Com golaços de Paquetá e Everton Ribeiro, Flamengo bate o Internacional e segue na liderança

O Flamengo entrou em campo com a liderança do Campeonato Brasileiro nas mãos. A torcida fez sua parte e lotou o Maracanã, com cerca de 60 mil torcedores nas arquibancadas do Maracanã para enfrentar o Internacional. O Flamengo, correspondeu à expectativa da Nação e venceu por 2 a 0, com gols de Lucas Paquetá e Everton Ribeiro.

O JOGO

Diferente do que se esperava, o Internacional iniciou a partida tentando pressionar o Flamengo. O Rubro-Negro, por sua vez, não queria abrir mãos de suas características de jogo, mantendo a bola nos pés e tentando investidas pelas pontas.

A primeira grande chance de gol não demorou a surgir, e foi da equipe visitante. Aos sete minutos de bola rolando, o atacante Leandro Damião foi acionado e cabeceou muito bem. Porém, melhor que a finalização do centroavante, foi a defesa de Diego Alves. O arqueiro voou no cantinho para mandar para escanteio.

O jogo seguiu aberto e o Mengão também assustou. Aos 21 minutos, o lateral Rodinei – que apoiava bastante no ataque – teve oportunidade em bola rebatida na grande área. Ele não pensou duas vezes antes de encher o pé e buscar o canto esquerdo de Danilo Fernandes. Contudo, para tristeza dos rubro-negros, o arqueiro foi muito bem no lance e conseguiu defender.

Os times continuaram buscando o ataque, mas o Mengão passou a ter mais controle da partida e passou ainda mais perto de abrir o placar. Em investida pelo lado direito, Everton Ribeiro acionou Rodinei na linha de fundo. O lateral cruzou rasteiro, buscando Henrique Dourado. Mesmo com pouco espaço, o centroavante conseguiu finalizar, e a bola passou rente à trave.

No fim do primeiro tempo, o Internacional voltou a assustar. Novamente com Leandro Damião, em outro cabeceio, o clube colorado chegou perto do gol. Mas, para alegria da Nação, Diego Alves apareceu bem novamente e impediu o tento, mantendo o placar inalterado para a etapa complementar. O grande destaque negativo nos primeiros 45 minutos foi Geuvânio. Isso ficou claro principalmente pelo fato de que as principais investidas do Fla eram pelo lado direito, e o camisa 23 demonstrou grande ineficiência para criar chances de gol.

No segundo tempo, o Flamengo voltou determinado a sair com os três pontos. Durante os 10 minutos iniciais, o Mengão partiu para cima com tudo, pressionando o Internacional. A torcida, por sua vez, se inflamou e tentou empurrar o Mais Querido para o caminho das redes.

Aos 13 minutos, o Maracanã foi à loucura com a entrada do peruano Paolo Guerrero. Após seis meses e meio afastado dos gramados, o atacante entrou no lugar de Henrique Dourado, que até demonstrou esforço, mas não conseguiu fazer a diferença em campo.

Em seu primeiro lance, o camisa 9 mostrou uma das suas principais características: a visão de jogo. Guerrero se deslocou para a ponta esquerda e chamou dois adversários em sua marcação. Ao receber, ele dominou e passou na medida para Vinicius Júnior. O garoto teve espaço e tentou a finalização colocada, mas chutou pra fora, sem assustar Danilo Fernandes.

Guerrero entrou querendo jogo. Aos 21 minutos ele sofreu falta na intermediária. Mesmo longe da meta, o peruano decidiu bater direto. A cobrança saiu com muito perigo para a meta do goleiro colorado, arrancando o grito da torcida rubro-negra.

Pouco depois, aos 25, mais uma oportunidade na bola parada para o Mengão. Dessa vez, Lucas Paquetá foi para a bola. A falta não foi bem cobrada da forma que se esperava, pois o camisa 11 bateu na barreira. Se na cobrança ele não foi tão bem, no rebote ele foi perfeito: o garoto dominou e mandou no ângulo, sem chance de defesa.

Com o gol sofrido, o Internacional perdeu a cabeça. Em cobrança de lateral, Willian Pottker se irritou e empurrou Renê. Vinicius Júnior defender o companheiro e sofreu uma cabeçada do adversário. Sem pensar duas vezes, o árbitro expulsou o jogador colorado por conta das duas agressões. Na confusão, Paquetá também recebeu cartão, mas o dele foi amarelo.

Sem dar chance para o azar, o Mengão chegou ao segundo gol na partida. Everton Ribeiro arrancou em contra ataque, driblou dois marcadores e mandou no cantinho para fazer seu primeiro gol no Brasileirão e garantir a festa dos mais de 60 mil presentes no Maraca.

O Internacional ainda chegou a assustar por duas vezes. Mas Diego Alves, provando que é um dos melhores goleiros do país, segurou e não permitiu que clube gaúcho marcasse.

A partida seguiu quente, mas o Flamengo demonstrou experiência para controlar os ânimos e seguir com a vantagem no placar e garantiu mais três pontos no Brasileirão. Assim, o Rubro-Negro se manteve na liderança isolada, com dez pontos conquistados. O próximo compromisso do Mengão está marcado para a próxima quinta-feira (10), quando vai receber a Ponte Preta pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. Vale destacar que o Fla venceu a primeira partida por 1 a 0 e terá a vantagem para decidir no Maracanã.

Veja também

  • Pés no chão, finalmente o Flamengo tá voltando ao normal(bem), que continue assim, vitoria coletiva, e Paquetá vale 366 milhões!

