, e eu penso que será muito positivo para o Flamengo a volta de Everton Cardoso. E é gratificante o sucesso de Paquetá, por seu comportamento. É uma decisão para trabalhar hoje e amanhã tomar a melhor decisão – disse.

Sobre a zaga, o treinador também deixou em aberto qual será a dupla utilizada no jogo de Buenos Aires. No fim de semana, pela última rodada do Brasileirão, ele não contou com Juan, Réver e Rhodolfo. O capitão sentiu dores e também não havia jogado a semifinal de semana passada.

– Hoje recuperamos Juan, Réver e Rhodolfo, que atuou muito bem em Barranquilla. Precisamos de experiência forte. Qualquer dupla é garantia para nós nesse jogo – explicou Rueda.

Rueda também foi questionando sobre seu conhecimento sobre o Independiente. Experiente em torneios internacionais, Rueda prevê jogo agressivo e intenso imposto pelos oponentes da decisão.

– O Independiente é muito bom, tem grande dinâmica, super agressivo ofensivamente e com muitas variantes. Desenvolve em altíssima intensidade. Tem todos os méritos para chegar na final – analisou Rueda.

Mais tópicos da entrevista:

Nova final de Sul-Americana após tragédia da Chape:
Lembramos com muita pena o insucesso, foi uma manhã muito triste para todos do futebol e do mundo. Este insucesso nos fez refletir sobre a vida e o valor do adversário, o respeito do adversário. Foi uma situação muito difícil com o presidente do Nacional (entregar o título pra Chape). Diria que não tinha sentido (ficar com o título).

Decisão de dar o título para a Chapecoense no ano passado:
Assim como acabou a vida para Chapecó, Caio Junior e jogadores, acabou para Nacional também. Não tinha por que tentar esse título, por isso a decisão de dar esse título em memória póstuma a Chapecó.

Brasileiros sentem a pressão de jogos decisivos fora do país? 
Os brasileiros sabem muito da pressão da torcida do Flamengo, e os líderes têm consciência disso. Os estrangeiros, como Cuéllar, Mancu, Trauco e Paolo sabem disso. É o caráter que devem ter para jogar no Flamengo.

Importância dos pratas da casa: 
É uma premissa importante no futebol mundial, essa identidade, o DNA do clube. É importante que podemos dar oportunidades a Lucas, Vizeu, Vinicius, Léo Duarte. São jogadores que se identificam com a história e a paixão que edifica e a raça que deve ter o jogo do Flamengo. Cada dia eles têm que melhorar, mas creio que é muito positivo viver isso com eles.

Decidir em casa é melhor? 
O Independiente é muito competitivo, penso que tem um elenco muito competente. Não gosto de falar de individualidades, mas o coletivo deles tem todo o mérito de chegar à final. Eles têm um futebol muito vistoso. Jogo importante para nós não é o jogo de volta, mas sim o de amanhã.

Como diminuir o desgaste do time e, sobretudo, de Diego? 
É uma situação muito difícil para nós, o que significou o esforço de (viajar de) Barranquilla para a Bahia. Graças a Deus pudemos cumprir os objetivos, com vaga na Libertadores e na final. O Flamengo merece, desde sua torcida, diretoria e jogadores. Temos que ser muito cautelosos. O treinamento de ontem foi vital.

O departamento médico é muito importante, e o trabalho de várias disciplinas é muito importante. Diego é um profissional a 500%. Trabalhou muito bem hoje, trabalhou na academia ontem. Certeza que vai estar em bom nível para amanhã.

Estilos de Flamengo e Independiente: 
São dois times que têm DNA muito similar. Sempre foram protagonistas e buscam os jogos, então passa pela boa posse da bola. É preciso ser inteligente. Se quer ganhar, é tratar de se impor. Com boa concentração, podemos buscar o jogo.

Análise do momento:
O clima é outro com certeza, mas no Flamengo sempre tem pressão. Depois do jogo se falou de evitar o conformismo, os jogadores estão se autopressionando. Para Flamengo, não é fácil chegar à final. Flamengo não jogava duas Libertadores seguidas há 10 anos, não jogava final internacional há 16 anos. Não podemos ser conformistas. É um prêmio.

Um ano de trabalho poderia ser desfeito com duas derrotas para Junior e Vitória. Todo o projeto seria acabado. Com todas dificuldades, 12 horas de voo para Barranquilla, depois para ida à Bahia, toda cobrança da torcida do Vitória e vencer é um prêmio.

