Estreia do Fla na Libertadores foi afetada por erros de arbitragem, declarou Henrique Dourado

Uma estreia no mínimo melancólica, assim foi a primeira partida do Flamengo na Copa Libertadores da América de 2018. O empate de 2×2 com o River Plate reascendeu antigas dúvidas e questionamentos da imprensa e principalmente da torcida. Os jogadores sentiram o resultado negativo, já que um dos pré-requisitos da competição é o aproveitamento das vitórias em casa. Henrique Dourado falou sobre esse sentimento logo após o jogo, e lembrou que isso não pode desviar o foco do objetivo do Fla.

– Saímos daqui chateados pelo empate, vamos buscar evoluir e ganhar os 3 pontos em cima do Emelec. Mas não podemos olhar só por esse lado, Libertadores é isso, dificilmente todos ganham os 3 pontos. Temos que continuar com nosso foco, nosso objetivo e não deixar isso nos atrapalhar para que possamos buscar os 3 pontos fora de casa.

O Ceifador ainda ressaltou que a ausência da torcida rubro-negra foi sentida pelo time. A pressão que a magnética faz sobre a arbitragem e o estímulo que dá aos seus jogadores fizeram falta e que apesar de não gostar de falar sobre a arbitragem, foi nítido que a do jogo contra o River interferiu no resultado.

— Certamente teríamos casa cheia se tivéssemos um jogo normal. É diferente porque sabemos a pressao que nossa torcida faria em cima da arbitragem. Pelo que acompanhamos no vestiário, o primeiro gol deles foi impedido e isso atrapalhou nosso trabalho. Não gosto muito de falar de arbitragem, mas isso afetou o resultado -, concluiu Dourado.

O próximo compromisso do Mais Querido na Libertadores é contra o Emelec, fora de casa, no dia 14, às 21h45. Antes disso, o Flamengo joga o clássico contra o Botafogo, neste sábado (03), no Engenhão, às 17h (horário de Brasília), em partida válida pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

  • Arbitragem e erros individuais tbm

  • Isso não é desculpa!!!!!!! Isso é libertadores… O problema do Flamengo é só um: RC, o dia que este sr sair do clube e com novas contratações o clube vai sim conquistar titulos. Esse cara tem o dedo podre pra jogador, e enquanto ele esta na frente das negociações, quando vejo a torcida pedir lateral e zagueiro, mé da 200 tipos de medo…

Comentários não são permitidos.