Não vai subir ninguém!

Era sábado de noite, um dia horrível e uma hora pior ainda pra um jogo tão importante. Mas conhecendo as “escolhas” da CBF…

O Flamengo foi enfrentar o Galo cheio de má vibração. Juan e Réver estão machucados, Rhodolfo e Cuéllar estão cumprindo suspensão pelo cartão vermelho. O que restou? Bora de base.

E que base, mermão! Léo Duarte, que se mostrava inseguro, vem crescendo muito na zaga e naquele sábado era o veterano, seu companheiro na defesa era Thuler, um garoto que foi gigante! Que zaga é essa??? Sinceramente, me deu um novo ânimo ver aqueles meninos dando o sangue ali.

Aliás, todos deram o sangue. Jonas, que substituiu o monstro colombiano, não deixou a desejar. Bateu recorde do Brasileirão com nove desarmes na partida.

E Diego Alves??? Aquele suspiro de alívio que escapa a cada defesa fodástica do camisa 1??? TEM GOLEIRO NESSA PORRA!!!

Diego Alves, Thuler, Léo Duarte e Jonas, como diria Coronel Nascimento: Não vai subir ninguém! E não subiu!

Em relação ao meio, continua torto. Vejo muita correria, muita doação, mas a falta de compactação prejudica demais o ataque. E não adianta tacar pedra no centroavante.

Quem se lembra que Guerrero sofria com a mesma crítica do “não faz gol”? E com a grande diferença de possuir uma habilidade sensacional, coisa que Dourado não tem. No mais, não adianta contratar atacante de área se a bola não chega na área e se o cara tem que sair de lá. Vale lembrar que mesmo capenga, e está, ele tem nove gols, seis assistências e uma cacetada de desarme.

Diego pode não estar rendendo como antes, mas tenhamos paciência. É líder, não se esconde e “briga” o tempo todo. A comemoração dele no final do jogo foi dna puro. Só quem é entende.

E para finalizar, menino Jean Lucas tem tudo pra virar O cara. Dá gosto de ver jogar. Vini Junior é o nosso representante da fábrica de neguebas. Craque. Perigoso, ousado, abusado, Rubro-Negro. Detestado pelos adversários, o caminho é esse. Com um passe espetacular no melhor estilo “faz aí”, deixou Éverton Ribeiro na cara do gol, só pra empurrar.

Campeonato longo, tem que pontuar. Se não deu pra ser bonito, não faz a menor diferença. Gol. Vitória. Se não for no talento, na tática, vai ser na garra e na força. É líder. Fim.

O Flamengo ganhou, nada mais importa.

ISSO AQUI É FLAMENGO, PORRA!!!

Em tempo: menino Paquetá tem crédito, mas está devendo.

Em tempo2: Barbieri não é técnico para o Flamengo, mas tenho que admitir que tem seus méritos. Escrevi e corri.

Saudações Rubro-Negras!!!

Renata Rosa Graciano 

Twitter: @regraciano

Veja também

  • O jean lucas tem q entender a posição dele .. ta jgoando quase de atacante … nessa ele n vai se tornar um jogador acima da media .. ele tem q aprender a jogar recuado e subir na boa (entendo q ele entra pra mudar o jogo e assim ataca mt mas ja ta comecando a hora do tecnico desenvolve-lo em sua real posição) … vc n sera surpresa no ataque se sempre estiver lá (vide o arão quando acampava no ataque) …
    O paqueta tem q entender q n da pra forçar tds as jgoadas quando vc joga de segundo volante .. volante tem q jogar na seguranca algumas vezes …
    O vini msm fazedno a jogada do gol, perdeu umas 3 oportunidades por preciosismo, tem q jogar com mais seriedade (como fez no lance do gol q passou a bola pro companheiro melhor posicionado) e quando voltar pra marcar tem q voltar de verdade (marcando) e n so fingir como fez no ultimo jogo.
    Falo isso pq vejo real potencial nesses garotos para brilharem no futebol mundial ..

  • Futebol é momento!!!
    Acho que assim como Barbieri que chegou com quase 100% de desconfiança da torcida rubro negra, Renê também era visto da mesma forma. Porém , por ora,devido a suas atuações firmes, devemos dar moral e oportunidade de Renê “calar” a boca da torcida. Enquanto um que ninguém esperava (Renê), vem surpreendendo com uma regularidade impressionante, Rodney esta ladeira abaixo. Sua falta de inteligencia futebolística é algo gritante. O cara tinha tudo para ser um grande lateral, pois tem velocidade, arranque, força, porem nas horas mais cruciais ele parece o fio maravilha, as avessas, pois ao contrario de nosso folclórico atacante que tinha dia de Pelé e outro de asno jogando bola, o nosso lateral direito, só tem o dia de asno, pois a maioria de suas escolhas são erradas. No jogo com o River Plate por exemplo, ele recebeu um passe açucarado que o deixou livre na linha de fundo para cruzar (rolar a bola) em direção aos atacantes do flamengo que fechavam de frente para o gol, e tinham grande probabilidade de fazer o gol (assim como fez o Vinicius conta o Galo) preferiu ser fominha e sem angulo, desferir uma bomba em direção a meta adversaria, na tentativa de fazer ele,o gol e se consagrar. Resultado, o flamengo não fez o gol, deixou de ganhar a partida, ficou em segundo na chave e teve suas chances matemáticas reduzidas, visto que provavelmente, sempre terá que decidir fora de casa os mata-matas que se seguem na libertadores. A urgência , urgentíssima hoje, depois da atuação de gala dos meninos zagueiros, e da boa fase de Renê, é sem duvida a lateral direita.

