Fla pressiona, mas desperdiça oportunidades e perde para o São Paulo no retorno do Brasileirão

Logo no retorno do Brasileirão após a Copa do Mundo, o Flamengo recebeu o São Paulo, duelo importantíssimo para a parte de cima da tabela. Líder absoluto, o Mengão teve o privilégio de jogar em casa, para o público de 55.946 presentes (51.777 pagantes). Entretanto, decepcionando a massa rubro-negra, o Fla foi superado pelo adversário, perdendo pelo placar de 1 a 0.

O jogo

Convicto de que o trabalho vem sendo bem feito, o técnico Mauricio Barbieri manteve o mesmo padrão tático que utilizou antes da pausa para o Mundial. Entretanto, foi obrigado a fazer mudança de peças, por conta de saídas e suspensões: Guerrero, Marlos e Rômulo ganharam vaga na equipe titular, além de Réver, que reassumiu a posição após se recuperar de lesão.

Apesar da ideia do 4-3-3 ser mantida, pôde se perceber um maior deslocamento de Diego, uma vez que o meia, por vezes, se apresentava mais caído pelo lado esquerdo, liberando o colombiano Marlos Moreno para avançar e, em algumas ocasiões, jogar na mesma linha de Guerrero.

Entretanto, não era só o Flamengo que parecia bem treinado para fazer o que estava planejado. O São Paulo, jogando com linhas bem compactas, não dava tantas brechas ao Rubro-Negro e, quando encontrava espaço, saía na velocidade para pegar a defesa do Mengo exposta.

Prova dos poucos espaços em campo é o fato de que a primeira chance clara de gol surgiu apenas aos 29 minutos de jogo, e foi do Tricolor. O estreante da noite, Joao Rojas, recebeu pelo lado direito, encarou Réver no um contra um e deixou o capitão rubro-negro na saudade. O equatoriano bateu cruzado e Diego Alves defendeu bem. No rebote, Everton Cardoso emendou uma puxeta, mas a bola acabou se perdendo pela linha de fundo.

Após a chance dos visitantes, o Mengão foi para o ataque tentar a resposta, e a bola parada parecia ser a chave. O primeiro lance de perigo partiu de escanteio pelo lado esquerdo: Diego cobrou fechado e Sidão teve que sair para socar a bola. Na sobra, Everton Ribeiro encheu o pé e a bola tinha endereço, mas acabou desviando em Nenê e foi para escanteio.

Pouco depois, aos 42, Diego teve nova chance de alçar a bola na área. O camisa 10 cobrou a falta na risca da pequena área, Lucas Paquetá se antecipou à zaga e desviou para tentar balançar as redes. A bola superou o goleiro adversário, mas acabou indo caprichosamente no travessão, levando a torcida ao delírio no Maracanã.

A partida seguiu truncada, com as duas equipes esperando erros do adversário e brechas para impor seus respectivos estilos de jogo. Vale destacar que, na reta final do primeiro tempo, o número de faltas cresceu e cada time saindo com um amarelado: Rômulo pelo Fla e Everton pelo São Paulo. Ainda sobre o primeiro tempo, merece citar a grande atuação de Léo Duarte, que não deu espaço para as investidas em velocidade da equipe paulista

A postura do Fla para os últimos 45 minutos não mudou. O Rubro-Negro seguiu propondo o jogo e, logo aos dois minutos, Marlos Moreno fez ótima jogada individual, driblo um marcador e tentou cruzar na área. Porém, foi travado no momento do passe, e a bola saiu para escanteio.

No escanteio, o São Paulo cortou bem, e o contra-ataque foi cruel. Nenê recebeu em velocidade e tentou virar para Rojas. Renê cortou, mas a bola acabou voltando para o domínio tricolor. Rojas recebeu pela direita, conseguiu dominar e cruzar desta vez. A bola foi na medida para Everton Cardoso, que cabeceou no contrapé de Diego Alves, sem chances para o goleiro.

Com o adversário na frente, o Fla passou a ter postura ainda mais ofensiva. Em lance pela esquerda, Renê chegou à linha de fundo e tentou passar para Diego. O meia não conseguiu finalizar bem e a pelota sobrou para Guerrero. Sem jeito, o peruano até conseguiu desviar de cabeça, mas o goleiro Sidão fez a defesa aos cinco minutos.

