Barbieri revela importância de Zé Ricardo em sua chegada ao Fla

Não é exagero afirmar que Maurício Barbieri conseguiu fazer o Flamengo jogar e se impor diante de seus adversários. A equipe carioca, muito destacada pelos “chuveirinhos” sem grandes perigos, conseguiu se reorganizar com o jovem técnico no comando. Entretanto, ele não era unanimidade quando assumiu o time de forma interina. Em entrevista ao Globoesporte.com, o treinador contou detalhes sobre sua relação com Zé Ricardo e revelou a importância do ex-técnico do Fla para sua chegada ao clube da Gávea.

Primeiramente, Barbieri falou sobre a amizade possui com Zé Ricardo e como isto o ajudou a permanecer no Fla, após realizar estágio no clube como forma de complemento da carga horária do curso da CBF.

— O Zé é um grande amigo e uma referência profissional, sem dúvida nenhuma. Enquanto o Zé era treinador aqui eu precisava fazer as horas de observação pelo curso da CBF. Vim e fiquei aqui no Flamengo um tempo. Isso de alguma maneira abriu as portas do clube para mim. E sem dúvida nenhuma o fato de estar aqui hoje tem muito a ver com a história do Zé. Não posso dizer que ele foi pioneiro em ser efetivado depois de ser interino por que o Flamengo tem história de aproveitar os profissionais da casa e até ser campeão -, disse o comandante rubro-negro.

Por fim, o treinador ainda falou sobre as conversas que teve com Zé Ricardo, mas deixou claro que os diálogos não são relacionados ao estilo de jogo dos dois técnicos que, segundo ele, se diferem.

Ele veio da base, foi interino, efetivado e teve sucesso no comando do time. A gente conversou algumas vezes, a gente conversa ainda, mas em relação as escolhas, a equipe, ele tem a maneira dele de ver o jogo, tenho a minha. Não falamos muito sobre isso, a não ser que seja uma dúvida muito pontual. Nós conversamos de maneira geral sobre futebol -, finalizou.

Maurício Barbieri chegou ao Mais Querido para substituir Paulo César Carpegiani, demitido após derrota diante do Botafogo, na semi-final do Campeonato Carioca. Ainda que sob forte pressão por resultados e desconfianças da torcida, sobretudo pela falta de experiência na profissão, o técnico conseguiu bons resultados à frente do clube carioca e acabou sendo efetivado no cargo. Com o jovem treinador no comando, o Fla terminou a primeira metade do Campeonato Brasileiro na liderança, de forma isolada, fato que não acontecia desde 2011. Além disso, conquistou classificação para as próximas fases da Libertadores e Copa do Brasil.

Veja também

  • Cuidado para daqui a pouco não esta dizendo que o time deu um show, quando time foi totalmente dominado pelo adversário.

Comentários não são permitidos.