Na raça e no talento, Flamengo vence o Bonsucesso

Em rodada dupla disputada na manhã deste sábado (30), na Gávea, pela a 14ª rodada da Taça Guanabara, o Flamengo venceu os dois confrontos diante do Bonsucesso. O time Sub-15 do Fla fez 3 x 1, de virada, gols de João Vitor (2) e Oliveira. Já o sub-17, venceu o time rubro-anil por 6 x 0, gols de Rodrigo Muniz (2), Yuri (2), Rhyan e Ítalo.
A equipe sub-15, que também disputa a Copa 2 de Julho na Bahia, se mantém invicta no Carioca, isolada na liderança com 29 pontos. O sub-17 também mantém o ótimo momento na competição guardando a terceira colocação com 35 pontos. Na próxima rodada o sub-17 enfrenta o Vasco da Gama, dia 07 de julho. O sub-15 enfrenta o mesmo adversário, porém só em 28 de julho.

O sub-15:

O primeiro tempo começou bem equilibrado, mas as as equipes pecavam no momento de finalizar as jogadas. Aos 11 minutos, o Bonsucesso teve a primeira boa chance na partida. Natan fez ótima jogada pela esquerda, deixou dois marcadores para trás, cortou para o meio e chutou levando perigo para o goleiro Igor Jectan. Aos 23, foi a vez do Mais Querido chegar ao ataque. Após boa troca de passes na entrada da área, Peterson arriscou o chute, a bola passou rente à trave direita de Rhenan. Na sequência, um lançamento preciso achou Ratinho livre dentro da área para abrir o placar para o Bonsuça. Flamengo 0 x 1 Bonsucesso. Ratinho estava inspirado na partida. Aos 28, ele arrancou pela esquerda, deixou dois marcadores para trás e tocou para Rodrigo ficar cara a cara com Jectan, que fez ótima defesa evitando o segundo do time visitante.

(Foto: Nathan Mello/Flamengo)

A segunda etapa começou com o Mengão tomando conta das ações ofensivas e mais incisivo no ataque. Apesar do bom momento na partida, foi o time rubro-anil que teve a primeira oportunidade. Logo aos 9 minutos, Gabriel recebeu boa bola na área e bateu firme. Igor Jectan frez a defesa sem susto. Aos 17 foi a vez do Fla chegar com Cauan Emanuel. Ele recebeu na entrada da área, fez o giro e bateu firme obrigando o goleiro adversário a praticar a defesa difícil. O Mais Querido vinha melhor na partida quando aos 22, Fabrício cobrou linda falta ao estilo Ronaldinho Gaúcho, batendo por baixo da barreira. Mais uma vez o goleiro Rhenan foi obrigado a fazer boa defesa. O Fla pressionava, mas não conseguia tirar o zero do placar. Até que no apagar das luzes, aos 38, Fabrício achou Oliveira livre dentro da área, o camisa 7 rubro-negro teve frieza ao chutar cruzado para deslocar o goleiro e empatar a partida. Já nos acréscimos veio a virada. Cauan Emanuel cobrou o escanteio e João Vitor cabeceou para o gol. E ainda deu tempo para ampliar. João Marcelo fez ótima jogada pela direita, arrancou, invadiu a área e rolou para João Vitor fazer o segundo dele na partida. Final da partida.
Flamengo 3 x 1 Bonsucesso.

Flamengo:
Igor Jectan, Cauan Thimoteo(Hygor), Londrina, Arthur Silva e Jonathan(Mandovani); Nicollas (Fabrício), Darlan, Quintino, Peterson(Cauan Emanuel) e Oliveira; Athila(João Vitor). Técnico: Leonardo Cherede


O sub-17:

O Flamengo começou pressionando muito o adversário em seu campo e sem dar espaços para o contra-ataque. Com o Bonsucesso fechado na defesa, restava os chutes de média e longa distância, e foi assim que o Fla chegou aos 14 minutos. Lucas Gabriel recebeu na intermediária e arriscou dali mesmo. A bola passou à esquerda do gol defendido por Bruno. A insistência nessa jogada levou o Mengão a abrir o placar com Rodrigo Muniz. O camisa 7 recebeu na entrada da área e chutou colocado. Indefensável para o goleiro adversário. Flamengo 1 x 0 Bonsucesso. Apesar da vantagem, o Mais Querido não mudou a postura. Pressão no campo adversário com trocas rápidas de posição. Aos 29 minutos Rhyan sofreu pênalti cometido pelo goleiro do Bonsuça. Yuri foi para a cobrança e ampliou o placar. Flamengo 2 x 0 Bonsucesso. O Fla era muito agressivo na parte ofensiva e pressionava demais. Até que aos 34, Braian foi no fundo e cruzou na área, Rhyan dividiu no alto com o zagueiro e, a bola sobrou limpa para Rodrigo Muniz guardar o segundo dele na partida e o terceiro do Flamengo. Quatro minutos depois, Gomes achou Yuri infiltrando na área. Com muita tranquilidade, o camisa 10 ficou cara a cara com o goleiro e só teve o teve o trabalho de escolher o canto. Ainda dava tempo para mais um, em jogada muito parecida, mas dessa vez com infiltração de Muniz, o camisa 7 recebeu, limpou o goleiro, mas acabou finalizando torto para fora.  Fim do primeiro tempo: Flamengo 4 x 0 Bonsucesso.

Em primeiro plano, Rodrigo Muniz autor de dois gols. Ao fundo o camisa 9 Rhyan, que também marcou na partida (Foto: A7 Comunicação Esportiva)

O segundo tempo começou da mesma forma que acabou o primeiro, o Fla muito agressivo no campo adversário sem dar espaço para sequer respirarem. Logo aos 2 minutos, João Gabriel tocou para Rhyan, que fez o pivô, girou e bateu por cima do gol. Já próximo a parada técnica, aos 19 minutos, Yuri cobrou falta frontal por cima da barreira com muita categoria, para achar Rhyan livre para marcar o quinto do Fla na partida. Apesar do forte Sol na Gávea, os Garotos do Ninho estavam bem à vontade. Aos 21, João Gabriel arriscou de muito longe, quase da intermediária, e a bola beijou o travessão levando muito perigo para o goleiro Bruno. Foi de arrancar o “uuuuuuuuh” dos presentes no estádio. A galera queria mais, é claro. Aos 31, Marcos Felipe colocou a bola na cabeça de Lázaro, que cabeceou muito bem, mas o goleiro conseguiu defender. Já aos 41, veio o gol que sacramentou a goleada. O lateral Ítalo recebeu na entrada da área e acertou lindo chute de longe. Final de partida.
Flamengo 6 x 0 Bonsucesso.

Flamengo:
Rodrigo Jardim, Braian, Natan, Lucas Chagas e Ítalo; Lucas Gabriel, Gomes, Yuri e Bruno Gabriel; Rhyan e Rodrigo Muniz. Técnico: Phelipe Leal

Reprodução: Flamengo Oficial

Veja também