Fonte: Globo Esporte

Veja também

  • “Não podemos ser conformistas”. Esse entendeu de cara aonde está. Até no hino está escrito: “vencer,vencer,vencer…”. O Flamengo nasceu para vencer e quem vem para esse clube tem que entender isso, dar 1000%, se entregar de corpo e alma, do contrário é melhor nem vir. Nome só não adianta. Rueda vê longe o que os “cegos” do clube não querem enxergar…

  • Esse é o problema, o Flamengo só conseguiu uma vaga na libertadores contra o Vitória, graças a infantilidade do capitão do time deles. Caso contrário estaríamos sendo motivos de zoação dos adversários. Vinícius Junior está demorando muito para entrar e pudemos ver nesse jogo que o pouco tempo em que atuou, participou dos dois gols. Enquanto nosso time não estiver encomendando a zaga dos adversários, eles sempre vão estar jogando com liberdade contra nós. Esses resultados acabam mascarando as deficiências do time em escalações, esquema tático e treinamentos de triangulações.
    O Grêmio de Renato Gaúcho é um bom exemplo de time bem treinado.

  • O que ele quis dizer foi; não há contrato vitalício, logo ele em algum momento sairá e o Flamengo continua. E, o que se espera é que assuma o papel definitivo de protagonista aqui e no continente. VAMOS MEU MENGÃO!!!! SRN

  • Independentemente de seguirmos ou não no comando do Flamengo – completou o treinador. Essa parte eu não gostei

    • Uma pena, mas Ruela pode estar saindo do Mengão 🙁

      w w w. publimetro. co /co/deportes/2017/12/05/reinaldo-rueda-podria-dirigir-al-deportivo-cali.html

      #ficarueda

      SRN

    • Ele quis dizer que lhe pareceu bom o planejamento de longo prazo do Flamengo em relação à parte administrativa e a renovação com a base. Irá sair num dado momento como qualquer outro técnico, pois não tem contrato vitalício.

  • Se Everton cardoso nao jogar e um baita de um reforço! So sabe correr nem cruzar sabe.

    • Sério? Eu acho que ele cruza bem melhor do que qualquer um no Flamengo, o problema é que ele tenta cruzar o tempo todo ao invés de colocar a bola no chão, mas nesse jogo, pode até ser algo bom, considerando que o Independiente não é bom em bola aérea.

    • Nem chutar

    • Rapaz vejo os elogios a EC e não consigo compreender. Também acho que ganhamos quando ele não entra. Mas devo estar errado.

    • joga nada ofensivamente

  • Deixem o homem trabalhar

  • É um bom treinador,porém acho que não é o treinador ideal para o Flamengo. Renato Gaúcho seria um sonho???

    • Não, o Rueda é o cara certo.

    • Rueda e melhor cara comandou selecao e sabe jogar mata mata

    • Prefiro o Rueda, Renato Gaúcho trabalha muito na base do esporro, e considerando as tendências do nosso elenco de criar panelinhas e fazer corpo mole, não acho que daria certo.

    • Será que é tão difícil esperar o cara começar a fazer um trabalho só dele? Só p lembrar: ele pegou os jogadores e o trabalho de outro cara que estava antes dele.

    • Segundo ouvi na espn o trabalho de Renato, apesar de ser bom, é muito escorado numa equipe. Caso viesse sozinho para o Mengo daria conta? Sei não. A verdade é que Rueda pegou a equipe quase no final da temporada. Independente do resultado da sula é preciso dar tempo ao cara.

  • Rueda tá conseguindo mudar o espírito do time,mas tem que parar com essas escalações absurdas. Everton Ribeiro e Rhodolfo são uns dos melhores jogadores do elenco,tem que ser titulares em todos os jogos.

    • Rueda colocou a molecada p jogar. Só isso já conta ponto p ele na minha humilde opinião. Ou vcs acham que o Cesar seria titular hoje com o Zé Ruela?

      • Só não gostei do ruela. Mas concordo contigo.

  • Uma pessoa DIFERENCIADA, é tudo que o futebol Brasileiro precisa, mas paradoxalmente é tudo que alguns seguimentos não querem. Haja visto a reação de muitos , quando da contratação de Rueda. Técnicos corporativistas, parte da mídia, com seus “comentadores” e alguns dirigentes de outros clubes, que agora resolveram mirar o CRF. Assim fica difícil. Força Rueda!.
    SRN

  • Agora falta só a torcida apoiar um pouco mais.

