Fla domina o Boavista e conquista título da Taça Guanabara

Flamengo e Boavista entraram em campo com o objetivo de sair como campeão da Taça Guanabara. O rubro-negro chegou como grande favorito, entretanto, a equipe de Saquarema não se intimidou e começou a partida de forma ofensiva.

As duas primeiras finalizações da partida foram do Boavista, com Erick Flores e Leandrão. Ambas não foram na reta do gol, mas assustaram o goleiro César. Após isso, o Flamengo passou a ter certo domínio do jogo.

As melhores chances de gol do Fla, por sua vez, foram com Henrique Dourado e Diego. O centroavante recebeu belo cruzamento do camisa 10, mas cabeceou sem direção e foi longe do gol. Enquanto a chance de Diego foi bem mais clara. O meia aproveitou sobra e, perto da marca do pênalti, encheu o pé para tentar abrir o placar. A bola superaria o arqueiro adversário, mas a zaga apareceu bem e cortou o chute na pequena área.

O primeiro tempo acabou sem grandes chances de gol para os dois lados. Apesar disso, foi um jogo com dois times buscando a superioridade no placar.

Para iniciar a etapa complementar, o técnico Paulo César Carpegiani sacou o lateral Pará, que fez nova atuação abaixo do esperado, e colocou Rodinei em campo.

Aos cinco minutos do segundo tempo, Henrique Dourado teve grande chance para ‘ceifar’, mas desperdiçou a oportunidade. Everton Ribeiro fez ótimo cruzamento e encontrou o centroavante livre, na pequena área. O camisa 19 entrou cabeceando, mas mandou para fora.

Quando o relógio marcava 15 minutos, Carpegiani atendeu o pedido da torcida de chamou Vinicius Júnior para o jogo. O camisa 20 entrou no lugar de Lucas Paquetá, que estava chamando a responsabilidade no meio campo.

O rubro-negro passou a ter mais superioridade na partida e, enfim, abriu o placar, contando com um pouco de sorte. Após bola alçada na área, Réver cabeceou tentando ajeitar para Dourado e Vinicius Júnior, que chegavam de trás. O zagueiro do Boavista, Cadu Fernandes, tentou cortar, mas desviou contra a própria meta e fez gol contra.

À frente no placar, o Flamengo seguiu com o domínio da partida, buscando o segundo gol, que saiu dos pés de Vinicius Júnior. Everton Ribeiro mandou passe por elevação e o garoto tocou de leve na bola, que morreu no cantinho.

Com o placar confortável, a torcida do Fla começou a soltar o grito de “é campeão”, além de provocar o Botafogo com o famoso canto do ‘chororô’. Com o triunfo, o Mengão chegou a seu 21° título da Taça Guanabara e está garantido na semifinal geral do Campeonato Carioca.