Douglas Costa admite que Grêmio ‘jogou para perder’ em partida que levou o Fla ao título do Brasileirão de 2009

Em arrancada histórica com Adriano Imperador, Petkovic e cia, o Flamengo conquistou o título do Brasileirão de 2009. A última e decisiva partida foi contra o Grêmio, na qual o Mengão venceu por 2 a 1. Nove anos após o confronto, o ex-tricolor, Douglas Costa, admitiu que sua equipe ‘jogou para perder’, pois o Internacional era o grande concorrente do Fla na disputa pelo título.

A confissão do meio campista foi feita durante entrevista concedida ao canal Pilhadosdo jornalista Thiago Asmar. Segundo o atleta, vencer o confronto seria ruim para sua reputação com a torcida tricolor. O Grêmio não chegou a ‘entregar’, entretanto, diminuiu o ritmo, garante Douglas.

– A gente foi com o time reserva, a gente jogou e nos primeiros 45 minutos a gente fez um gol e terminou 1 a 1 o primeiro tempo. No intervalo, chegou a notícia que o Inter estava sendo campeão com aquele resultado. A gente trocou umas peças dentro de campo, mas imagina a gente com o time reserva vence o melhor time do Brasil naquele ano que era o Flamengo e dando o título para o Inter ainda? Como que ia ficar? Como ia ficar eu com o meu Tricolor? Ia ficar manchada. Eu dava umas pedaladas para cá outras para lá, mas tudo longe do gol. Não dava… é um jogo difícil de entrar em campo. Não podia entregar porque fica feio, mas tem que jogar para não ganhar. No final deu tudo certo né? 2 a 1 Flamengo, todo mundo comemorou, tudo certo -, disse ele.

Resultado de imagem para DOuglas Costa Gremio 2009

O duelo ainda contou com dois heróis improváveis: David Braz e Ronaldo Angelim, ambos, zagueiros que não eram tratados com unanimidade, marcaram os gols do duelo que garantiram o hexacampeonato rubro-negro.

Veja também