  • Boa vitoria e atuaçao do time;embora esse timeco do internacional nao seja parametro pra nada,pois é muito fraco.mas o importante foi a vitoria e que ainda somo lideres;e esqueçam essa porra de cheirinho de uma vez por todas,pois iso ja mostrou que nao da sorte;vamos manter os pes no chao.

  • Só lhe digo uma coisa…
    … eu num lhe digo é nada!!!!

    SEGUE O LÍDER ?

  • Dica de hoje: não falem de cheirinho, pois dá azar. Gritem apenas “Segue o líder!”.

    • Claro. Quem sente o cheirinho agora é o Palmeiras. Kkkkk

      • Os caras tão se gabando porque venceram o Atlético PR, mas esquecem que quase sofreram empate contra esse mesmo Inter de hoje.

        • Se o Flamengo pegar moral mesmo, não tem pra ninguém. Deviamos estar com 100%, não fosse o roubo contra o Vicetória.

  • O time está de parabéns pelo jogo de hoje.
    Tirando o Geuvânio que foi muito mal (como sempre) e o Vinicius Jr que fez muita firula e foi pouco objetivo, o demais foram bem.
    A nação lotando o Maracanã fez parecer final de campeonato e acredito que o time entrou nesse clima.
    Sigam o líder!

    • Você achou ele muito mal?

      • Ninguém foi mal hj. Mas Geuvânio foi um dos que menos apareceram.

        • Achei ele regular, mas como custa caro, é inaceitável que não tenha uma atuação honrosa a quase um ano no clube

          • Ele deu uma melhorada hj. Ainda não atingiu seu potencial, mas deu uma esperança. Quando o time joga bem coletivamente, todos melhoram individualmente também. Agora ele precisa se apressar, porque com um salário dos mais altos, ele precisa dar mais retorno. Tomara que se motive. Abs

      • O Geuvânio sim.
        O Vinicius Jr hoje firulou muito e foi pouco objetivo. Não jogou coletivamente para ser mais direto.
        Tendo em vista o que os outros apresentaram hoje, esses dois ficaram abaixo.

        • Falei do Geuvânio, eu achei ele regular, mas custando o que ele custa, ser regular não é aceitável.

          • Concordo que ele tem que ser bem acima do regular pelo salário que ele ganha.
            Não gostei muito da atuação dele. Vejo que ele está se esforçando, mas as coisas não estão acontecendo.

  • Diego Alves e Rodinei voltando a jogar bem e Vinícius Júnior cada vez mais sumido. Geovânio mais do mesmo… Todo mundo vê que ele é escalado pra começar o jogo, mas ninguém o vê, de fato, jogando. Vamos levando…

  • Inacreditável ter Renê como titular,que lateralzinho horroroso!

  • vou nem elogiar só de medo de ficar ruim de novo.

  • Quero exaltar o Guerrero, um dos motivos da vitória foi justamente a entrada dele e a capacidade que tem de tornar seus companheiros ao lado melhores, o Fla cresceu muito no jogo a partir da entrada dele rodando a bola o campo inteiro empurrando o Inter para trás que só chegou depois que matamos o jogo envolvendo todos os companheiros com toques rápidos e curtos (Foi ele que arma o contra-ataque pro Golaço do Ribeiro por exemplo), o Paquetá foi o principal motivo ctz, mas o Guerrero claramente melhora muito o ataque o Fla e já é o meu titular quarta.

    • ahhh vá cagar vai.

      • Pode chorar.

        • vc que deve ter chorado com a punição dessa carniça e ainda atribui a ele e vitória pelo amor de deus…. tem gente aqui e na imprensa que se esforça tanto pra elogiar esse cara quanto alguém que procura agulha no palheiro.

          • Pode chorar.

    • Hoje foi o dia que mais senti falta do Diego em campo e, realmente, o Guerrero supriu bem essa coisa de ninguém prender a bola no ataque do Flamengo (talvez a maior qualidade do Diego, por mais que prenda muito algumas vezes). Ainda acho que devem dar oportunidade pra um time com Dourado e Guerrero lá na frente e, caso o Diego não jogue quarta, seja a melhor opção a se fazer já que o Geuvânio é sempre um peso morto em campo.

    • Me diz qual a participação do Guerrero nos dois lances de gol?

    • Também senti isso. O emocional do time cresceu com ele. Logo de cara ele bateu aquela falta e quase faz o gol. Eu fiquei puto com os migué dele, e com o doping. Mas em termos de bola, ele é muito melhor que Dourado. Só precisa ser mais responsável e comprometido. E se não for ganancioso, ele fica.

  • Não aparecerá nenhum fake com apelido esquisito hoje, pode escrever. É a turma que torce contra para os derrotados voltarem com a rapinagem. Vamos, FLAMENGO!!!

    • Apareceu sim

    • Tem sim cara.tem muitos bandeiretes pagos pélo bandeira aqui,com nomes muitos esquisitos e que a gente so ver uma vez aqui.temos que tomar cuidado com esses haters.

      • Ficou sozinho, viceíno. Kkkkk

        • Claro Bandeirete idiota e iludida,kkkkkkkkk

  • Agora é hora dos cornetas sumirem! Vamos apoiar nosso mengão!

  • Sigam o líder.

    • Comentei isso semana passado e fui enxurrado de pessoas falando haa da asar, por isso que tiram sarro de nois, um bando de pau no cú, SRN

Comentários não são permitidos.