Velhos conhecidos: Dorival e Geuvânio se reencontram no Flamengo depois de parceria de sucesso no Santos

Por: Venê Casagrande

A chegada de Dorival Júnior ao Flamengo não significa apenas uma mudança na comissão técnica, mas também um combustível a mais para jogadores que não estavam tendo oportunidades. É o caso de Geuvânio, atacante que trabalhou com o treinador nos tempos de Santos, em 2015 e 2016, quando o camisa 23 rubro-negro teve a melhor fase na carreira.

Dorival Júnior gosta de Geuvânio e isso não é segredo. Não à toa que, no início desta temporada, o treinador, quando ainda estava no São Paulo, pediu a contratação do atacante, que andava em baixa no Flamengo. O jogador, ao saber do interesse do técnico, analisou e preferiu ficar no Rubro-Negro. A ideia era fazer uma pré-temporada com o grupo e se readaptar ao futebol brasileiro, já que estava atuando no Tianjin Quanjian, da China.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Para comprovar esse carinho especial de Dorival com Geuvânio é que, poucas horas depois de acertar com o Flamengo, o treinador pediu que o atacante viajasse às pressas do Rio de Janeiro para Salvador, onde a delegação está concentrada para o duelo deste sábado (29), com o Bahia, às 21h (de Brasília), pela 27ª rodada do Brasileirão.

NÚMEROS DE GEUVÂNIO NO FLAMENGO:

Geuvânio chegou ao Flamengo no meio da temporada passada. Em 2017, entrou em campo 18 vezes e marcou apenas um gol. Neste ano, o atacante tem o mesmo número de partidas, mas conseguiu balançar a rede duas vezes. Emprestado pelo Tianjin Quanjian até dezembro, ele enxerga, na troca de comando, um ânimo a mais para conseguir voltar a demonstrar um bom futebol.

Veja também

  • Tomara que voa baixo no mengo bom jogador

  • Como sempre, o cara não desaprende a jogar bola. Técnico que quer inventar posição para jogador que faz a merda.

  • NO CREO!!!!

Comentários não são permitidos.