Jogadores do Flamengo são só elogios ao interino Mauricio Barbieri

O Flamengo está sob olhar desconfiado da torcida por começar o Campeonato Brasileiro, além de ter duas partidas importantes pela Copa Libertadores da América nas duas próximas semanas, com o auxiliar técnico Mauricio Barbieri, de apenas 36 anos, à frente da equipe. Se os torcedores estão com receio do interino, os jogadores não.

Os atletas do Fla são só elogios ao comandante, até então, provisório. Ao lado do elenco, o Presidente Eduardo Bandeira de Mello, o CEO Fred Luz e o novo Diretor de Futebol Carlos Noval também desejam a efetivação de Barberi. As duas semanas de trabalho vem rendendo elogios do plantel rubro-negro. Confira o que alguns jogadores do Flamengo falaram sobre Maurício Barbieri (aspas retiradas do Lance!):

Henrique Dourado, em 11 de abril

Umas das características que me chamou a atenção é a inteligência. Tem nos mostrado simples coisas que fazem diferença e estamos dando suporte para ele, e ele dando para nós. É uma oportunidade para a carreira dele e estamos buscando no trabalho e no dia a dia para ajudar dentro de campo. Conversa bastante, nos dá confiança e também liberdade para fazer algumas jogadas.

Cuéllar, em 9 de abril

É um treinador maravilhoso e tem novas ideias para nós dentro de campo. Se ele está no Flamengo, é porque tem qualidade. Em uma semana conseguiu implantar sua ideia. Se ele ficar, vamos trabalhar para dar continuidade ao trabalho dele.

Lucas Paquetá, em 6 de abril

O Barbieri é um excelente treinador, procura explicar bastante o que ele quer dentro da função e detalha bem a forma de jogar. Está buscando acertar algumas coisas que não ficaram tão bem.

Juan, em 4 de abril

Ainda é um começo de trabalho, mas está sendo proveitoso. Estamos trabalhando forte e ele já estava na comissão técnica. Não chegou ao Flamengo por acaso. Fez alguns treinos e é um cara querido por todos, merece estar aonde está.

Veja também

  • Foi-se o tempo em que Barbi era apenas uma boneca.

  • Agradou os atletas = Os atletas mandam na situação.

  • Turma de preguiçosos e come quieto querem um rapaz novo e sem “culhões” para por todos pra correr

  • Da mesma maneira que um jogador da base que e levado para o time profissional e da certo assim pode acontecer com treinador vamos espera não vamos fazer o Flamengo gasta dinheiro atoa.

  • Elogiam o estagiário porque dessa forma continuam na mamata sendo blindados pelo bananão.

  • Agora vai o novo herdeiro de ze Ricardo Barbieri da panelinha

  • Esse Diego junto com o Juan devem ser os cabeças da panelinha.

  • Isso… treinador ideal para o elenco pipoqueiro, paneleiro e mimado montado pelo Rodrigo Caetano e Bandeira.

  • Esse é o técnico ideal para os filhos do bananovisky

  • Desejamos toda a sorte do mundo para o Barbieri.. E que o Mengão conquiste a América e o Brasil.
    Sempre Flamengo!

  • Os jogadores estão apoiando porque sabem que podem “montar em cima do treinador” pelo fato do cara não ter moral nem lastro pra colocar Diego dentre outros medalhões no banco, então eles elogiam pq sabem que não serão cobrados, e tudo fica mais fácil quando perder pq não terá ninguém pra cobrar, sendo que o Mosca morta do EBM blinda os seus queridinhos, todos nós sabemos que Diego Ribas e Rever mandam e desmandam no elenco, então com o fraco Barbieri no comando eles podem continuar “mandando” no vestiário.

    • Concordo! Para os jogadores é muito cômodo continuar com o Barbieri. É um treinador novo e que não vai ter moral nenhuma para cobrá-los dentro de campo. Esse time vai continuar na mesma preguiça de sempre.

    • O respeito vem com a atitude da pessoa não com o currículo extenso. Ele já colocou o E. Ribeiro no banco. Quero mesmo é ver como ele usa a base, isso, na minha opinião, vai mostrar se ele tem coragem de arriscar ou se vai temer desagradar os jogadores meus velhos.

      • Mas se pensarmos nas possíveis implicações dessas medidas com relação aos jovens e aos cascudos, poderemos identificar muitas dificuldades que mesmo nós teríamos se estivéssemos no papel de técnico. Falar de fora é muito fácil. Liderar grupos e múltiplas orientações e motivações em prol de um objetivo é uma conquista de poucos que não dá pra ser obtida na marra ou só no pulso forte. A diplomacia é fundamental.

