fbpx

Lomba justifica investimentos do Flamengo e afirma: “Não disse que não precisamos de laterais”

Por: Higor Neves

Nesta quinta-feira (13), Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol do Flamengo e candidato à presidência do clube, concedeu entrevista ao Blog Ser Flamengoem parceria com o Coluna do Flamengo. Durante o bate-papo com Tulio Rodrigues, entrevistador na ocasião, um dos assuntos foi uma antiga declaração do cartola, que afirmou que o Fla não pretendia contratar laterais. Entretanto, em sua fala, Lomba garantiu que foi mal interpretado.

Eu discordo da sua interpretação (de que Barbieri decidiu sozinho). Eu acho que se a gente está falando de escalação e elenco, o protagonista é o treinador. O treinador que sabe o tipo de jogador que ele quer contar, que melhores se enquadram no esquema tático. Então o protagonista é o treinador sim. Mas nesse processo, obviamente, há outros personagens. O financeiro, por exempo, tem que opinar, para saber se há verba —, disse ele.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Em seguida, o dirigente apontou a limitação financeira da equipe, destacando perdas de atletas importantes para o elenco, como Vinicius Júnior, Paolo Guerrero e Felipe Vizeu. Segundo ele, o Fla precisava priorizar contratações para essas posições, com a ideia de manter o alto nível do primeiro semestre.

— Então, o que eu quero esclarecer é o seguinte: não estou falando que o Flamengo não precisa de laterais. O Flamengo precisa sempre dos melhores jogadores em todas as posições. Ocorre que o Flamengo tem um determinado orçamento para investir em seu futebol e tem que, em função dessa limitação, priorizar as suas contratações. Temos que lembrar que perdemos o Vinicius Júnior e precisava de alguém para aquela posição. Perdemos o Guerrero e Vizeu, precisamos de centroavante. Perdemos o Jonas também, ficaria só o Cuéllar de primeiro volante… Com isso, na janela do meio do ano, o treinador fez um levantamento do elenco, apontou as necessidades dele e as prioridades para a recomposição do elenco. A diretoria, em função de quanto dinheiro tinha para gastar, foi obedecendo a hierarquia dele.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

7 Comentários

  • Papo furado! Times com menor faturamento que o flamengo estão sendo mais eficientes…obtém resultados melhores…estão sabendo contratar, formar um time competitivo,etc.

  • Pelo amor de Deus, até qnd a saída do Vinícius Jr será desculpas? O mlk foi vendido há 1 ano!!! Cadê o planejamento? Gastaram o dinheiro da venda dele e esqueceram que ele iria sair, foi isso?? Não e possível! Essa é a melhor diretoria que a nação já teve, excelentes administradores, mas não entendem nada de futebol!!!

  • Perder o Vinícius Jr já era algo que todo mundo sabia que aconteceria, não foi algo que aconteceu do nada, além do fato de que se essa história de que o treinador que escolhe jogadores por querer contar com determinada característica for verdade, então escolheu muito errado, porque o Vitinho não tem NADA a ver com o Vinícius Jr. É um bom jogador? Sim. Tem estilo parecido com o Vinícius? Não, muito diferente.

    Flamengo não pagou nada ao Toluca pelo Uribe, paga somente as luvas e o salário ao jogador, portanto não vejo como essa contratação ocupou uma parte tão significativa desse orçamento.

    E não “perderam” o Jonas, o venderam porque quiseram, o Al-Ittihad não pagou o valor da multa, fez uma proposta (que nem era nada irrecusável, se a memória não me falha, era algo em torno de 9 milhões de reais) e a diretoria aceitou.

  • Criação de sites e aplicativos para celular