Por apoio a Landim, vice-geral do Flamengo se licencia do cargo: “Não acho ético”

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Durante o evento que marcou o 9º encontro das Embaixadas e Consulados do Flamengo, na Gávea, o presidente geral Maurício Gomes de Mattos anunciou licenciamento do cargo. O motivo é o apoio que tem demonstrado a Rodolfo Landim, candidato da oposição nas eleições do clube.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Vou entregar minha licença e saio da Gávea direto para o comitê de campanha do Landim. Não acho ético entrar na campanha sendo vice geral do clube. Sinto-me desconfortável — disse Gomes de Mattos, que foi muito festejado, já que era o nome forte do projeto comemorado na sede.

As eleições do Flamengo estão marcadas para acontecer no dia 8 de dezembro. Além de Rodolfo Landim, da Chapa Roxa, disputam o pleito os seguintes nomes: Ricardo Lomba, representante da situação pela Chapa Rosa, Marcelo Vargas, com a Chapa Branca, e José Carlos Peruano, da Chapa Amarela.

Veja também