Ídolo do Flamengo alerta Paquetá antes de ida para o Milan: “Tem que soltar mais a bola”

FOTO: STAFF IMAGES / FLAMENGO

Lucas Paquetá é um dos destaques do Flamengo no ano. No entanto, após a venda do jogador para o Milan, da Itália, a joia oscilou em seu desempenho dentro de campo. Ex-atleta do Fla, Sávio falou sobre o estilo do camisa 11 rubro-negro e aproveitou para dar um conselho a Paquetá nessa nova jornada no clube italiano, equipe que o meio-campista defenderá a partir de janeiro de 2019.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


— Muda muito na Europa, ainda mais no futebol italiano, que é muito mais de contato, força. Acho que o estilo do Paquetá, na minha opinião, é um estilo europeu. É claro que ele vai ter que se adaptar ao futebol dinâmico, muito mais no Brasil, a bola tem que correr mais. Não tem que tirar a característica dele, a qualidade técnica. Mas é tudo mais rápido, tem que pensar rápido, pensar de forma dinâmica, não tem como ficar segurando a bola —, disse o ex-atacante, em entrevista ao site da FOX Sports.

Assim como Lucas Paquetá, Sávio foi revelado nas categorias de base do Flamengo. Após se destacar no Rubro-Negro entre os anos de 1993 a 1997, ele foi vendido para o Real Madrid, da Espanha. O Diabo Loiro, como também é conhecido, destacou a evolução que o meia pode ter em solo europeu e elogiou o estilo de jogo de Paquetá.

— Ele tem um estilo muito cadenciado, gosto do estilo do Paquetá. Além de um grande jogador, ele tem uma dinâmica legal. Espero que ele possa crescer com experiência, parte física, técnica. Tem tudo para dar certo pelo estilo dele —, falou Sávio.

O Milan é a segunda equipe que mais venceu a Champions League, principal competição europeia, com sete títulos — só fica atrás do Real Madrid, que triunfou em 13 oportunidades. Porém, o Rossonero não tem o mesmo prestígio de outrora, ficando distante de ganhar até mesmo o Campeonato Italiano. Por isso, Sávio acredita que Paquetá deve chegar e jogar, algo que pode ser muito bom na sua trajetória em Milão.

— Não é um time que almeja hoje grandes conquistas. Não é o que foi o Milan já. No caso do Paquetá, é difícil analisar. Estamos falando de um dos maiores clubes do mundo. Pode ser positivo ele chegar, jogar, despontar e tentar resgatar a grandeza do Milan. Se encaixar e fazer o Milan a ganhar de novo, pode ser algo muito positivo —, finalizou Sávio.

Lucas Paquetá foi comprado pelo Milan por 35 milhões de euros, cerca de R$ 150 milhões, e se apresenta em janeiro ao clube italiano. Pelo Flamengo, o meio-campista atuou, até então, em 93 partidas e marcou 18 gols. Já Sávio, revelado em 1993, entrou em campo 255 vezes e balançou as redes em 88 oportunidades com o Manto Sagrado.

Veja também

  • Vai ter que voltar um dia e pagar aquele gol que perdeu na pequena área contra o Palmeiras, com o gol escancarado.

  • Que continue segurando a bola e se foda muito lá na Itália. Chinelinho da porra.

  • Caraleo!
    Sávio era o Anjo Loir da Gavea.
    Diabo loiro era o Paulo Nunes.
    Aprende aí jornalista Nutella

Comentários não são permitidos.