RMP: “Vitória contra a crise”

Contra os titulares do Grêmio, pela Copa do Brasil, o Flamengo jogou bem e empatou. Mas, em seguida, pelo Brasileiro, perdeu (feio) dos reservas. Contra a equipe principal do Cruzeiro, na Libertadores, apanhou e hoje, pelo Brasileiro, enfrenta os reservas de Mano Menezes. Se não vencer, o ambiente ficará pesado no clube. E a crise será certa se, na quarta-feira seguinte, pela Copa do Brasil, acabar desclassificado pela equipe de Renato Gaúcho – nos bastidores, a Libertadores já é considerada perdida.

Com o lançamento oficial da chapa de Rodolfo Landim e Rodrigo Dunshee de Abranches, anteontem, o clima já é de eleições na Gávea. E o candidato de oposição começou batendo forte na postura blasé de Bandeira de Mello, diante das várias derrotas do futebol em seus seis anos de mandato:

Eu não suporto perder, acho que o Flamengo tem de ganhar tudo. Perder é da vida, mas tem de estar sempre querendo ganhar. E tem de estar sempre indignado com a derrota – disse.

Candidato da situação, o atual vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba, só tem uma chance: conquistar um título expressivo como o Brasileiro ou a Copa do Brasil (o ideal mesmo seria a praticamente perdida Libertadores). Caso contrário, Landim será o futuro presidente do Fla.

Reprodução: Blog do Renato Maurício Prado


Compre capinhas oficiais do Mengão para teu celular! São diversos modelos diferentes para todos os gostos. Basta clicar aqui para ser redirecionado.

  • Desfalque? Apenas cuellar. Basta entrar com Diego Alves, Pará, thuler, Leo Duarte, Michel, Pires da Mota, Ronaldo, Paquetá, Diego, Vitinho e Henrique Dourado. Precisa Desenhar para a Barby.

Comentários não são permitidos.