Fla-Flu de um ano atrás terminou 1 a 1 e teve gol contra bizarro de Pará

FOTO: ALEXANDRE LOUREIRO/GETTY IMAGES

Por: Igor Dorilêo

O clássico entre Flamengo e Fluminense deste sábado (13) será realizado praticamente um ano depois do Fla-Flu válido pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro da temporada passada, também no Maracanã, no dia 12 de outubro. Naquela ocasião, o Rubro-Negro brigava para ficar na zona de classificação para a Libertadores, enquanto o rival lutava contra o rebaixamento. No final do jogo, placar de 1 a 1.

A partida ficou marcada por um gol contra bizarro marcado pelo lateral Pará, que naquele jogo atuou na esquerda e abriu o placar a favor dos tricolores. Mas Réver, de cabeça, deixou tudo igual no confronto realizado no Dia das Crianças. Como um todo, o duelo, que contou com 38.629 pessoas presentes, foi truncado.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Naquela ocasião, Reinaldo Rueda, técnico do Flamengo, escalou Rodinei na direita, ficando com dois laterais destros na equipe. Além disso, o meio de campo contava com a presença de Márcio Araújo e Rômulo, com Berrío jogando na frente. Dos que entraram em campo, Diego Alves, Réver, Pará, Everton Ribeiro e Paquetá são os que permanecem no time titular um ano depois.

Atualmente titulares absolutos, Léo Duarte e Cuéllar estavam no banco de reservas e sequer entraram. Outro que foi preterido, foi o lateral esquerdo Renê, sendo a última opção para a posição, já que o peruano Miguel Trauco chegou a entrar durante o decorrer da partida.

Do lado do Flu, estava o artilheiro do campeonato Henrique Dourado, hoje no Rubro-Negro. Além disso, quem comandava a equipe era Abel Braga, um dos sonhos de consumo do Flamengo para comandar o time na próxima temporada, já que recusou convites recebidos ao longo deste ano.

Neste ano, a situação na classificação de ambos a essa altura está melhor. O Flamengo briga pelo título brasileiro, enquanto o Fluminense tenta se aproximar do bloco que vai à Libertadores da América. Para o objetivo de ambos, é fundamental uma vitória no sábado (13). A bola rola às 17h (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também