  • Rueda é o Muricy que não veio !!!!!

    • acho q se murycy tivesse os jogadores de hj…..

      • Iria prejudicar o Fla com certeza. Suas convicções atualmente são retrogradas

        • num sei cara, o cara ganhou muita coisa, mesma coisa digo do abel braga….

          • Sim, mas tal como nós e todo mundo tem prazo de validade sempre. SRN

        • muricy com esses jogadores…. ia fazer um estrago, muricy era melhor que o tite cara. 3 campeonatos brasileiros consecutivos e se não me engano ganhou 2 mundiais também com o são paulo posso estar errado.

    • kkkk. Perfeito. Na verdade, na minha opinião o Murici já estava em decadência qdo veio p o Fla e atrasou nossa melhora

  • Pelo menos alguém no Flamengo que parece pensar que não é normal perder, ao contrário da diretoria e de grande parte do elenco.

    • Espero que o Bandeira perceba a qualidade dele e dê carta branca

  • “O time não jogava duas Libertadores seguidas há 10 anos, não jogava final internacional há 16 anos. Não podemos ser conformistas.”
    Aí sim, esse é o espírito que o Flamengo precisava urgentemente.

    • O Rueda não pensa pequeno….e já se mostrou incomodado com o conformismo de alguns jogadores em algumas derrotas….se derem tempo a ele, vai levar o Mengão longe…

      • Isso

    • É o que eu venho falando. Devemos entender que o ano não foi bom, prometia mais, porém não está sendo ruim. É um processo evolutivo. Dinheiro não é garantia de resultado. O que incomoda, de verdade, é aquele jeito passivo apresentado em inúmeros jogos e o futebol “arame liso”, a enorme dificuldade de se criar boas jogadas e fazermos gols.

  • Rueda é um cara muito visionário
    Será um divisor de águas no Fla.
    A nossa base volta a ter oportunidade.
    Firme no cenário internacional.
    Esse cara será muitíssimo importante nessa Mudança e organização no mengão..

    • Ele não é o treinador ideal para o Flamengo,precisamos de um com mais calibre,e principalmente que seja compreendido pelos jogadores 😀

      • Bom era o ze ruela

      • kkkk

      • Gabriel confessa. Tu é Mengão mesmo? Se não for te respeito do mesmo jeito. Eu disse te respeito, não as suas opiniões sobre o Fla

    • Espero que o Bandeira respeite as decisões dele

  • Rueda será gratificado com o título da Sul-Americana desse ano, pelo gesto gentil que realizou com a Chapecoense no ano passado.
    Esse título que ir para você Rueda.
    Bora atletas, joguem pelo Rueda e pela torcida.

    • Taí, não tinha pensado nisso.

  • se for para o Flamengo e a torcida se compararem ao nível de time europeu, tem que manter esse cara.

  • Pra mim, é um dos melhores treinadores que passaram na história do Flamengo. Ele pensa de maneira mais global, muito diferente dos técnicos daqui.

  • é esse o pensamento

  • Treinador que pensa grande e que fala em não ser conformista e isso é muito positivo .E é muito feliz quando diz que o flamengo só vai voltar ao protagonismo internacional jogando essas competições com frequência .

  • Simples. Não adianta achar que vamos ganhar uma competição internacional se disputamos ela de vez em quando. Pra ganhar temos que estar lá todos anos, a libertadores não tem que ser uma meta, tem que ser algo corriqueiro.

    • Exato belo comentario

    • Cara vc nem percebeu, mas o Zico diria o mesmo. Parabéns

    • Pois é. O Grêmio, por exemplo, jogava a competição várias vezes consecutivas.

  • Pode-se criticar ele taticamente e merece ser criticado, mas em relação aos quesitos “não ser banana” e “espírito batalhador” ele tá indo muito bem com esse time faz uns 6 jogos.

    • vc viu o futebol do atletico nacional campeão da liberta? sobretudo contra o são nos 2 jogos?

      • o são? não, tenho mais oq fazer da minha vida que ver jogo de atletico nacional.

        • aquele time jogava mt bola…. troca de passes, contra-ataques mortais, borja inspirado rsrs mas muito em função das características/qualidades dos jogadores…. coisa q o rueda precisa “formar” aqui

  • Rueda tem que ficar o máximo de tempo possível, sempre fez bons trabalhos

  • Melhor parte – “Não podemos ser conformistas”

Comentários não são permitidos.