Fla acredita ter mais chances de ser campeão do Brasileiro, mas não fala em prioridade

Após passar meses de alegria e alívio, o Flamengo está passando por um momento conturbado na temporada. O Rubro-Negro perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro para o São Paulo e sofreu um revés no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Conmebol Libertadores para o Cruzeiro. Com isso, apesar de evitarem falar sobre o assunto, se necessário, o foco deve ser no Brasileirão, segundo informou o Uol Esporte.

De acordo com o Uol, mesmo que os integrantes do departamento de futebol, os atletas e os dirigentes não falem abertamente, há um consenso entre as partes, nos bastidores, de que o Brasileiro seja a maior possibilidade de conquista do Mengão nesta temporada. Por ainda haver 21 rodadas em disputa, o Nacional é visto como uma competição que possa gerar uma margem de erro considerável.

Afinal, nas competições de mata-mata, como é o caso da Libertadores e da Copa do Brasil, um lance isolado pode colocar tudo a perder e eliminar o clube de maior investimento, folha salarial ou melhores jogadores. Devido a isso, apostar neste tipo de torneio é considerado como arriscado no Ninho do Urubu.

Agora, como o Brasileirão é longo e é de pontos corridos, o clube vê mais chances de rodar os atletas devido a suspensões ou lesões e, ainda assim, superar boa parte dos rivais, até porque grande maioria não fizera o investimento no qual o Urubu fez. O Mengo, aliás, investiu pesado no mercado e, por isso, tem uma folha salarial superior a R$ 10 milhões por mês, de acordo com o Uol.

A Libertadores, atualmente, é analisado como complicado, pois vai ser necessário vencer a Raposa por três gols de diferença, no Mineirão. Na Copa do Brasil, contudo, a equipe rubro-negra tem grandes possibilidades. Empatou com o Grêmio, em pleno estádio do tricolor gaúcho, em 1 a 1. Ao que tudo indica e pelo processo ser delicado, o Campeonato Brasileiro ganha cada vez mais força.

Se o Flamengo passar pelo time gaúcho e garantir vaga na semifinal da Copa do Brasil, o processo deve ser revisto e o Mais Querido não vai abrir mão da competição. A premiação milionária que o torneio proporciona e os poucos jogos que restarão — apenas quatro — para uma possível conquista, são os motivos no qual fará o clube reavaliar o seu atual planejamento.


Compre capinhas oficiais do Mengão para teu celular! São diversos modelos diferentes para todos os gostos. Basta clicar aqui para ser redirecionado.


Apesar disso, nos bastidores não é bem visto a possibilidade de poupar atletas no Campeonato Brasileiro. Há o temor de perder proximidade do São Paulo, atual líder do Nacional e que vive ótima fase, e de ver os concorrentes se aproximarem ou, até mesmo, ultrapassarem o Rubro-Negro na tabela de classificação, casos de Internacional e Grêmio no momento, com o Atlético-MG e Palmeiras correndo por fora.

Os dirigentes cariocas reconhecem a necessidade de uma conquista de peso nesta temporada, até para ajudar nas eleições que acontecerão em dezembro de 2018. Devido a isso, errar no planejamento pode ser decisivo e traumático para a sequência do ano. Mesmo assim, a briga em todas as frentes não deve sair do discurso oficial.

Nesta semana, em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, o capitão Réver se pronunciou sobre o assunto e repetiu o que fora dito pelo técnico Mauricio Barbieri, após a derrota para o Cruzeiro na última quarta-feira (08).

A minha opinião é a mesma do treinador [Maurício Barbieri]. Não temos que priorizar. Se escolher e fracassar, deixamos boas oportunidades escaparem. O Flamengo tem elenco para isso e pode se dar ao luxo. Muitos jogadores gostariam de estar em nossa condição —, afirmou o o jogador.

Um dos líderes do atual elenco, o goleiro Diego Alves também ratificou que a equipe vê todos os jogos, de todas as competições, como prioridade absoluta: “Prioridade são todos os jogos“, completou o camisa 1 da Gávea.

Réver e Diego Alves devem estar em campo neste domingo (12), contra o Cruzeiro, no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. A partida é válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro e o treinador Mauricio Barbieri não deve poupar, embora conte com dois desfalques por terem recebido o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio: Gustavo Cuéllar e Renê.

Lucas Paquetá, por outro lado, retorna ao time, depois de ter ficado de fora do cotejo da última quarta-feira (08), também contra a equipe mineira. A peleja vai ter início às 16h, horário de Brasília, e o comandante da equipe celeste, Mano Menezes, deve levar um time replete de reservas a campo.

Veja também

  • Se o grupo do Bandeira não ganhar as eleições o Flamengo vai ficar novamente entregue aos vampiros . Quando as finanças do clube estavam ruins ninguém queria ser presidente do Flamengo .

  • Sem poupar ninguém o Flamengo vai voltar a liderança e vai despachar o Brêmio na copa do Brasil .

  • Todo ano a mesma babaquice, mas quando termina não conquista um título sequer.

Comentários não são permitidos.