Polícia diz que campeão da Copinha pelo Fla foi baleado por traficantes

Michel Lorran teve um início avassalador em 2011, quando foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Juniores. O atleta, que chegou a ir para a seleção de base do Brasil e ganhou elogiou de Ronaldinho Gaúcho, se afastou dos holofotes e agora defende as cores do São Paulo-RS. Na última semana, o ex-jogador do Flamengo foi atingido por uma bala e está internado em um hospital de Canoas, no Rio Grande do Sul.

Michel estava comendo numa lancheria, no centro da cidade gaúcha. Encostados em um Hyundai Azera, eles comiam na Lancheria  Skillus, na cidade gaúcha. A janela de outro carro se abriu e o barulho de tiros criou pânico no local. Lorran não era o alvo das balas, mas foi atingido na panturrilha após correr.

A delegada Carolina Terres afirmou que Lorran não é criminoso e acabou envolvido na guerra de facções do Rio Grande do Sul. Ela classificou o meia como “um guri bobo”. Contou que o jogador estava morando na casa do traficante havia dez dias: “Ele foi apresentado (a Piriquito) por um do futebol. Viu um cara com grana, relógios, carro e saindo para festa todas as noites. Mas ele não participava (do tráfico). Foi só ingenuidade“.

A assessoria do jogador informou ao portal UOL que não há maiores informações sobre o estado de saúde dele. Explicou que o hospital passa detalhes apenas a família e que o pai de Lorran, que mora no Mato Grosso, chegaria a Porto Alegre somente na última noite. O que se sabe é que o meia está tranquilo quanto a continuidade de sua carreira.

Veja também

  • Opa, envolvido com traficantes? TRAZ de volta, pq esse time de bons mocos do mengão, tá fueda!!!

Comentários não são permitidos.