Candidato à presidência do Flamengo, Landim garante tolerância zero com executivos em redes sociais

Em entrevista ao Blog Ser Flamengo, Rodolfo Landim, candidato da oposição à presidência do Flamengo, falou a Túlio Rodrigues sobre o comportamento de seus executivos, caso seja eleito. O candidato enfatizou que não haverá tolerância com pronunciamentos pessoais em redes sociais e que qualquer opinião divulgada por quem ocupa cargos como Vice Presidência ou gerência, é visto como posicionamento oficial do clube.


Compre capinhas oficiais do Mengão para teu celular! São diversos modelos diferentes para todos os gostos. Basta clicar aqui para ser redirecionado


– Não existe a possibilidade de eu amanhã, presidente do Flamengo, aliás, eu não tenho conta no Twitter, se vocês verem uma conta minha, é falso. Mas se eu tivesse um Twitter e amanhã eu entro e começo a dar opiniões minhas, não adianta eu dizer que são opiniões do Rodolfo Landim, será a opinião do presidente do Flamengo. Se eu ocupo o cargo de presidente do Flamengo e eu me posicionei, naturalmente aquilo vai ser visto como a opinião do presidente do Flamengo. E assim a mesma coisa com qualquer Vice-Presidente que tome conta de uma pasta do Flamengo. Então eu digo o seguinte: para os executivos do Flamengo, não vai ser permitido nenhum tipo de posicionamento pessoal sobre problemas do Flamengo e sim apenas posicionamentos oficiais do Flamengo -, explicou o candidato.

Vale lembrar que na gestão de Eduardo Bandeira de Mello, alguns executivos do Fla tiveram papel de destaque nas redes sociais. Inclusive, as redes do clube, que eram praticamente inexpressivas, se tornaram um ponto forte neste período. Mas Landim é categórico sobre o posicionamento pessoal e afirma que todo grupo que o apoia tem a mesma opinião.

– Não existe essa história de alguém que é do grupo dizer que pensa “isso”, mas que é “Minha opinião” e não do Flamengo. Você tem o direito a ter sua opinião, mas não no Flamengo. Não como VP ou gerente do Flamengo. O que você vai falar enquanto ocupar esses cargos é a posição oficial do Flamengo, e quanto a isso a minha tolerância será zero. Isto está claro, foi discutido por todo grupo e o grupo inteiro concorda -, concluiu Landim.

 

Veja também

  • Esse Bandeira de merda. Vai enterrar o Flamengo.

  • Deixem de ser omissos do jeito que a situação se encontra não dá.
    Tem que chamar um técnico para sacudir o time que está jogando sempre da mesma maneira.
    Eu apoio a volta do Vanderlei Luxemburgo que nas passagens anteriores sempre foi injustiçado e não tinha as opções que temos hoje.
    E foi o cara que lutou para termos um centro de treinamento digno

    • Prefiro o Pet como coordenador ao Profexo. Ele é muito vaidoso e apadrinha os jogadores do gênro. Já basta o Caetano que encheu o time de jogador meia boca.

  • E José, vice de marketing era o Bap, Landim se não me engano era vice de administração.

  • Vice de futebol era o Wallim, que era o vice de futebol campeão da Copa do Brasil (também cometeu erros, porém).

  • Foi vice de marketing.

  • Galera eu estou enganado ou este cara já foi vice de futebol na gestão do Bandeira?

    • Ex vice presidente de planejamento

Comentários não são permitidos.