Contratação de Trauco é tratada como prioridade por técnico do San Lorenzo, afirma jornal

FOTO: GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

Enquanto mira reforços para a próxima temporada, o Flamengo também negocia alguns de seus jogadores para outras equipes. Miguel Trauco, que teve poucas oportunidades em 2018 com a camisa rubro-negra, pode defender o San Lorenzo, da Argentina. O treinador do clube de Buenos Aires, inclusive, trata como prioridade a contratação do peruano. A informação foi noticiada pelo jornal argentino “El Clarín“.

A proposta apresentada pelos argentinos nos últimos dias seria a de empréstimo por um ano. O empresário do atleta, José Chacón, confirmou que as conversas entre San Lorenzo e Fla foram iniciadas. Além do defensor, outro nome que segue na mira do clube é Federico Mancuello, que vestiu as cores rubro-negras em 2017 e se transferiu para o Cruzeiro nesta temporada.

Ainda segundo o portal, restam apenas alguns detalhes para o acerto verbal entre Trauco e San Lorenzo. Após isso, a diretoria argentina tratará a negociação diretamente com o Flamengo. Vale lembrar que o jogador vê como opção a saída do clube da Gávea para que possa adquirir mais minutos em campo e, consequentemente, conseguir uma vaga na seleção peruana para a Copa América, competição que será disputada no Brasil, em 2019.

Números de Miguel Trauco no Flamengo:

Contratado em 2016, após grande destaque no Campeonato Peruano, em que atuou pelo Universitario, Trauco chegou com status para ocupar a titularidade na lateral esquerda do Flamengo, sobretudo por conta da saída de Jorge para o Monaco-FRA. Entretanto, as falhas defensivas apresentadas pelo camisa 13 foram o ponto de partida para as críticas, fazendo com que fosse preterido por Renê. Na atual temporada, o peruano disputou apenas dez jogos com a camisa rubro-negra, sem balançar as redes. O contrato do defensor com o Fla vai até o final de 2019.

Veja também

  • F

  • ÓTIMO jogador. Com aquela zaga lenta do Flamengo, até Roberto Carlos seria vaiado. Os argentinos sabem muito de bola, afinal, NENHUM ala no mundo tem tanta facilidade de bater na bola e armar jogadas pelo seu setor como o Trauco. Se eu fosse o Abel, exigiria a permanência dele. Com um sistema defensivo bem mintado, Trauco seria quase um armador pela esquerda. Fui técnico na várzea e trabalhava isso fácil e com sucesso.SRN.

Comentários não são permitidos.