“O melhor Paquetá vemos sem o Diego”, opina comentarista sobre retorno do camisa 10

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Diego Ribas foi uma das novidades do Flamengo durante a reapresentação do elenco, nesta terça (16), no CT do clube. O camisa 10 está no último estágio de recuperação da lesão sofrida na coxa e pode reaparecer na equipe. Gustavo Hofman, comentarista dos canais ESPN, opinou sobre o retorno do jogador, mas fez ressalvas sobre uma possível volta ao time titular.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Segundo Hofman, Lucas Paquetá rende mais sem Diego, apesar do futebol do camisa 10 crescer quando ambos atuam juntos no meio de campo do Fla. O comentarista também afirmou que continuaria com o esquema utilizado por Dorival Júnior, deixando o meia como opção no banco de reservas.

O Flamengo fez dois jogos sem o Diego e com o Paquetá avançado. O Paquetá faz com que o Diego jogue melhor, porque os dois conseguem se alternar bastante, dão equilíbrio para o meio de campo e o Diego cresce com o Paquetá. Mas o melhor Paquetá vemos sem o Diego. Hoje, pelo que esses atletas vêm jogando e pela ausência do Diego nos últimos jogos, eu não mudaria. Eu usaria o Diego como uma opção. Ele vai ser importante até o final do campeonato. É um atleta com talento acima da média —, opinou Gustavo Hofman.

O Flamengo retornou aos treinamentos no Ninho do Urubu, dando início à preparação para enfrentar o Paraná, no próximo domingo (21), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após duas vitórias consecutivas por 3 a 0, o Rubro-Negro segue na briga pela liderança da competição, atualmente ocupada pelo Palmeiras. O duelo contra o Tricolor da Vila será disputado no estádio Durival Britto, em Curitiba, às 19h (horário de Brasília).

Veja também

  • Bom…Paquetá já jogou e muito bem com Diego em campo…a questão é posicionamento, esquema, ajuste. O aprendiz vinha recuando Paquetá para a posição de volante, tirando dele o seu melhor, Diego vinha voltando muito para pegar a primeira bola, que tinha que ser do Cuellar. Com a entrada do Arão, veio o desafogo, pois é um jogador, que se apresenta bem a frente, aparece como elemento surpresa e cabeceia bem. Dois homens de meio, o que alivia o lado do Cuellar, podendo Paquetá jogar mais adiantado e ser muito mais participativo. Eu vejo claramente um ajuste no esquema. Everton Ribeiro é outro, que vem mantendo uma boa regularidade, o que ajuda na aproximação com os atacantes. Outro ponto muito importante é Vitinho: sendo o que se espera dele, participativo e cruzando bolas para o atacante, ai Uribe aparece e apareceu, fazendo sua melhor partida. A questão não é o Diego em si, mas o esquema, a organização tática do time em campo. Diego pode entrar…a questão é quem sai…Diego teria que jogar mais a frente, junto aos atacantes e o esquema teria que ser adequado a isso e Paquetá por exemplo teria que ser o segundo homem de meio, Cuellar mais atrás, ai quem roda é Arão: seria injusto, pois ele vem muito bem. Não vejo obrigação do Diego ter que jogar, poderia ser opção a principio, mas se trata sim de um grande jogador e pode ajudar e muito o time. No momento eu não mexeria, manteria como está, pois o que importa é o time jogar bem e vencer, não jogador A ou B.

  • Jogam as informações, para ver se colam.
    Cadê as estatísticas? Não mexeria na equipe e deixaria sim, o Diego no banco, porque “Em time que tá ganhando não se mexe!”.
    Cadê as estatísticas, comentaristazinho?

  • Em time que tá ganhando não se mexe!
    Flamengo vem fazendo ótimo primeiro tempo e no segundo cai o rendimento, então essa é a hora de utilizar o Diego, no segundo tempo de jogos onde o placar já foi construído, quando cai o rendimento e o jogo deve ser mais cadenciado.

Comentários não são permitidos.