Com o placar favorável, o São Paulo passou a fazer a famosa cera, retardando o início da partida ao máximo nos lances de bola parada, o que gerava cada vez mais irritação nos rubro-negros.

Para ter mais poder de fogo, Mauricio Barbieri resolveu mexer na equipe logo aos 15 minutos do segundo tempo. O treinador sacou Marlos Moreno, que se apresentava bem, mas falhava na hora de decidir, e chamou o colombiano Fernando Uribe, que entrou para estrear pelo Fla.

Com poucos minutos em campo, o camisa 20 teve grande chance para igualar o marcador. Diego lançou na área, Guerrero foi no segundo andar e escorou para a entrada da pequena área. Paquetá finalizou bem e Sidão fez ótima defesa. Na sobra, a bola veio a priore para Uribe que, na marca do pênalti, finalizou para fora.

E o Flamengo seguiu pressionando. No lance seguinte, Paquetá recebeu pela direita e mandou na medida para Uribe mostrar um de seus principais fundamentos: o cabeceio. O colombiano foi muito bem no lance e cabeceou para o chão. Porém, melhor que a finalização de Uribe foi a defesa de Sidão, que garantiu a manutenção do placar aos 21 minutos.

O destino parecia querer consagrar Fernando Uribe, e ele teve uma nova chance. Em um dos poucos contra-ataques que o Rubro-Negro teve, Diego fez passe em profundidade para o colombiano. Ele avançou com liberdade e invadiu a área. Porém, ao invés de finalizar, ele preferiu esperar Guerrero chegar e tentou o passe. Contudo, junto ao peruano, chegou a marcação, e o Fla perdeu uma grande chance.

Com dois centroavantes, o Flamengo passou a investir na jogada aérea, e Barbieri decidiu fazer mais uma alteração: ele sacou Rômulo, que não fazia grande partida, para colocar Miguel Trauco, uma vez que o camisa 13 tem característica mais ofensiva.

A última cartada de Mauricio Barbieri foi aos 38 minutos. Ele sacou Everton Ribeiro, que caiu de rendimento no segundo tempo, e acionou o jovem Matheus Sávio, que entrou para atacar pelo lado direito.

Apesar da pressão e das mexidas realizadas, o Flamengo não conseguiu reverter o placar e acabou sendo derrotado pelo Tricolor Paulista. Com a vitória, o time treinado por Aguirre chegou a 26 pontos e colou no Fla na tabela de classificação. Porém, o Fla ainda continua sendo líder, com 27 pontos.

A próxima oportunidade para o Mais Querido voltar a pontuar no Brasileirão será no sábado (21), quando o Mengo encara o Botafogo pela 14ª rodada da competição. O embate está marcado para as 19h (de Brasília) no Maracanã.

Veja também

  • Torcida não pode ser só 8 ou 80. Nem parece que seguimos líderes do campeonato. Óbvio que o time nao jogou bem, tanto que perdeu. Mas vejam as estatísticas do jogo. Faltou Cuéllar, infelizmente ou até mesmo o Jonas. O Rômulo, infelizmente, foi mal mais uma vez. Desaprendeu!
    Renê, pra mim, o grande culpado, pois sozinho, conseguiu dar um lançamento de bosta, na cabeça do meio campista que resultou no contra-ataque mortal do SP. Depois levaram contra-ataques por mal posicionamento. Lembrou o Brasil contra Bélgica.
    Rodinei não pode mais cobrar escanteio, tem que ficar no meio campo, junto com Renê pra proteção da zaga nos escanteios. Não sabe cruzar nem com bola parada, muito menos com bola rolando.
    ER muito abaixo, assim como Guerrero, Paquetá e Diego. Ou seja, nada funcionou bem, onde a bola passa o tempo todo.
    Vi o Uribe muito bem, apesar do gol perdido. Quem critica o cara no primeiro jogo nunca jogou bola na vida.
    Réver lento demais e Marlos enrolado demais. Se salvam L. Duarte e Diego Alves, este com ressalvas, pois fiquei com impressão que ele poderia ter saído no cruzamento que o Everton fez o gol. Enfim, ganhar dos Bostafogo no sábado e seguir líder. Péssima a narração do Cleber Machado! Desanimado, fala de tudo quanto é bosta, não presta atenção no jogo, erra nome dos jogadores. Horrível! E no Premier não era HD, no meu caso. SRN