        • Concordo contigo. Acho inclusive que é muito errado que tantos aqui clamem por alguém com cara de mau, briguento quando na verdade disciplina e controle não tet muito a ver com arrogância e tratar os outros mal.

    • Discordo quanto a possibilidade de um técnico de ponta optar por colocar o Diego no banco.
      No Flamengo de hoje isso é quase impossível que aconteça. Principalmente porque não temos opções que deem esperanças de elevar o nível do time tomando o lugar do Diego.
      No máximo será trocar 6 por meia dúzia, como dizem. Sendo que com o Diego ainda podemos ter a chance de em uma jogada bem feita ele favorecer a equipe.
      Eu acredito que o Diego deva ser escalado de forma a ter mais chances de finalizar jogadas, ao invés de tentarem fazer dele um armador clássico que nunca conseguirá ser.

  • Na boa, os caras querem para ontem, deixa o cara trabalhar, ficar cornetando não adianta, Cuca não funcionou em nenhum time, pegou o Palmeiras e foi campeão, hj muita gente quer o Cuca, quando o Tite saiu do Gambá, todos diziam que o Carrile não tinha capacidade e que o Corinthians era a 5ª força de SP, deu no que deu, Renato Gaúcho a mesma coisa, pessoal não queria nem banhado a ouro, foi para o Grêmio super contestado, conseguiu aos trancos e barrancos morder uma CB e depois foi ganhando os títulos. Resumindo, quem planta crise no Fla é uma meia-duzia de torcedores que ficam querendo encontrar as melhores soluções para a Diretoria e nunca deixam margem para o futebol fazer o que mais gosta, surpreender. Planejamento ganha títulos, mas em meio aos primeiros indícios de crise as cornetas começam a tocar, e lá se vai o planejamento, etc. Pra mim, o que falta é o time encaixar, porq até mesmo esses laterais que hj estão no elenco já jogaram, lembram das Parássistencias? e das bolas cruzadas na área pelo Trauco, chutes de fora da área convertido em gols. Concluindo, seu torcedor e acompanho o clube, mas tem muita gente achando que grandes nomes vão resolver o problema do Fla, quando o Paquetá nos prova isso, menino saiu da base, quase foi mandado embora e hj é um dos melhores jogadores do clube, mais Paquetás virão ou já estão sendo produzidos, se tá ruim pra gente que investe tanto e não vê títulos expressivos, imagine pra os rivais que não tem grana e nem perspectiva de elenco, vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos e torcer pra que esse time encaixe e entre no automático, afinal de contas, o que dizer de clubes como o City, PSG, Bayer, etc que investem tanto no Futebol e nem sempre conseguem chegar à uma final de Champions, acredito que o importante é o Fla se manter no mesmo patamar que os grandes do Brasil que os títulos virão. SRN!!!! Sei que muita gente vai me xingar ou contestar, mas peço que respeitem a minha opinião como respeito a de todos nessa coluna, abraço a todos e vamos deixar o homem trabalhar, 36 anos, conceitos novos, excelente estrutura, equipamento de ponta e um elenco de dar inveja, vamos pra dentro deles….

    • Santa ingenuidade… Jaime em entrevista recente a jornalistas, falou o que a torcida já sabia: declarou que “falta cobranças ao time que se sente confortável com a situação”. Ou seja qualquer treinador que possa quebrar este “ritmo” não é bem visto. Zé Ricardo por algum tempo teve o apoio e conseguiu obter resultados, porem quando deveria deslanchar, não conseguiu porque era refém de jogadores que o apoiaram na sua efetivação como treinador. Qualquer que seja o treinador cascudo ou “estudioso e novo treinador” , terão pouca chance de sucesso, pois o profissionalismo está somente em receber seus salários poupudos em dia,sem comprometimento com vitorias. Com relação a este treinador, não teve qualquer passagem consistente por algum clube que o avalize para ocupar o cargo de treinador de um time de jogadores veteranos (a grande maioria) e mimados pela diretoria. Alem disso tudo, existem defeitos gritantes que a própria diretoria de futebol apontou desde o ano passado, mais nada foi feito para solucionar. As laterais com jogadores de qualidade técnica pi fia e a zaga com jogadores com idade avançada. Foi lastimável ver a angustia do Carpegiani em tentar solucionar estes problemas, visto que ora escalava o Pará, que nunca foi top e agora com a idade chegando não consegue acompanhar o ritmo necessário de apoiar e voltar para recompor a defesa, ora escalava Rodney que tem juventude , força e velocidade, porem falta-lhe futebol e inteligencia para ocupar a vaga. Na zaga ,não existe no elenco um atleta da base que já esteja pronto para ser efetivado, visto que é necessário um jogador mais jovem para compor com Juan ou Rever ou mesmo Rodolpho, pois a combinação Rever + Juan é impossível, aliás , ambos eram reservas a 2 anos atrás no Internacional e viraram solução no flamengo.
      Então queridos será muito difícil com este elenco e principalmente a filosofia adotada por esta diretoria de não exigir o máximo de seus “funcionários” (jogadores) e o comprometimento com os objetivos e metas do clube. É a lei do tanto faz : se ganhar muito bem . Se perder tudo bem , vida que segue.