    •Editar•Responder•Compartilhar ›

    • concordo .. rene ta mt bem e me lembra o magro de aço q tb era odiado por parte burra da torcida q n entende q nem sempre jogador precisa de talento .. as vezes esforço, personalidade e o minimo de inteligencia resolvem !!

  • O jean lucas tem tudo pra dar certo. Vai nos dar muitas alegrias.

  • Concordo com tudo, de cabo a rabo. Ou quase. Na pontinha do texto uma pequena observação: Paquetá joga muito e também tá muito cansado. Merece de boa uma semana de banheira e chinelo. Mas, depois, grito na orelha de novo. SRN

  • Se o Flamengo contratar dois laterais, efetivar Rodolfo e o garoto Thuler, a zaga fica arrumada, aí é só entrosamento e partir para cima!!!!

    • Acho que assim como Barbieri que chegou com quase 100% de desconfiança da torcida rubro negra, Renê também era visto da mesma forma. Porém , por ora,devido a suas atuações firmes, devemos dar moral e oportunidade de Renê “calar” a boca da torcida. Enquanto um que ninguém esperava (Renê), vem surpreendendo com uma regularidade impressionante, Rodney esta ladeira abaixo. Sua falta de inteligencia futebolística é algo gritante. O cara tinha tudo para ser um grande lateral, pois tem velocidade, arranque, força, porem nas horas mais cruciais ele parece o fio maravilha, as avessas, pois ao contrario de nosso folclórico atacante que tinha dia de Pelé e outro de asno jogando bola, o nosso lateral direito, só tem o dia de asno, pois a maioria de suas escolhas são erradas. No jogo com o River Plate por exemplo, ele recebeu um passe açucarado que o deixou livre na linha de fundo para cruzar (rolar a bola) em direção aos atacantes do flamengo que fechavam de frente para o gol, e tinham grande probabilidade de fazer o gol (assim como fez o Vinicius conta o Galo) preferiu ser fominha e sem angulo, desferir uma bomba em direção a meta adversaria, na tentativa de fazer ele,o gol e se consagrar. Resultado, o flamengo não fez o gol, deixou de ganhar a partida, ficou em segundo na chave e teve suas chances matemáticas reduzidas, visto que provavelmente, sempre terá que decidir fora de casa os mata-matas que se seguem na libertadores. A urgência , urgentíssima hoje, depois da atuação de gala dos meninos zagueiros, e da boa fase de Renê, é sem duvida a lateral direita.

  • Você utiliza jogadores experientes junto aos jovens, para que eles se sintam mais seguros, sobretudo em competições mais “pesadas”, e ganhem rodagem para disputar esse tipo de competição. O Flamengo está fazendo o que fazem os melhores times do mundo (Sergio Ramos tem 32 anos, Iniesta 34 e Cristiano Ronaldo 33, entre outros). Existe sempre o risco de uma falha muito grave acabar com a carreira do atleta novo no clube. Vide Matheus Sávio e agora o menino do Corinthians.
    Não pode é formar o jogador nessa condição e depois vende-lo sem que tenha tido um retorno técnico para o time. Mas com as finanças em dia, será cada vez mais difícil perder jogadores jovens para times do Leste Europeu, por exemplo

  • Cansei de ver o fla jogar bem, perder gol e acabar levando . Lógico que jogar bem está no nosso DNA mas não me importo nem um pouco em ganhar assim, até porque tivemos muita raça e entrega que também são parte do nosso DNA! Não podemos é perder pontos à toa! Vamo que vamo! SRN

  • kkkk ótimo texto melhor de rubro negra que li até hoje!
    saudações bananetes.

  • Bom texto.
    Ainda assim uma coisa tem me incomodado nos colunistas, e é a seguinte: “Léo Duarte inseguro” até quando vai rotular o mlk assim? A algum tempo ele vem jogando muito bem, então parem com essa noia antes que a torcida compre e comece a perseguir o mlk.
    SRN

    • concordo… agora o thuler, vi jogar alguns jogos, todos foi muito bem, moleque cheio de confiança.

    • Exatamente. Não tem que ficar rotulando, não. A mídia invejosa de SP já faz isso. Os garotos tao muito bem.
      Vai haver um deslize ou outro porque ninguém é perfeito. Mas, é dar moral pra eles. Logo serão titulares indiscutíveis e postulantes à amarelinha.

  • Concordo com tudo, mas poder gritar para todo mundo “TEM GOLEIRO NESSA PORRA!!!”, é bom demais.

Comentários não são permitidos.