  • É verdade. O Mengão desperdiçou muitas oportunidades e, como quem não faz, leva, levou um gol, depois de falhas seguidas, numa jogada despretensiosa.
    O São Paulo, que tem uma excelente equipe, se aproveitou da falha e segurou o placar como pode, com inúmeras faltas e muita cera. Parece que aprendeu muito com Neymar, durante a copa. Nenê, que desde os tempos de Vasco, além de sempre matar a bola ainda no campo do adversário, com faltas, também aderiu ao cai-cai.
    O placar foi justo pelo o que erraram, os jogadores do Mengão.
    Barbieri vai ter muito trabalho para reorganizar o ataque, depois da saída de V.Jr. Penso que Babel era o grande nome para substituir a “jóia”. Se não vier ninguém, o meu nome preferido é Thiago Santos, que era a “jóia” do início de 2017, quando se machucou e nunca mais vestiu a camisa do Mengão. É muito bom de bola.
    Além do ataque, entendo que Réver teria que ser substituído pelo Thuler. Entretanto, acho que vai ser um ( ou “o”) desafio de Barbieri, com a equipe.

  • Será que ninguém percebeu que esse RôMula está de sacanagem com o Fla? O cara é vascaíno. Acostumado a derrotas. No lance do gol, a facilidade com que os caras invadiram nossa área prova que esse cara é um “M”. Se Cuellar(ou até o Jonas) estivessem no lugar desse “M” não teríamos perdido. Sem mais

  • A defesa vinha sendo o lonto forte do time, Léo Duarte e Thuller jogando mundo, aí vem o treinador e de uma forma covarde barra o Thuller e põe a lesma do Réver que comprometeu todo o sistema defensivo !

  • O que me deixa mais puto era que o jogo de hoje a vitória era fundamental, pois a vantagem iria pra 7 pontos, uma gordura que faz diferença lá na frente e da tranquilidade pra equipe mas consegue perder em casa pra 50 mil rubro-negros. Fora a incrível dificuldade de vencer os paulistas. E, por fim, nossos atacantes não sabem fazer gol.

    • Rodiney e Pará são limitadíssimos. E o Fla não contratou ninguém. Para a lateral esquerda fiquei impressionado com a qualidade do garoto do sub20 Ramon noúltimo jogo contra a chape. Ataca e defende bem, com a autoridade de um craque.

  • O gol que levamos foi ridículo. Ofensivamente faltou concluir melhor, pois de certa forma criamos. Defensivamente foi trágico. Réver e Rômulo foram desastrosos. Marlos Moreno e Éverton Ribeiro foram abaixo da crítica. Guerrero só atrapalhou.
    Com essa derrota, colocamos todos os adversários no campeonato e ainda por cima colocamos um belo ponto de interrogação se esse time é ou não capacitado para ganhar algo.

  • Quando o Barbieri reclamava que não tinha tempo p treinar, quem resolveu p ele foram Vini, Paquetá, Léo Duarte, Thuler… Aí o cara tem 35 dia pra acertar td, me volta com Rômulo, Trauco, Rever, Marlos… o resultado é esse aí mesmo

  • calma la galera, nitidamente da pra perceber uma evolução da equipe, o Diego soltando mais a bola, time consciente na hora do passe, poucos erros, mais triangulações, só que o são paulo achou um gol, ai já com 11 minutos do segundo tempo fica difícil buscar com mais tranquilidade, no banco alem do mateus, não tem jogadores com as características de ponta, e na volancia só tem o Rômulo, como volante defensivo, o arão é muito ruim defensivamente

    • Mais triangulações amigo? Que jogo vc viu? Os caras pareciam estar a
      1 Km um do outro….

  • Precisamos urgente de laterais pq esse Trauco não da mais, eu ia falar Rodinei tbm mas renovaram com ele. Um zagueiro pq esse Rever ta osso, Juan ta aposentado e Rhodolfo não melhora nunca, ta foda. Um volante pra revezar com o Cuellar, manda o Romulo pra pqp, Vitinho pra ontem e um atacante que faça gol senão vai fazer torcedor passar vergonha DE NOVO.

    • KKKKKKKKKKKKKKKKK. gostei do mandar o Rômulo p PQP. KKKKKKKKKKKKKK

  • Matheus Sávio e Trauco NÃO existem… Desenterrou os dois outra vez?? Pra que???

  • Será que só eu acho que esse Everton Ribeiro foi o pior em campo? Enganador do karaio… Só deu contra-ataque…

    • Na minha opinião o Everton Ribeiro é um tremendo enganador, sem raça…

  • Daqui pra frente vai ser só raiva perdemos logo para os bamby tnc!

