Fla envia ofício ao MP por injúria racial a Vinicius Jr

Mais uma vez, o menino de ouro do Flamengo foi alvo de injúrias raciais. Logo após a vitória do Fla sobre o Paraná por  2 a 0, Vinícius Júnior se emocionou por possivelmente estar fazendo seu último jogo no Maracanã com a camisa Rubro-Negra. Uma pessoa publicou a foto do camisa 20 chorando com a legenda: “nunca vi macaco chorar”. De acordo com Marcelo Baltar, jornalista do Globo Esporte, o Mais Querido enviou um ofício ao Ministério Público por conta da injúria racial:

Infelizmente isso não é a primeira vez que acontece. Em agosto do ano passado, no clássico contra o Botafogo, no Nilton Santos, o jovem de 17 anos foi expulso com 16 minutos em campo. Quando saia do gramado foi  ofendido por torcedores do rival. Apesar alvinegro manifestar repúdio pela atitude dos membros de sua torcida, não era a primeira vez que o artilheiro passava por isso no mesmo local. Também no Engenhão, no duelo pela Copa do Brasil, outro botafoguense ofendeu a família do Garoto do Ninho, foi detido e liberado logo em seguida.

Vale ressaltar que a Lei 7.716 que define os crimes de preconceito racial. E a  legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometido atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

  • Lamentável existir gente assim

Comentários não são permitidos.