Diego Alves comenta importância de vencer o Vitória e fala sobre Barbieri: “O Guardiola começou novo também”

O Flamengo demitiu o então técnico Paulo César Carpegiani depois da eliminação do clube no Campeonato Carioca para o Botafogo e ainda não contratou um outro comandante para o seu lugar. O auxiliar Mauricio Barbieri, que fora contratado no início deste ano, assumiu o posto interinamente. O goleiro Diego Alves, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (13), falou sobre diversos temas, entre eles, comentou o início de Barbieri à frente da equipe rubro-negra e falou também sobre a estreia do Fla no Campeonato Brasileiro, neste sábado (14), contra o Vitória.

Para o goleiro, a idade de Mauricio, que tem 36 anos, não é um problema. Inclusive, o jogador chegou a lembrar de Josep Guardiola, comandante do Manchester City, que começou sua carreira de treinador bem cedo. Com isso, Diego falou sobre a necessidade de iniciar com o pé direito na competição nacional e frisou que essas duas semanas “de folga” foram muito bem aproveitadas pelo elenco.

A idade, no meu ponto de vista, não tem muito a ver. Depende muito da característica do treinador e da forma de trabalhar. O Guardiola começou novo também e isso depende da característica de cada um. O resultado é o que direciona o trabalho do treinador aqui no Brasil. Posso dizer que essas duas semanas foram bem aproveitadas, o time se preparou bem, trabalhou fisicamente. Tem que começar com o pé direito contra o Vitória, pois sabemos que o Campeonato é longo, mas o primeiro turno é muito importante —, disse o goleiro.

Diego Alves ainda foi questionado sobre a importância de vencer na estreia do Campeonato Brasileiro. Segundo o arqueiro, é muito importante sair com a vitória, afinal, é sempre bom iniciar o torneio nacional com o resultado positivo. O camisa 1 lembrou da troca de técnico e declarou que o Barbieri conseguiu devolver ao plantel rubro-negro a confiança de outrora.

É de extrema importância (vencer). Até mesmo porque é sempre bom iniciar o Campeonato Brasileiro com vitória. Nosso time vem de troca de treinador e esse tempo com o Mauricio a gente conseguiu voltar para aquela confiança que nós tínhamos sempre. Estamos contentes, estamos confiantes. Esperamos fazer uma boa estreia no Brasileirão e sair com os 3 pontos —, concluiu o jogador.

A equipe realizou na manhã desta sexta-feira (13) o último treinamento visando a partida contra o Vitória, que terá início às 19h deste sábado (14). O confronto é válido pela primeira rodada do Brasileirão e o embate será disputado no Estádio Barradão. Você acompanha a narração e os comentários, ao vivo, na TV Coluna do Flamengo.

Veja também

  • Depois de vários fracassos em campo e o Derrota de Melo pedindo ajudinha ao elenco só nos resta torcer para o Flamengo vencer o Vitória no sábado. Iniciar com 3 pontos e buscar os 42 restantes para o ano não acabar em tragédia.

  • No Brasil todo técnico é interino, comecc um campeonato e logo começam a dança das cadeiras, salvo exceções dos clubes que ganham os títulos. Renato Gaúcho, Carille e Mano Menezes.

  • Dane-se quem treina o time eu quero é vitória dentro de campo, de preferência com um um futebol.
    3 pontos e o que interessa.

  • Nossa, quanta ignorância da parte do Diego Alves. Será que não tinha ninguém para interpelar ele quando fez tal comentário bisonho?

    Comparar o início da carreira do Guardiola com Barbieri é dose…só para começar, Barbieri jogou onde? Foi treinado por quem?

    Se liga rapaz, vai treinar e fica de olho aberto que o próximo que a torcida vai pegar é voce se entrar nesse conformismo que paira sobre a Gávea.

  • Os Modinhas os técnicos já começam experientes e cascudos como um passe de mágica…

  • Não tem jeito, não virá ninguém, se for vir qualquer um melhor deixar o interino. Negócio é torcer pelo sucesso do cara, afinal, hoje ele é o técnico do Flamengo, vamo que vamo, fé em Deus e vai Flamengo, vamo ganhar esse bagaça…

  • Gosto do Diego Alves, mas tenho um pé atras com ele nessa questão de panela. Só para lembrar q o Valencia se livrou dele pq identificaram ele como lider tóxico no vestiário.

    • Onde saiu esta noticia?

      • Acompanho o Valencia há mto tempo e na mídia local isso foi abordado depois da chegada do novo diretor Mateu Alemany q identificou o Diego Alves e o Enzo Pérez como tóxicos e de muita influência no vestiário. Isso saiu antes do interesse do Flamengo pelo Diego. Pode conferir q tanto Diego como tb o Enzo Pérez (q custou 25mi dois anos antes) saíram por uma merreca, um para o River Plate e o outro para o Flamengo. Quando eu estiver com tempo posso procurar as matérias só que estão em castelhano.

        • Líder tóxico. Kkkkkkkkk…

          • Eles usaram esse termo kkkkkk, principalmente qdo falava do Enzo Pérez. Tem esse trecho mais recente numa matéria (‘Parejo, por fin lider’) q eles exaltam a liderança do novo capitão Dani Parejo q fala assim:
            “Futbolistas de personalidad expansiva, como
            Enzo Pérez o Diego Alves, ejercían un liderazgo entendido como tóxico
            que limitaban la evolución futbolística de varios jugadores excelentes,
            pero sin esas aristas caracteriales tan marcadas.”

          • O problema é querer mandar no treinador e formar panelas. Aqui no Flamengo o bananão considera os jogadores maiores do que o clube. Ambiente contaminado pelas vaidades e propício para o futebol afundar.

          • Ele era/é bem quisto pela torcida pq ele pegava muito no Valencia, cometia uma falha ou outra, mas agarra d+!
            Não sei se entrou em declínio ou é só uma fase ruim essa dele no Flamengo.

          • Acho ele bom goleiro e pegador de pênaltis. Voltou de lesão sem estar 100 %.

        • Beleza, vou dar uma procurada também, não tive muito tempo, mas obrigado pelo retorno.

      • Deporte Valenciano: Una gran mentira llamada Diego Alves

        • Vou dar uma lida nessa matéria… valeu !

    • A torcida do Flamengo delira nas próprias vontades cara…de onde tirou essa notícia? O que foi publicado e era aberto a todos foi o relacionamento dele com a torcida do Valência que andava estremecida…fora isso, líder tóxico no vestiário até procurei aqui e não achei nada.

      • É complicado. Mostrou insubordinação no vestiário do Valência. Queria mandar mais que o treinador.
        “El traspaso de Diego Alves fuera del Valencia, o cesión, o lo que sea, es un objetivo que lleva persiguiendo el club desde los tiempos en los que Miroslav Djukic era el entrenador, es decir, varios años, porque el serbio fue el primero en levantar la voz cuando vio que el brasileño pretendía mandar en el vestuario más que el entrenador o que cualquier otra persona.”

      • Fale por ti, apenas repassei o que foi divulgado na mídia local como respondi ao amigo nesse tópico.

    • Onde vc leu isso?

    • DA também é paneleiro. Putz estamos de mal a pior. Elenco contaminado.

  • Pelo visto o cara éum pt técnico
    So vejo elogios

Comentários não são permitidos.