  • Ficaremos no cheirinho mais uma vez? Vou mudar o discurso: Faltam 20 pontos!!!

  • Kkkk rever de volta ? Meu deeeeus.. Guerreiro nao pode mais jogar pelo flamengo!! As únicas duas partidas em q ele jogou pelo flamengo no brasileiro, adivinhem o resultado.. Derrota.. Chapecoense e sp!

    • Calma que vem coisa pior por aí. Por acaso o nome Arão te lembra algo? KKKKKKKKKKKKK

    • Calma que vem coisa pior por aí. Por acaso o nome Arão te lembra algo? KKKKKKKKKKKKK

  • O Flamengo contrata só atacantes, mas as laterais continuam com problemas. O gol do SP saiu pelo lado esquerdo, obviamente pelo lado direito da defesa do Flamengo e quem estava marcando pelo lado direito da defesa era o René, que é lateral esquerdo, quando deveria estar ali era o rodinei. O tal do Rômulo, Marlos, Guerrero, Everton Ribeiro não tem condições.

  • Cadê aquela enquete marota desse site com o Guerrero ganhando a preferência no ataque com mais de 50%? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Bem lembrado. Odeio esse cara

  • Já vi esse filme antes! Vamos ficar no Cheirinho novamente.

  • Cadê a galera que disse que o Everton Cardoso era fraco e não valia mais que 200 mil de salário e que não iria fazer falta? Cadê vcs? kkkkk

  • FORA GUERRERO E REVER!

  • Estagiário nao treinou o time na férias

  • Quem é o pai de santo do Rever?

  • Barbieri, meu querido, Matheus Sávio? Romulo? E a panelinha peruana, quando Guerrero joga o Trauco tem que jogar também. Marlos fraco demais e esse Uribe já chegou bem, perdendo 2 chances claras de gol

    • Calma percebi no Uribe uma característica que todo centro-avante tem. Presença de área. Nem o Lincon me mostrou essa característica. Guerreiro nem preciso dizer.

  • o Flamengo perdeu por causa de 3 detalhes importantes!
    O 1º chama se Treinador Boneca BARBIE, esse cara é um tremendo idota e burro! Escalar a desgraça do Rômulo, o Cancerígeno do Renê e o Marlos!
    O 2º pela insistência de tanta burrice da Barbie, insistir com estes 3 jogadores no 2º tempo! O 3º na continuação da burrice da Barbie em substituir errado no time, colocando o esquecido Trauco no Lugar do Defunto Ribeiro!!!!!
    O Flamengo queria contratar o Abel Braga, quando ele estava no Florminense, e agora que esta livre no mercado, insiste com a BICHA DA BARBIE! VÃO TODOS TOMAR NO CENTRO DO CÚ!

  • Com Guerreiro e Rômulo, esqueçam..

  • O Peruano voltou, e o Flamengo tomou…

  • Réver , Trauco , Rômulo , Mateus Sávio sem condições…

  • Cara. Eu não sei pq o Flamengo tem tanta dificuldade de vencer os paulistas. Não ganha em SP, não ganha no RJ, vai ganhar onde? PQP! Que freguesia!

  • Apesar do gol perdido pelo Uribe, o cara é participativo. Guerrero e só enfeite nesse ataque. Time perde mt com ele quando joga contra defesa fechada. Marlos e mt perna pra pouco cabeça pensante.

  • Time que tá ganhando não se mexe! Rever no lugar do Thuler? Hoje o Rever não joga nem no Bangú! E outra: Everton bom não é o Ribeiro, é o Cardoso! Pra quem disse que ele não faria falta… E segue o baile!!!

  • Mais de um mês parado e o time continua um bando desordenado, falta padrão de jogo.
    Aguentar Rômulo, Trauco, Marlos e o armandinho do Everton Ribeiro, é dose.
    Pelo visto ficaremos mais um ano só no cheirinho.

  • #SaudadesVinícius

    Time perdeu seu diferencial técnico quando o coletivo não funciona muito bem…

    Vem logo Vitinho.

  • Vitinho? Já chegou… Vitinho já!

  • Fora Guerrero! Sua porcaria. Vazaa

  • Romulo, Rever , Trauco, Guerrero, Marlos Moreno ??? Podem esquecer !

Comentários não são permitidos.