    • Mas esses caras aí foram questionados, eles tiveram que pravar que eram capazes, com o Barbieri não será diferente, ele que prove a capacidade dele.

  • Infelizmente este ano esperança zero…vai ser a msm coisa do ano passado.

  • Cara é claro, querem a continuidade da moleza. Barbiere não é do tipo que cobra também. Tem que trazer um técnico pronto, cascudo e que identifique os “chinelinhos” e chegue junto, com espírito vencedor. O problema é a interferência de BM e seus Blue Caps, e não vão deixar o técnico ter carta branca para agir, e claro, vão querer um nome mais “manso”…por isso ninguém quer vir mesmo e já viu né…tem tudo para efetivar o Barbiere e ai todo mundo lá fica feliz…para que ganhar títulos, né…para que se desgastar…vamos levando na maré mansa…né BM?

  • Se ele conseguir fazer o Diego não ter de voltar para armar o jogo na defesa e se aproximar mais do ataque como no ultimo jogo já será um grande passo.

  • Esses jogadores não enganam mais ninguém, querem o Barby porque não vai ter cobrança, o cara não tem casca para bater de frente com os jogadores. Esses jogadores do enganam os bestas.

  • Se os jogadores resolverem se esforçar pelo Barbieri, a coisa pode dar certo. Da mesma forma que jogador derruba técnico, ele segura no cargo tbm.

    • Exatamente. Fizeram isso com o Andrade e com o Jaime.

    • O problema é que por algum tempo isto pode funcionar, porém com o passar do tempo cairão na mesmice e voltarão a praticar o futebol burocrático do tanto faz: se ganhar muito bem! Se perder esta bom também!
      A julgar pelas declarações recentes do Jaime de Almeida , “falta cobranças aos jogadores que estão confortáveis com a situaçao”. Ou seja a diretoria (Bandeira)protege os jogadores (nao sei o real motivo) que sao mimados e nao sao cobrados pelos resultados então pode-se trocar treinador pós treinador que os resultados serão o mesmo : fiascos. Ressaltando que os resultados esportivos nao sao compatíveis com os investimentos no futebol é na Folha estratosféricos (com jogadores super valorizados) .

      • Eu entendi as declarações do Jayme como voltadas à torcida que cobra do técnico mas não exige dos jogadores. E o Jayme sempre foi muito cobrado da torcida, pelas suas escalações burocráticas. Enfim cada um tem uma interpretação, o Jayme na minha opinião não se referiu à diretoria, se colocando como uma vítima das cobranças da torcida.

        • a minha interpretação esta pautada no final da frase: “os jogadores estão confortáveis com a situação”. Então, seja por parte da diretoria ou torcida, os jogadores não são cobrados (estão confortáveis com a situação), embora saibamos que a torcida tem cobrado e muito, o maior empenho dos atletas. Esqueceu que se não fosse a torcida pressionar, Wallace, Marcio Araujo, Vaz e Gabriel, ainda estariam no flamengo???

          • Eu sei que a torcida pressiona, mas tanto o Jayme quanto outros técnicos sempre tiveram uma postura omissa, e quando ele dá uma declaração como essa, ainda cabe uma dupla interpretação, porque não foi direto mas deixou subentendido. E você deve concordar comigo que ele, Jayme, se acha um injustiçado, se coloca como vítima.

        • Me permita uma observação Fabio. Jaime também foi muito “conivente” com essa situação. E o que eu vejo é uma cobrança clara nos jogadores…Diego, Everton Ribeiro, são muito cobrados, lembra do MA, Gabriel, Váz, era só reclamação em cima (justificável). Concordo que técnico no Fla não tem a menor garantia de trabalho, e a torcida tem sim sua parcela de culpa (principalmente os imediatistas). Em fim é o conjunto da obra que nos coloca nessa situação. Em pleno início de temporada para valer mesmo e nem técnico o time tem, e vamos levando como diz BM. SRN.

