Roberto Assaf: “Barbieri não disse. Mas também ninguém perguntou…”

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Vocês viram o Maurício Barbieri no Bem Amigos? Este site não tem o hábito de acompanhar o programa, notadamente quando é apresentado por seu titular, mas como o técnico rubro-negro estaria por lá, decidiu dar uma olhadinha, para saber o que o treinador do Flamengo diria sobre o vexame de domingo, em Curitiba.

Mas ele não disse nada. No entanto, justiça seja feita, o clima de camaradagem impediu que alguém o questionasse de maneira enfática. Barbieri chegou a esboçar que o time “cometeu erros”, levando-se em conta que “tomou três gols em 20 minutos”, mas não explicou quais foram. Admitiu que seus comandados estão “oscilando muito”, que “a gente não está satisfeito com o desempenho do pós Copa do Mundo”, e que Lincoln começou no banco “porque é preciso ter cuidado” para não jogar os jovens que vêm da base às feras sem critério, pois existe a possibilidade de prejudicá-los.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Quanto ao costume de poupar atletas, garantiu que “não há uma fórmula certa ou errada” para fazê-lo, que “as escolhas são sempre complicadas”, e que a lei da preservação obedece a uma lógica. “Só deixamos de fora aqueles que estão correndo algum risco, mas é melhor perder o jogador num jogo do que em outros dez”. E nada mais ocorreu.

Vale repetir, porém, que ninguém quis saber exatamente o que aconteceu no baile de Curitiba. E o programa acabou sem que o treinador explicasse absolutamente nada sobre o tombo. Aguardemos, pois, o duelo com o Vitória, quinta, no Maracanã.

Reprodução: Roberto Assaf | Rua Paysandu

Veja também

  • Tou vendo uma cega burrice em alguns comentarios, ao queimar uribe! Porque enquanto não tivermos laterais, e meio criativos nem um centro avante presta. Mais acho que isso não é visível pra muitos burros modinhas.

  • Enquanto entrar com Uribe vai levar tinta

Comentários não são permitidos.