Diego relembra frustrações desde que chegou ao Fla e avalia ano da equipe: “Não é positivo”

FOTO: CARLA ARAÚJO/COLUNA DO FLAMENGO

O Flamengo finalizou a temporada de 2018 neste sábado (01), no Maracanã, diante dos reservas do Atlético-PR. Contando com a presença de mais de 65 mil torcedores, o Rubro-Negro decepcionou e saiu de campo derrotado, pelo placar de 2 a 1, em partida que marcou ainda a despedida de Lucas Paquetá. Em entrevista na zona mista, Diego Ribas avaliou o ano da equipe.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Relembrando algumas frustrações desde que chegou ao clube, o experiente meia revelou que a temporada não é positiva. Segundo ele, um clube com a grandeza do Flamengo precisa conquistar títulos de relevância e, diante disso, tem que procurar evoluir para alcançar tal objetivo.

Não é positivo esse ano. Desde de que eu cheguei aqui foram três vice-campeonatos. Obviamente que algumas coisas boas aconteceram, mas, se tratando de Flamengo, tem que se conquistar títulos importantes, de peso. Nosso objetivo foi esse, lutamos, mas por alguma razão não conseguimos. Eu não saio satisfeito. É claro que seria um erro jogar tudo fora e começar tudo do zero. Algumas coisas, obviamente, aconteceram de positivo. Temos que nos agarrar a isso e evoluir urgentemente -, afirmou.

Diego Ribas e o restante do elenco do Flamengo entram de férias no próximo domingo e se reapresentam somente no dia 02 de janeiro, no CT Ninho do Urubu. Enquanto isso, os bastidores se agitam por conta da eleição presidencial do clube, que acontece no dia 08 de dezembro. Os candidatos ao pleito são Ricardo Lomba (Chapa Rosa), atual VP de Futebol, Rodolfo Landim (Chapa Roxa), Marcelo Vargas (Chapa Branca) e José Carlos Peruano (Chapa Amarela).

Veja também

  • Pelo menos o discurso já mudou. Antes achavam “normal” uma campanha assim, agora já querem títulos!! Que bom!!! Mas, Diego, vc vai ficar ou vai??? Já estamos batendo na trave faz tempo, ano passado poderia tranquilamente ter vindo um, Copa do Brasil ou SulAmericana. Ou os dois. O time teria outra cara, se tivéssemos pro ano que vem Vizeu, Paquetá e Vinícius Jr., mas o futebol hj é isso aí. Paciência. Deveria haver uma lei que vetasse essas saídas prematuras de atletas pro exterior, sei lá, como existia antigamente e que nos deu oportunidade de formar um time que ganhou tudo, juntando no mesmo lugar verdadeiros craques como Raul, Leandro, Junior, Andrade, Adílio, Zico, Tita, Lico, Júlio César “”Uri Geller”, e ótimos jogadores como Marinho e Mozer, o “deus da raça” Rondinelli, Cantarele, Jayme de Almeida, e um centroavante habilidoso, decisivo e matador como Nunes. Um elenco composto por inúmeros craques e grandes jogadores. Fosse hoje, e a “Era Zico” não existiria. Metade daquele elenco, antes dos 19 anos, já teria ido embora. Já cansei de ficar enaltecendo o passado. Suas glórias são eternas, mas o mundo gira e segue em frente. Chega dessas babaquices de “cheirinho”, que os antis pegaram pra nos sacanear. Agora é foco, trabalho, raça e vontade de vencer os jogos e ser campeão. Já engole logo de cara o carioquinha, pega embalo e fatura o que vier. Já passou muito da hora disso acontecer.

  • Diego não apresenta mais o BOM futebol de antes, que saia e o Flamengo reponha a posição com outro jogador de peso também.

  • Menino da vila por favor nos dê esse presente em 2019,volte pro Santos por favor,leve seu DNA de perdedor pra Vila,aproveite leve seus Parceiros junto,DIEGO Alves, Pará, Rodinei, Trauco, Renê, Rômulo, marlos moreno,Geuvanio, Henrique Dourado e Uribe .se esqueci alguém leve junto com seu DNA perdedor.

  • Fora Diego não dar mais pra vc não!!! Esse negócio de palavras bonitas, ciscar de lado, carrinho sem futuro… Queremos um camisa 10 de passes decisivo, de gols, faltas e que desequilibre em jogos grandes. Porra de cabelinho, corretinho; tem que ser um Líder vencedor que chame a responsabilidade.

    Puto com esses “câncer” dentro do nosso flamengo. Só sangue suga!

    • ala boca fdp manipulado pela mídia, Diego tem que ficar sim, ele luta, da raça, coisa que muitos outros dentro do clube não fazem. Diego Ribas nunca faltou com respeito com a instituição, mesmo com tudo que aconteceu, o cara quer ficar ele é Flamengo pra caralho e tem que renovar pra conquistar títulos

      • Concordo, nunca faltou entrega e respeito por parte dele.

Comentários não são permitidos.