GE: “45 mil em um: a primeira vez de Marquinhos define o treino aberto do Fla”

Muito prazer, meu primeiro amor”. Marquinhos não conseguia sequer abrir a boca, mas esta poderiam ser as primeiras palavras ao Flamengo. A paixão estava ali fazia tempo, no peito, na mente, nas lágrimas. O treino aberto da tarde de terça-feira, porém, permitiu o primeiro encontro, a primeira vez do garoto de 13 anos que até então só via o mundo em vermelho e preto em seu imaginário.

Entre os quase 50 mil que se aproveitaram da troca dos ingressos inflacionados por um quilo de alimento para apoiar o Flamengo em véspera de partidas de Libertadores, Marquinhos se destacou. Ou melhor, viralizou. As lágrimas ao garantir o derradeiro ingresso do ponto de troca em Caxias se espalharam pela internet e o transformaram em “celebridade instantânea” (expressão do momento). Logo ele, que só queria conferir de perto dos motivos daquela paixão tão arrebatadora.

As lágrimas da imagem que circulou pelas redes sociais se repetiram ao chegar nos arredores do Maraca:

A emoção é muito grande – limitava-se a dizer entre soluços e limpando o rosto.

Os milhares que compartilhavam da mesma sensação, porém, respondiam com sorrisos e pedidos de fotos. Ele já não era mais um. Era o símbolo de uma torcida que transformou um treino em bandeira para rebater os altos preços de ingressos da atual gestão.

Marquinhos não era o único a pisar pela primeira vez no estádio que um dia foi o “maior do mundo”. A justificativa coletiva para o ausência era a mesma: falta de condição financeira. Ao entrar no Maracanã, entretanto, as diferenças cessaram, todos eram iguais: rubro-negros.

Marquinhos no Maracanã (Foto: Cahê Mota)

Marquinhos não conseguia disfarçar o encantamento. Na verdade, nem que quisesse. Ali, tudo era novo para ele. A cada canto, gritos e gestos tímidos. As letras ainda não estavam na cabeça. Impressionado, se perdia entre o treinamento no gramado e as ações daqueles que estavam ao seu lado.

Até que o espanto se transformou em comemoração. Se não tinha gol, tinha o ídolo no telão:

Olha lá, tio! O Vinicius Júnior!

Garoto é reconhecido por torcedores que viram sua foto na véspera (Foto: Cahê Mota)

Com apenas quatro anos a mais, o jogador preferido. O torcedor em campo era o elo com a criança da arquibancada. Ligação resumida nas palavras do próprio Vinicius ao apito final:

Vi no vestiário o vídeo de um garoto que estava no Maracanã pela primeira vez. Lembrei de quando vim com meu pai, um Flamengo x São Paulo, era o meu sonho. Hoje, realizamos o sonho deles.

O garoto Marquinhos chorando na chegada ao estádio (Foto: Amanda Kestelman/GloboEsporte.com)

Por pouco mais de um hora, os mundos de Vinicius Júnior e Marquinhos se juntaram. Ali, eram todos rubro-negros. Torcedor, jogador. As diferenças sociais deram lugar a paixão pelo clube do coração. E o garoto, enfim, pôde dizer: “Muito prazer, meu primeiro amor”.

Reprodução: Globo Esporte

  • Pessoal bom dia, hj um colega meu informou que na troca dos alimentos pelos ingressos, trocaram muitas latas de leite cheias de areia, vocês estão sabendo alguma informação sobre isso ? Parece que está rolando twitter sobre isso.
    No aguardo.

    • ninguém sabe se isso é verdade, mas a arco-iris já usou essa estrategia na epoca que o Garotinho subsidiava os ingressos a 1 real e um kilo de alimento perecivel….é estrategia de denegrir a Nação…

  • Pessoal, fiquem atentos aos antis se fantasiando do maior fetiche da vida deles, ser Rubro-Negro por um dia, ele veem aqui com perfis fakes só para largar mensagens de ódio se dizendo verdadeiros Flamenguistas, VAMOS APOIAR!!!

  • Por onde anda os juízes Breta e capa Preta ? Tão acompanhando essa gestão do Flamengo, que engana uns pobres coitados que não entendem nem de mulher imagina de contabilidade. Tem muita mentira solta no ar, muita bravata, futebol que é bom nada. Esse bandeirinha Fiu Fiu, alisador de jogador pereba tá levando todo mundo nessa conversa fiada. É preciso uma apuração rigorosa, uma auditoria pesada quando ele sair, pra saber onde estão sendo colocados os recursos do clube. As comissões de empresários, a divisão dos direitos dos jogadores da base, os contratos de Tv e publicidade. Tudo precisa ser auditado, inclusive o superfaturamento da dívida, que, nunca foi do tamanho que anunciaram. Nunca ouvi falar em superfaturamento de dívida, coisa de criminoso perigoso. Banditismo puro, PF na parada já.

    • A importância que nós, rubro-negros, damos pra sua manifestação de anti/oposição com raiva e ódio dessa excelente gestão é a seguinte:

      “Cri, cri, cri…”

      Isso mesmo, a importância que damos é um silêncio sepulcral.

      Ressalte-se que vc possui apenas 13 comentários aqui no Coluna, ou seja, criou um perfil apenas para trazer discórdia e desagregar com forças negativas.

      Tenho pena de pessoas como vc.

  • Alguém já fez um levantamento de quanto os empresários de jogadores e instituições financeiras levaram do clube nesses 5 anos e 4 meses de gestão do Bandeirinha Fiu Fiu? Tá na hora de se fazer esse estudo, nunca se lucrou tanto no clube às custas da torcida pobre do Mengão. Tá na hora da PF entrar na jogada, Por onde o Juíz Sérgio Moro que não começou a investigar esse problema ? Tô avisando desde muito tempo, é preciso investigar, tem muito dinheiro saindo do clube para comissões de empresários e juros a instituições financeiras.

  • Só quem é Flamengo é que sabe
    #somostodosmenosalguns

Comentários não são permitidos.