Flamengo arrasa Niterói e conquista segunda vitória no Estadual 2018

Que o Flamengo era favorito, disso ninguém tinha dúvidas. Com tamanha superioridade, a vitória sobre o Niterói Basquete era iminente. E foi assim que acabou a noite na Gávea, com o time arrasando o adversário por 100 a 36, conquistando seu segunda vitória no Campeonato Estadual de 2018, no primeiro jogo com a presença da Nação Rubro-Negra.

Anderson Varejão, com 20 pontos, foi o cestinha da partida. João Vitor, com 15, e Olivinha, com 14, também se destacaram na partida. O Flamengo volta à quadra no próximo sábado (25), contra o Vasco da Gama, no Tijuca Tênis Clube, às 17h.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


O jogo

O Flamengo começou o jogo como se esperava. Foi para cima do Niterói e mostrou que queria resolver a partida cedo. Os primeiros três minutos foram totalmente rubro-negros, que abriu 8 a 0 e forçou o primeiro pedido de tempo do técnico Mingau. Não adiantou muito, pois o Mais Querido continuou a atuar muito bem diante de sua torcida. Com jogadas rápidas, trocas constantes e fazendo valer a maior categoria, o time fechou o primeiro quarto em 31 a 03.

O segundo quarto não teve mudança de cenário. Gustavinho continuou com o time em cima do Niterói sem parar. A diferença foi ampliando e o Flamengo continuava com a intensidade do início do jogo. Com trocas no time e testando diversas opções, o treinador rubro-negro aproveitou para observar jogadores mais jovens como Matheusinho e Aieser. Mas o show vinha de Olivinha e Varejão, que combinaram para fazer 22 pontos e ajudar a fechar o primeiro tempo em 58 a 14.

Na volta do segundo tempo, Gustavo De Conti manteve a força da equipe e tratou de botar o Flamengo para cima. Varejão, com 100% de aproveitamento no garrafão arriscou de três. E fez. O camisa 17 foi colecionando pontos e a distância foi aumentando cada vez mais, até fechar o quarto em 84 a 23.

O cenário foi o mesmo no último quarto. A disparidade entre os times era latente demais. A torcida presente na Gávea começou a contagem regressiva para os 100 pontos, que vieram com João Vitor, em lance livre faltando três minutos para o fim. E como se quisesse fechar exatamente assim, o Flamengo fechou em 100 a 36 o seu reencontro com a Nação.

Reprodução: Site oficial do Flamengo

Veja também

Comentários não são permitidos.