Bandeira esclarece postura de apoio à implantação do árbitro de vídeo

Na última segunda-feira (05), após votação realizada na sede da CBF, ficou definido que o recurso de vídeo não será utilizado no Campeonato Brasileiro. O Flamengo foi um dos poucos clubes que votou a favor da tecnologia, mesmo tendo que arcar com determinados custos. O presidente do rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello esclareceu a posição.

– O Flamengo é a favor do VAR (Virtual Assistent Referee). Queremos a implantação e tecnologia. Entendemos que não resolve todos os problemas. O Flamengo entendia que seria razoável que CBF arcasse com os custos da implantação do sistema, dado o que é uma tecnologia de vanguarda e experimental -, disse o mandatário.

Bandeira ainda fez questão de citar que, mesmo com a superioridade dos votos contra a implantação do recurso na reunião, a partir do próximo ano, o VAR deve ser implantado.

– Respeitamos a posição da CBF e dos clubes que entenderam que os custos seriam insuportáveis neste momento. O Flamengo estaria disposto a arcar, tanto que votou a favor, junto com outros seis clubes. Esse ano, ficou restrita à Copa do Brasil mesmo, e em caráter definitivo fica para o ano que vem no Brasileiro.

Veja também

  • Os que foram contra a implantação do VAR são os mesmos que vivem acusando o Flamengo de ser beneficiado por erros de arbitragem. Isso só realça o nível de pilantragem dos cartolas brasileiros.

  • Eu sou a favor do VAR, mas da forma apresentada sou totalmente contra. Inclusive foi apresentada assim justamente para não ser aceita.
    Pelo menos vai haver na Copa do Brasil.

  • No mundo todo está dando certo, sem problemas, só aqui no país do “atraso” é que tem toda essa falácia…Quem tem medo é porque sabe que terá que se deparar com a VERDADE. É muito cômodo ter um erro do juiz para justificar os fracassos, é bom ter um (bode Expiatório). O negócio é que a CBF jogou a bomba e já sabia que não ia dar em nada. Tudo dentro do Script. O negócio é permanecer no atraso e na escuridão (aonde se decidem as coisas como gosta a CBF) e muitos presidentes de clubes acostumados à maracutaia. Um já está de volta inclusive (sabem quem é né).
    Enquanto prevalecer a mentalidade clubista, não tem como mudar e pelo visto…cambada de papo furado e nada mais.

  • Corinthians foi o primeiro e votar contra! Será pq?

    • Sabe que nem consigo imaginar o motivo.

      • Nem eu…

    • Pergunta do Milhão e olha quem está de volta ao Gambá…Ele já disse “temos que retomar a influência que tínhamos na CBF…” Já viu né”.

      • Dificil essa pergunta…

    • Pelo mesmo motivo pelo qual ganhou do “nove dedos” um estádio pago com propina da Petrobras, um título brasileiro que, por direito, pertencia ao Internacional e outras centenas de maracutaias. Com o recurso de vídeo os juízes teriam que voltar atrás cada vez que “se enganassem” em benefício daquele clube de m…

Comentários não são permitidos.