          • Sim, claramente a torcida cobra bastante dos jogadores, mas no meu entendimento o sr. Jayme não concorda, acha que tanto ele quanto outros técnicos são cobrados excessivamente enquanto os jogadores ficam confortáveis. Porém, um técnico capacitado funciona como escudo (parafraseando o Luxemburgo) do elenco, assumindo os erros na derrota, dizer que escalou errado, tomar porrada da imprensa garantindo a confiança dos jogadores em seu trabalho, diminuindo a pressão nos jogadores.

      • Parabéns pela lucidez. Poucos aqui enxergam desse modo.

        Pagar aos jogadores altos salários não faz deles craques.
        Estrutura é importante, mas ao contrário do q os bandeiretes acham: Nossa estrutura Hoje, e não amanhã, deveria junto ao investimento de salários atual pelo menos uma performance melhor de campo.

        Outro tema super importante q vc disse. Sempre foi assim, e nessa gestão valorizada ao extremo tb, Carlinhos, o próprio Carpegiani em 81, Ney franco, Jayme, Andradee ze ricardo. Todos eles se notabilizaram por unir o grupo por alguns meses.
        Depois não sobrava nada. Nenhum padrao de jogo.
        Pode ser com o Barbieri, pode? Mas não é estranho tantos elogios ao desconhecido Barbieri? Será q é só para apoiar o novo técnico?
        O correto seria os jogadores falarem q são funcionários do clube.E o q a diretoria decidir eles vão acatar e fazer o melhor dentro de campo.
        Se for o Barbieri dura pouco…. essa parte o santo Bandeira ainda não conseguiu. Quem fala sao os fatos!

  • Querido por todos.

  • e o medo de contratarem o Cuca pra acabar com as mordomias kkk

  • Essas matérias são bem idiotas. Todos os jogadores que são entrevistados são questionados sobre o trabalho do Barbieri, é óbvio que sempre vão elogiar. Provavelmente são pra tentar acalmar a torcida e tentar convencer que Barbieri é uma boa opção. Estou torcendo por ele, mas a certeza é que se não ganhar o jogo da libertadores na próxima quarta a bomba vai estourar na mão dele. Esses elogios diários não vão evitar que a torcida peça sua cabeça depois do jogo.

  • Vc falaria mal de um chefe que não te cobra?

  • Isso dá um medo… jogadores acomodados elogiando o técnico. Dá a impressão de que eles sentem que vão continuar na vida mansa, com os salários quitadinhos, sem um técnico para colocá-los para correr.
    Muitos jogadores não renderam o esperando, mas a questão toda passa por Diego. Quando ele chegou, em 2016, o time virou um carro turbo. Aí ele caiu de rendimento em 2017, na volta da operação, não voltou no mesmo nível, e viramos um carro mil.
    Quando ele joga bem, o time vira um puro sangue de corrida; quando ele joga mal, é um time que bebe feito uma Ferrari, mas corre feito uma Brasília…

    • Se a imprensa for na empresa que você trabalha, e te entrevistar, você fala mal do seu chefe na frente das câmeras?

      • Com certeza, não. Você tem razão. Mas dá para perceber quando eles estão incomodados, soltam alguma coisinha em coletiva (lembra do Arão reclamando de leve do preparador físico, acho que do Rueda, dizendo que não estavam “acostumados” com a intensidade), a imprensa começa a soltar alguns boatos, etc.
        No caso aí, está parecendo que eles estão gostando porque o cara é novo e não terá tanta ascendência sobre os jogadores.
        Tomara que eu esteja errado. Eu quero ser feliz, não quero ter razão.

    • Diego rendeu enquanto o time todo rendia. Ele chegou num time arrumado. Por isso não existe esse negócio de “time sem sangue” porque esse time é praticamente o mesmo o de 2016. O problema do Flamengo é tático mesmo.

      • Eu discordo. Quando um time tem um meia inspirado, a equipe ganha alma. Acho que tudo passa pela fase do Diego. A resposta está ali. Ele vaio para fazer uma diferença, e não está fazendo.

  • Fernando Diniz vem ai…

  • Qm vai falar mal?

  • Acho q quem deve endossar metodos de treinador não deveria ser os treinados e sim um experiente comando tecnico seja de um somente ou um pequeno grupo

Comentários não são permitidos.